AcessibilidadeAcessibilidadeInternacional

Mestrado e Doutorado em Educação

insta
face
yt

Acompanhe as nossas redes:

 

 

 

 

 

O livro é fruto de uma colaboração coletiva e uma reflexão baseada em práticas alimentares cotidianas 

Um estudo que investiga a relação entre educação, trabalho e alimentação, com foco nas práticas e saberes alimentares de mulheres do Vale do Rio Pardo é tema de um livro escrito pelos professores do Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Educação (PPGEdu) da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Everton Simon e Cheron Zanini Moretti, com a doutoranda do PPGEdu, Hosana Hoelz Ploia. A obra é intitulada “Educação, Trabalho e Alimentação: experiências de mulheres em espaços domésticos”.

O livro é fruto de uma colaboração coletiva e uma reflexão baseada em práticas alimentares cotidianas. É resultado de uma pesquisa densa intitulada “Educação, trabalho e alimentação: saberes, práticas e políticas em espaços não escolares”, registrada na Unisc e financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (FAPERGS). “O objetivo foi socializar reflexões mediadas por pesquisas, leituras e escritas sobre práticas alimentares, trabalho e educação não escolar, especialmente no contexto do Vale do Rio Pardo”, explica o professor que também é coordenador do Curso de Gastronomia da Unisc.

 

Leia mais aqui.


 

 

Carine Josiéle Wendland faz doutorado em Educação pela Unisc 

Nesta sexta-feira, 24, a doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Mestrado e Doutorado em Educação pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Carine Josiéle Wendland, relata o período em que esteve no México. Ela participou do doutorado-sanduíche na Universidad Autonóma Nacional do México, no México, com a pesquisa Interculturalidade da terra no estar-sendo latino-americano, com orientação da professora Ana Luisa Teixeira Menezes, na Unisc, e Antônio Carillo Avelar e Andrea Olmos no período em que esteve no México. Participou também em atividades acadêmicas de investigação dentro da Licenciatura em Educação Indígena da Universidad Pedagógica Nacional.

A conversa será na sala 1002, bloco 10, a partir das 9 horas, ou via Google Meet pelo link meet.google.com/utg-fwsi-cza . Carine vai poder contar a experiência que foi vivenciar um outro país. “Sair e ver outros mundos é uma das coisas mais bonitas que eu acho que se pode ter, tanto para experiência acadêmica, quanto pessoal, de vida. Então, foi muito lindo!”, ressalta.

Se pudesse, Carine ainda teria ficado mais tempo no México. “O país tem uma riqueza cultural enorme, tanto quanto o Brasil, e isso também é positivo, você sair da ilha e ver de fora como é o Brasil, a riqueza que tem, por exemplo, na temática indígena, que é onde eu também caminho, ver que no Brasil temos mais de 300 etnias e mais de 200 línguas, mas lá também temos muitas etnias, eu conheci muitas de perto. A temática principal da minha pesquisa é a terra, então, como se dão as percepções sobre a terra dentro da nossa América Latina e Profunda.”

Durante a estadia, Carine também esteve na Universidad Pedagógica Nacional em que acompanhou aulas e um grupo de estudos sobre educação ambiental, além de duas turmas de licenciatura em educação indígena. “Mas não fiquei só ali. Posso dizer que me desloquei muito nesse período, sempre com o viés de estar geoculturalmente situada, por exemplo, eu fui para Chiapas, que era o Sul do México, mas também fui para Tijuana, justamente para ver os contrastes e este pensamento latino-americano que se desloca de ponta a ponta”, complementa. 

Carine ficou cerca de 6 meses no México, entre novembro de 2023 e abril deste ano por meio do doutorado-sanduíche, com bolsa do Programa de Doutorado - Sanduíche no Exterior (PDSE) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

IMG 5852

650221AF 5A3C 4F11 AC08 51B1C2895532


 

PPGEdu realiza Seminário de Autoavaliação

O Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEdu/UNISC) realizou na quarta-feira, 24 de abril de 2024, duas atividades de autoavaliação o que envolveu a coordenação do Programa de Pós-graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, o colegiado de professores/as, representação discente e egressos/as, a secretaria, a Comissão Permanente de Avaliação/PPGEdu, a Comissão Própria de Avaliação/UNISC, além da Direção de Extensão, Pesquisa e Pós-graduação Stricto Sensu.

 

Na parte da manhã, a professora Maria Beatriz Moreira Luce (UFRGS) apresentou sua análise sobre os quesitos da Capes para a quadrienal vigente, relacionando-a com os registros das atividades acadêmicos-científicas desenvolvidas pelo PPGEdu-Unisc, organizadas pela CPA, destacando os desafios a serem enfrentados para o atingimento da meta do PDI-Unisc para elevar a avaliação do Programa à nota 6.

 

2024 05 20 FOTO1

Já na parte da tarde, a professora ofereceu um painel sobre a pós-graduação no Brasil, situando a área 38/Capes, nos seus diferentes contextos históricos, proporcionando, assim, um diálogo com os desafios apresentados no turno anterior.

 

2024 05 20 FOTO2

Um dos encaminhamentos do Seminário de Autoavaliação do PPGEdu UNISC é de que ocorra um novo encontro em 01/06 com a finalidade de compartilhar a autoavaliação das Linhas e Grupos de Pesquisa, também, com a participação da professora Maria Beatriz Moreira Luce (UFRGS).

 


 

 

No dia 20 de abril, sábado, aconteceu o Pré-Fórum de Estudos: Leituras de Paulo Freire, na Escola Família Agrícola de Vale do Sol (EFASOL). Durante o Pré-Fórum, dialogou-se sobre a “concepção de História em Paulo Freire” - tema de pesquisa de Camila Wolpato (UNISINOS), animadora do encontro.

A pesquisadora selecionou 30 entrevistas concedidas por Freire, em diferentes veículos de comunicação brasileiros, e publicadas entre 1979 e 1997. Conforme os resultados da pesquisa, o patrono da educação brasileira “faz-se sujeito histórico em suas contradições e limitações, contrariando a lógica passadista e relativista do positivismo e do historicismo, respectivamente”. Para Camila Wolpato, “Paulo Freire dialoga com as pessoas e com as experiências práticas e teóricas e, com isso, fazendo seu próprio caminho na história intelectual latino-americana”. 

Participaram do Pré-Fórum: estudantes, educadores, egressos e famílias da EFASOL, estudantes de mestrado e de doutorado do PPGEdu da UNISC, professores/as de pós-graduação e educadores/as populares vinculados/as ao Observatório da Educação do Campo do Vale do Rio Pardo e do GP-CNPq: Educação Popular, Metodologias Participativas e Estudos Descolonais, além de representantes dos Sindicato dos/das Trabalhadores/as Rurais.

Júlio César Gaspary, agricultor familiar e pai de uma estudante disse que “para mim, esse encontro representa metas e buscas; não ser como ontem, mas melhor do que hoje para fazer o amanhã”. O educador popular e professor da Universidad Pedagógica Nacional (Colômbia), Alfonso Carrillo Torres disse ter refletido que “a história não é apenas assunto de historiadores, mas de todos; pois, todos nós podemos escrever a História”.

Algumas palavras que definiram esse encontro foram mencionadas pelos/as próprios/as participantes: história, reflexão, partilha, esperança, gratidão, aprendizado, troca, legado, semeadura, militância, inconformidade, mudança, transformação, caminhos, coletividade, voo, amanhã, busca, humildade, renovação, acolhimento, trocas, coragem, fome (de saber) e educação popular.

Antes mesmo da exposição-dialogada pela pesquisadora, realizou-se uma mística com a participação de todos/as/es participantes do Pré-Fórum – relacionando-se, assim, ética e estética libertadoras inspiradas em Paulo Freire. Ao final, aconteceu um grande almoço de confraternização entre os/as participantes e visitação ao entorno da escola e as suas dependências, como: a Casa de Cultura e a área experimental agropecuária.

Essa atividade antecede o XXV Fórum de Estudos: leituras de Paulo Freire que ocorrerá no final de maio, na UFRGS. Mais informações, encontram-se no site: https://www.ufrgs.br/xxvforumpaulofreire2024/

Realização: ObservaEduCampoVRP e GP-CNPq: Educação Popular, Metodologias Participativas e Estudos Descoloniais.

Apoio: PPGEdu Mestrado e Doutorado da Universidade de Santa Cruz do Sul. Programa de Apoio à Pós-Graduação (PROAP)- Capes.

Foto do Acervo do ObservaEduCampoVRP (2024). Participantes reunidos/as.

Foto do Acervo do ObservaEduCampoVRP (2024). Participantes reunidos/as.
 

Foto do Acervo do ObservaEduCampoVRP (2024). Na foto, o professor Alfonso Torres Carrillo (UPN, Colômbia) fala sobre a importância da História.

Foto do Acervo do ObservaEduCampoVRP (2024). Na foto, o professor Alfonso Torres Carrillo (UPN, Colômbia) fala sobre a importância da História.

Foto do Acervo do ObservaEduCampoVRP (2024). Estudantes da EFASOL, conduzem a mística de abertura do Pré-Fórum de Estudos: Leituras de Paulo Freire.

Foto do Acervo do ObservaEduCampoVRP (2024). Estudantes da EFASOL, conduzem a mística de abertura do Pré-Fórum de Estudos: Leituras de Paulo Freire.

 

Na pesquisa, foi analisada a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra 

No último dia 19 de fevereiro ocorreu a defesa de dissertação da estudante Sara Ester Paes pelo Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Educação pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). A pesquisa foi intitulada “Educação e(m) saúde para mulheres negras: tensionamentos a partir da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra", orientada pelo professor Camilo Darsie.  

Conforme Sara, o interesse pelo tema teve origem na vontade de conhecer e problematizar os desafios enfrentados por mulheres negras ao buscarem serviços de saúde, especialmente públicos. Para tanto, foi analisada a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIP), em articulação a outros documentos do Ministério da Saúde brasileiro e dados disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Diante disso, a autora ressalta que há dois principais pontos a serem atentados. O primeiro diz respeito à falta de maiores orientações direcionadas, especificamente, às mulheres negras, tendo em vista a intersecção de preconceitos (raça e gênero) que as colocam, historicamente, em desvantagem em relação a mulheres brancas e a homens brancos e negros. O segundo, refere-se à necessidade de maiores investimentos em práticas de promoção e educação em saúde em lugar de orientações que miram, apenas, na prevenção e no tratamento de doenças. “A educação em saúde é um movimento potente para fortalecer essas mulheres pela perspectiva da qualidade de vida", diz.

Já de acordo com o professor Camilo, a pesquisa colabora significativamente  com os campos da educação e da saúde. “É por meio de investigações implicadas, como essa, que pesquisadores e pesquisadoras impulsionam transformações sociais e colaboram com novas discussões". O trabalho em breve estará disponível no banco de dissertações e teses da Unisc.

Sara

Sara Ester Paes 

 


 

PPGEdu convida para Aula Inaugural

Turma 2024 Mestrado e Doutorado em Educaçao

 

 

Carine Wendland atualmente está cursando doutorado/sanduíche no México, escutando povos indígenas da América Latina 

A doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Carine Josiele Wendland, participou da 28ª sessão da Conferência das Partes (COP28) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima, que ocorreu, recentemente, em Dubai. Atualmente, Carine cursa doutorado/sanduíche no México, escutando povos indígenas da América Latina pela pesquisa Interculturalidade, terra e educação: conversas com indígenas no Brasil e no México. 

Carine esteve na COP 28 como delegada da Federação Luterana Mundial. Participou, presencialmente, na primeira semana do evento, com jovens delegados da Tanzânia, Quênia, Indonésia e Noruega. Para ela o momento foi importante. “Saber que as vozes dos mais vulneráveis, quando mais clamam, vão aos poucos sendo ouvidas, já que as alterações climáticas são uma questão de justiça intergeneracional, de gênero e também intercultural. Ainda assim, há muito a reivindicar e afirmar. Desde o nível local, regional e global, vejo que é urgente acelerar as energias renováveis a fim de acabar com os combustíveis fósseis em transição justa”, afirma. 

Pra Carine, as alterações climáticas tem afetado desproporcionalmente os meios de subsistência dos mais vulneráveis em todo o mundo, especialmente daqueles que enfrentam várias formas de discriminação e marginalização, como as mulheres que vivem na pobreza, os jovens, as crianças, as pessoas com deficiência e os povos indígenas. “As alterações climáticas são uma questão de justiça. Esta COP28 foi essencial para aumentar a ambição de justiça climática. Mesmo que os resultados, embora tímidos, transparecem alguns compromissos de neutralidade carbónica, de financiamento aos países vulnerabilizados, os subsídios para eliminação dos combustíveis fósseis é ainda ineficiente, assim como a manutenção do fundo para ações de mitigação.” 

Segundo ela, neste ano saiu o primeiro balanço global que avalia mudanças desde o Acordo de Paris, tratado internacional sobre mudanças climáticas, adotado em 2015. “Demonstra que há grandes brechas que precisam ser repensadas, porque além dos discursos e bonitos textos que saem das COPs, as decisões precisam perpassar palavras escritas para ações concretas. E que as decisões sejam consistentes com a ciência e com a urgência”, complementa. 

Antes da COP, Carine também participou da Semana do Clima da América Latina e Caribe, no Panamá, em outubro deste ano. 

Carine em Diálogo de Talanoa com diversas tradições de fé

 


 

1

 


Projeto de pesquisa da Unisc atende mais de 500 estudantes de educação básica na região

Publicado por: Bruna Lovato
Publicado em: 04/12/2023

Com financiamento da Fapergs, projeto busca apoiar iniciativas de aprendizagem criativa a partir do uso de tecnologias e mídias digitais 

O projeto de pesquisa Criativa, da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), atendeu em 2023 mais de 500 estudantes de Ensino Fundamental de escolas da região. Financiado pelo edital  Programa de Apoio a Projetos de Pesquisa e de Inovação na Área de Educação Básica (Proedu) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs), a proposta desenvolveu iniciativas para o apoio e o estímulo a atividades criativas de aprendizagem, principalmente a partir do uso de tecnologias digitais.  

Ao longo dos dois últimos anos, o projeto Criativa produziu material didático diversificado, incluindo vídeos originais, cartilhas para professores, oficinas, palestras e conteúdos para mídias sociais. Com isso, buscou atender tanto estudantes quanto professores, com conteúdos alinhados à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), reforçar a intenção de integrar propostas pedagógicas de maneira coesa e prática. A presença em diferentes canais online, como o website do projeto www.criativa.unisc.br, Instagram @criativa.unisc e YouTube //www.youtube.com/@criativaunisc">@criativaunisc garante acessibilidade e flexibilidade no acesso aos materiais. 

A partir da realização de oficinas e rodas de conversas, sete escolas foram atendidas nos municípios de Santa Cruz do Sul, Sinimbu, Vale do Sol e Candelária. Além disso, é possível destacar a parceria com a Escola Municipal de Ensino Fundamental Dona Leopoldina, que resultou em projetos práticos desenvolvidos por professores, como um podcast sobre o conteúdo da disciplina de História. 

O projeto de pesquisa é coordenado pelo professor Willian Fernandes Araujo, docente dos cursos de Comunicação Social e dos Programas de Pós-graduação em Educação e Administração da Unisc e tem a participação da professora Patrícia Schuster e dos bolsistas voluntários Camilly Letícia Reuter, Eduardo de Oliveira Guterres e José Oscar Finger da Rocha, acadêmicos dos Cursos de Comunicação.

Interessados em receber os conteúdos ou atividades do projeto podem entrar em contato pelo e-mail criativa@unisc.br ou pelo Instagram.

1

 


Revista científica “Reflexão e Ação” recebe parecer favorável para integrar uma das bases de dados mais importantes da América Latina

Publicado por: Bruna Lovato
Publicado em: 22/11/2023

A notícia chegou quando o Programa avalia sua trajetória no quadriênio vigente e estabelece estratégias de atuação na América Latina

No último dia 16, a equipe editorial da “Reflexão e Ação”, do Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), recebeu parecer favorável para integrar a base de dados e indexadora Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal (Redalyc).

A Redalyc, assim como a Scientific Electronic Library Online (SciELO), é uma das maiores e mais importantes bases regionais que oferece meios para melhoria de indicadores e popularização da ciência da/sobre América Latina. Todos os artigos disponibilizados são de acesso aberto, critério imprescindível para a avaliação do periódico e divulgação do conhecimento científico.

Essa rede é um projeto consolidado pela Universidad Autónoma del Estado de México (UAEM), iniciado em 2003, com vistas a acompanhar e a melhorar a qualidade editorial das revistas de Ciências Sociais e Humanas. Atualmente, possuem em sua base indexadora quase 1.600 periódicos de mais de 30 países. Assim, a “Reflexão e Ação” passa a ser um dos periódicos que cumpre um conjunto de itens avaliados pelo Conselho de Avaliadores de Revistas-REdalyc, em diferentes etapas do processo: qualificação, ratificação e valoração quantitativa.

Cabe lembrar que a “Reflexão e Ação”, Qualis-Capes A3, integra também a plataforma Educ@ que se utiliza da metodologia SciELO, o que implica em atender critérios rigorosos de avaliação de revistas, respeitando os padrões internacionais de comunicação científica.

“A notícia chegou quando o Programa avalia sua trajetória no quadriênio vigente e estabelece estratégias de atuação na América Latina, ainda mais fortalecida pelo seu periódico. Através dessa linha editorial, ligada à área de ciências humanas e sociais e mais especificamente à educação, Reflexão e Ação se institui como um canal de visibilidade e reforço aos vínculos criadores de novos conhecimentos entre as universidades e o conjunto da sociedade. Além disso, está associada ao Fórum de Editores/as de Periódicos em Educação/ANPED, acompanhando o movimento editorial da área 38 da Capes”, diz a editora da revista, a professora Cheron Moretti.

Todo o trabalho realizado pelos editores da “Reflexão e Ação” conta com o apoio e supervisão da Edunisc e da Biblioteca da Universidade, bem como o apoio de um bolsista-editor de layout, todos fundamentais para a qualificação permanente do periódico.

A revista pode ser acessada pelo link: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/index

 


PPGEdu participa da 41ª Reunião Nacional da ANPEd

Publicado por: Bruna Lovato
Publicado em: 13/11/2023

A atividade ocorreu de 22 a 27 de outubro, de forma presencial, em Manaus, no Amazonas

Professores e estudantes, vinculados ao Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Educação pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), participaram da 41ª Reunião Nacional da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Educação (ANPEd). A atividade ocorreu de 22 a 27 de outubro, de forma presencial, em Manaus, no Amazonas. O PPGEdu esteve representado pelos professores Cheron Zanini Moretti, Ana Luisa Teixeira de Menezes e pelo professor Éder da Silva Silveira e pelas estudantes Morgana Pereira da Costa e Carina Santos.  

Ana Luisa foi uma das pesquisadoras convidadas a contribuir no manifesto de origem do Grupo de Estudos: Educação e povos originários com vistas a, em breve, consolidar-se como um Grupo de Trabalho da entidade.

O professor Éder da Silva Silveira acompanhou os trabalhos GT05 - Estado e Política Educacional e foi um dos palestrantes no painel temático “A implementação do novo Ensino Médio e repercussões nas escolas, no trabalho docente e na formação do estudantes”, enfocando no Novo Ensino Médio no Rio Grande do Sul. O pesquisador é também um dos organizadores do livro “Ensino médio, educação integral e tempo ampliado na América Latina” , que foi lançado durante o evento.

A professora Cheron Zanini Moretti acompanhou os trabalhos do GT06 – Educação Popular e passou a compor a coordenação científica nacional do GT. Além disso, apresentou trabalho completo intitulado “Pedagogia dos silêncios: experiências das mulheres na Pedagogia da Alternância” em coautoria do professor Everton Luis Simon e da professora Cristina Luisa Benck Vergutz (pós-doutoranda no PPGEdu). Na programação prévia ao evento presencial, a pesquisadora havia apresentado um trabalho em andamento e em co-autoria com a mestranda Morgana Pereira da Costa (bolsista Capes), “Pedagogia da Alternância: tramas com a Educação Ambiental Crítica e a Agroecologia”.

Os professores participaram de diferentes reuniões dos fóruns que compõem a Anped. Neste ano, em transição de editoria da Revista Reflexão e Ação, o professor Éder da Silva Silveira a representou no Fórum de Editores da Educação, o Fepae. Já a professora Cheron Zanini Moretti, esteve representando a coordenação do PPGEdu, Fórum de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Educação (FORPREd). 

Trabalhos apresentados e os respectivos Grupos de Trabalhos: 

Título: PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA: TRAMAS COM A EDUCAÇÃO AMBIENTAL CRÍTICA E A AGROECOLOGIA
Autoras: Morgana Pereira da Costa e Cheron Zanini Moretti
GT6 - Educação Popular

Título: CRIANÇAS E INFÂNCIAS: EDUCAÇÃO E TEMPORALIDADE DOS COMEÇOS.
Autoras: Carina Ferreira dos Santos e Sandra Regina Simonis Richter
GT07 - Educação de Crianças de 0 a 6 anos.

1

 


Grupo de Pesquisa do PPG em Educação participa de evento em Buenos Aires

Publicado por: Bruna Lovato
Publicado em: 01/11/2023

Na ocasião, os doutorandos tiveram a oportunidade de apresentar e discutir suas pesquisas de doutorado em andamento, recebendo contribuições e compartilhando práticas

Os doutorandos do Programa de Pós-Graduação em Educação, Aline Caroline da Rosa e Marcelo Eder Lamb, sob orientação do professor Moacir Fernando Viegas, participaram do XIII Seminário Internacional de la Red de Estudios sobre Trabajo Docente (Red Estrado) “Dos décadas de estudios sobre el trabajo docente. Existir, resistir y construir nuevos horizontes”, realizado na cidade de La Plata, na Argentina. O evento ocorreu entre os dias 20 e 22 de setembro. 

Na ocasião, os doutorandos tiveram a oportunidade de apresentar e discutir suas pesquisas de doutorado em andamento, recebendo contribuições e compartilhando práticas que estão produzindo no grupo de pesquisa “Trabalho Docente, Cuidado e Classes Sociais”. A Red Estrado promove o maior evento da América Latina sobre trabalho docente e nesta edição comemorou 20 anos de estudo sobre o tema.

 


22 a 27 de outubro de 2023.

Professores e alunos do PPG em Educação tem trabalhos aceitos na ANPEd

Confira os trabalhos que serão apresentados e os respectivos GTs:

Trabalho: D(ESCOLA)NIZAR: TERRA, EDUCAÇÃO E INTERCULTURALIDADE
Autora: Carine Josiéle Wendland
GT 21 - Educação e Relações Étnico-Raciais

Trabalho: AS IMPLICAÇÕES DA LEI 13.415/2017 PARA O ENSINO MÉDIO INTEGRADO NOS INSTITUTOS FEDERAIS
Autora: Idianes Tereza Mascarelo
GT09 - Trabalho e Educação

Trabalho:  SABERES DO CUIDADO:TRABALHO DOCENTE NAS CRECHES DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO CENTRO-SERRA

Autora: Aline Caroline da Rosa

GT 09 - Trabalho e Educação

Título: PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA: TRAMAS COM A EDUCAÇÃO AMBIENTAL CRÍTICA E A AGROECOLOGIA

Autoras: Morgana Pereira da Costa e Cheron Zanini Moretti

GT6 - Educação Popular

Título: CRIANÇAS E INFÂNCIAS: EDUCAÇÃO E TEMPORALIDADE DOS COMEÇOS.

Autoras: Carina Ferreira dos Santos e Sandra Regina Simonis Richter

GT07 - Educação de Crianças de 0 a 6 anos.

A 41ª Reunião Nacional da ANPEd ocorrerá nas instalações da UFAM e da UEA em Manaus/AM, no período de 22 a 27 de outubro de 2023. Confira mais informações sobre o evento no link: https://nacionais.anped.org.br/41/

 


III CICLO DE DEBATES ABERTO DO GRUPO DE PESQUISA IDENTIDADE E DIFERENÇA NA EDUCAÇÃO


25/08/2023 - 19h

 

ushuaia1

Inscrições aqui


07/07/2023 - 19h

 Este evento será transmitido através do canal UNISC AO VIVO

 ushuaia1


 

Atividades ocorreram em Ushuaia, capital da província da Terra do Fogo 

As doutorandas do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Carina Ferreira dos Santos e Carine Josiele Wendland, participaram, recentemente do curso "Pensar desde el Sur", na Universidad Nacional de Tierra del Fuego (UNTDF) em Ushuaia, na Argentina. Um dos objetivos do curso foi conhecer autores e tradições de pensamento próprias da América que rompem com a tradição eurocêntrica. A atividade teve uma carga horária de 42 horas e ocorreu na modalidade híbrida.

Para Carina, o interesse em participar do curso foi para conhecer a perspectiva de autores que pensam a horizontalidade na experiência investigativa como um caminho metodológico de pesquisa. “Possibilitou reflexões tanto sobre a temática do Sul enquanto um modo de pensar a pesquisa acadêmica quanto à experiência de habitar outra cultura e língua, outro modo de estar em linguagem”, fala.

Já para Carine, participar do curso foi especial por estar geoculturalmente situada para além da sala de aula, para além do curso, estar na história e na memória das pessoas da cidade. “Pensar que há um pensamento que vem desde o Sul me encanta. Desde o mestrado tenho pensado no Sul da pesquisa, um Sul geográfico, mas também simbólico, mobilizador de pensamentos e ações, um Sul que traz o pensamento ameríndio de nossa América Profunda. Foi muito bacana estar neste solo, falar a língua, levar um pouco da Unisc e trazer um pouco da UNTDF a partir de sabedorias compartilhadas e contatos de pesquisa”, exalta.

Ushuaia é uma cidade da Argentina e capital da província da Terra do Fogo ou ainda conhecida como Fim do Mundo por ser a cidade mais austral do planeta, ou seja, localizada no extremo sul da América do Sul, a mais de 3 mil km da capital Buenos Aires. Está localizada na Patagônia, além da Cordilheira dos Andes e às margens do Canal Beagle.  

ushuaia1

 


 2023/03/23

WhatsApp Image 2023 03 02 at 090428

 

INSCRIÇÕES

 

 

 

 


 

 exposição é baseada no livro que leva o mesmo nome, resultado da pesquisa de pós-doutorado da diretora de Ensino da Unisc, Giana Diesel Sebastiany

Na próxima sexta-feira, 17, ocorre a abertura da exposição "Fotos, Prosa e Verso: Artefatos de Cura e Educação". O lançamento será às 19 horas, na Casa das Artes Regina Simonis, em Santa Cruz do Sul. A exposição é baseada no livro que leva o mesmo nome. A obra é resultado da pesquisa de pós-doutorado da diretora de Ensino da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Giana Diesel Sebastiany; com orientação do professor Camilo Darsie de Souza e design de Gabriel Steindorff.

A exposição consiste na apresentação de fotos e versos que estão presentes no livro. O material faz parte da pesquisa desenvolvida por Giana sobre as práticas, os artefatos de cura utilizados pelas famílias na Zona Rural e na Zona Urbana de Sobradinho, município de origem da professora. “Eu fiz essa pesquisa com a parceria da minha irmã, que é enfermeira de uma unidade básica de Sobradinho, e com oito agentes comunitários de saúde durante 6 meses. Visitamos as famílias, fotografamos as práticas de cura e selecionamos algumas falas com essas famílias. São reflexões minhas a partir da vivência com as famílias e também versos da música popular brasileira. Eu procurei organizar tudo isso numa exposição que fizesse sentido, que as pessoas pudessem sentir o que significam esses artefatos de cura e as práticas de cura para essas famílias no contexto do município de Sobradinho.”

O material também apresenta a fé da comunidade em que a pesquisa foi feita. “Foram mais de 300 fotos, sendo que 50 foram selecionadas com as reflexões. É um material muito rico e a fé aparece muito forte como uma complementação para o tratamento farmacológico dado pelo médico. Exemplo disso são algumas alternativas como a benzedura, uma tradição no interior, usada como uma forma de carinho, amor e conexão entre as pessoas e é uma prática que está se perdendo.” 

A exposição fica aberta até o dia 1° de abril. A Casa das Artes Regina Simonis está localizada na Rua Marechal Floriano, 651. O horário de visitação de segunda a sexta é das 10 horas às 16h30 e aos sábados das 10 às 14 horas.

WhatsApp Image 2023 03 16 at 12.53.18

 

 

 


 

RECEPÇÃO NOVOS ALUNOS - TURMAS 2023

 

No dia 10 de março de 2023, às 17 horas, na sala 1001 da UNISC, foi realizada a recepção aos novos alunos das turmas de 2023 do Mestrado e Doutorado em Educação. A atividade foi idealizada e organizada pela representação discente do PPGEdu e contou com a participação de professores, alunos e egressos.

 

001

 

002

 

003

 

004

 

005

 

006

 


PPGEdu promove a XIV Jornada Acadêmica

Tema deste ano é “Pensamento e pesquisa educacional entre-nós: diálogos desde o local ao internacional”

 

O Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) realiza a "XIV Jornada Acadêmica do Mestrado e Doutorado em Educação - Pensamento e pesquisa educacional entre-nós: diálogos desde o local ao internacional". As atividades iniciaram no último dia 30 e seguem até sábado, 3.

Neste ano, o evento é realizado no formato híbrido, com atividades online e atividades presenciais. Dentre elas, Sarau Dialogado/Círculo de Cultura, que ocorreu no dia 1º, no Memorial da Unisc. No mesmo local, há uma exposição artística. No mesmo dia, foi discutido o tema “Os povos originários, saberes e a produção de conhecimento entre nós do local ao internacional”, com a professora e pesquisadora na Faculdade de Educação da UFRGS, Maria Aparecida Bergamaschi; professor visitante na UFBA, Henrique Antunes Cunha Junior; e com o doutor em Educação e professor de História, Bruno Kaingang.

Ainda, ocorreu uma mesa com egressas para falar sobre “Trajetória de formação e pesquisa: relações entre o local e o internacional”, com a psicóloga, mestra em Educação pela Unisc, doutora em Psicologia Social e Institucional, Letícia Lorenzoni Lasta; pedagoga, mestra e doutora em Educação pela Unisc, Aline Mesquita Corrêa; e mestre, doutora e pós-doutora em Educação pela Unisc, Fatima Rosane Silveira Souza.

Também no mesmo dia ocorreu a mesa temática “Pensamento e pesquisa educacional diálogos desde o local ao internacional”, com a doutoranda em Ciência Política pela UFRGS, coordenadora da Assessoria Internacional da Unisc e secretária geral da FAUBAI (Associação Brasileira de Educação Internacional), Cristiana Verônica Mueller; e com a Investigadora de Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (Conicet) en la Universidad de Buenos Aires (UBA), Daniela Perrota.

Na sexta-feira, 2, ocorrem apresentações de trabalhos no bloco 1, sala 101. Já no sábado, 3, a partir das 9 horas, ocorrem oficinas no Memorial da Unisc, com o doutorando Kaingang em Educação pela Unisc, Onório Isaías de Moura, sobre “Reflexões acerca da temática indígena: uma tentativa de não deixar cair o céu”; com a professora do PPGEdu da Unisinos, Maria Julieta Abba, sobre “Internacionalização e pesquisa: experiência, diálogos e possibilidades”; e com a professora e pesquisadora do PPGEdu da Unisc, Betina Hillesheim, sobre “Migração, Processos de In/exclusão e Educação”. Mais informação em https://www.unisc.br/pt/cursos/todos-os-cursos/mestrado-doutorado/mestrado/mestrado-e-doutorado-em-educacao/14-edicao

 

 

 


Docentes do ensino fundamental debatem educação fiscal em sala de aula

Atividade integrou a Feira de Ciências – Inovação e Sustentabilidade 2022 da Unisc

Professores de escolas de educação básica, ao lado de mestrandos e doutorandos do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEdu) da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), realizaram, no último dia 18, uma roda de conversa sobre Educação fiscal: práticas interdisciplinares, na Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima, em Sinimbu. A atividade ocorreu de forma remota com a presença de cerca de 45 docentes.

Segundo o mediador da atividade, professor Cláudio José de Oliveira, esse é um tempo para os professores dialogarem com outros professores e compreender como as práticas em sala de aula se interligam com a pesquisa acadêmica. “Conversar com a escola possibilita um momento de pensar juntos o ensinar e o aprender”.

A partir desta reflexão, a professora Elisete Regina Groff, da escola Nossa Senhora de Fátima, fez um relato sobre atividades desenvolvidas de forma interdisciplinar junto a alunos do 8º ano, tendo como tema a educação fiscal. De acordo com ela, matemática, português, artes e ciências foram as disciplinas utilizadas para abordar o assunto. “Cada professor procurou tratar a educação fiscal dentro da sua área de conhecimentos com o uso de atividades práticas, além de abordagens teóricas em torno do tema.”

Entre os conceitos trabalhados estavam impostos, cidadania, bens públicos e tributos como IPTU, IPVA, IGF, IOF, ITCD. Mas, conforme a docente, o assunto não ficou no plano teórico apenas. “Os alunos foram desafiados, por exemplo, a identificar nas notas fiscais os valores de impostos pagos em cada compra, a calcular a partir da realidade deles os gastos com o transporte escolar utilizando os valores reais pagos ao transportador por passagem, além de observar o desperdício ocorrido com a merenda escolar.” 

Além deste assunto, o curso, que integrou a Feira de Ciências – Inovação e Sustentabilidade 2022 da Unisc, seguiu no dia 19 com Práticas matemáticas com turmas de 3º ano do ensino médio das escolas Borges de Medeiros (Encruzilhada do Sul) e Sagrado Coração de Jesus (Arroio do Tigre). Os alunos apresentaram trabalhos envolvendo o ensino e a aprendizagem da matemática. 


Doutora em Educação pela Unisc pesquisa os discursos sobre a branquitude na legislação antirracista e na literatura acadêmica

Na tese, ela questiona por qual motivo as narrativas da historiografia tradicional brasileira não nomeiam os negros e a luta das mulheres negras não são contadas

Dentro da programação da III Mostra de Extensão, Ciência e Tecnologia da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), ocorre no dia 28 de outubro, às 19 horas, de forma virtual, a apresentação de nove trabalhos desenvolvidos por estudantes dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu. A atividade integra a III Mostra da Pós-Graduação Stricto Sensu, que tem como objetivo divulgar os Programas de Mestrado e Doutorado da Instituição, por meio da apresentação de um trabalho indicado por cada programa.

Um dos estudos escolhidos tem como título “A emergência do discurso da branquitude na legislação brasileira: racismo e educação”, da doutora em Educação pela Unisc, Marisa Fernanda da Silva Bueno, com orientação do professor Mozart Linhares da Silva. “Eu optei por trabalhar com as leis de cunho antirracista pois entendo que elas se configuram como um potente instrumento de luta da população negra e como resultado de um longo processo de demanda dos movimentos sociais. Outra questão importante sobre a qual me dediquei foi olhar para as condições que possibilitaram a emergência do discurso que reconheceu a existência do racismo no Brasil a partir do abandono da ideologia ou mito da democracia racial”, explica.

A busca investigativa de Marisa foi pela constituição dos discursos sobre a branquitude na legislação antirracista e na literatura acadêmica. “Ou seja, pelos deslocamentos e rupturas que ocorreram nas produções de verdades em torno das teorias raciais, do dispositivo do racismo e da emergência da branquitude como campo teórico.”

Na pesquisa, Marisa ainda questiona por qual motivo as narrativas da historiografia tradicional brasileira não nomeiam os negros e por qual motivo a história e a luta das mulheres negras não são contadas? “É possível que esse seja um recurso para desumanizar a história destes personagens como uma estratégia para a manutenção do discurso da democracia racial. É nessa lógica, por exemplo, que as amas de leite são retratadas pelo cuidado com o bebê branco. Entretanto, raramente se conta o destino dos filhos das escravas que amamentavam os bebês brancos. A história dessas mulheres é muito potente e o seu silenciamento funciona na ordem da interdição da força da mulher negra.”

Inscrições abertas

Os Programas de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado da Unisc estão com inscrições abertas, incluindo o Mestrado e Doutorado em Educação.  Os interessados podem realizar a inscrição até o dia 17 de novembro, em unisc.br/mestradoedoutorado.

 


PPG em Educação participa de seminário da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação

De 4 a 6 de setembro ocorreu o V Seminário Temático do Grupo de Trabalho 06-Educação Popular, da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), em comemoração aos 40 anos de existência do GT. A Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) esteve representada. As atividades ocorreram no Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

A abertura do evento foi celebrada na “Casa Amarela”, no Sítio Trindade, na sala em que se reuniam educadores e educadoras do Movimento de Cultura Popular (MCP) fundado em maio de 1960 e extinto em março de 1964 com o golpe militar. Paulo Freire foi um dos primeiros integrantes do MCP, assim como José Peixoto que, na abertura, pôde narrar suas memórias no campo educacional e político daquele período e a fundação do GT 06 na ANPEd.

Nos dias seguintes, pesquisadores e pesquisadoras de todo o país apresentaram trabalhos. O Grupo de Pesquisa-CNPq: Educação Popular, Metodologias Participativas e Estudos Descoloniais e o Observatório da Educação do Campo do Vale do Rio Pardo, ambos vinculados ao Programa de Pós-graduação em Educação da Unisc, estiveram representados pela professora Cheron Moretti e Telmo Adams, além da mestranda Morgana da Costa, bolsista PROSUC Capes, com o trabalho intitulado “Instrumentos Pedagógicos e Participação: sistematização de experiência nas Escolas Famílias Agrícolas do Vale do Rio Pardo”

Nos dias 5 e 6, a professora e o professor coordenaram sessões de apresentações de trabalho. O evento terminou com apresentação da Orquestra Experimental de Frevo, projeto de extensão da UFPE, do Departamento de Música do Centro de Artes e Comunicação (CAC), composta por artistas da comunidade, estudantes e docentes.

O GT 06 voltará a se reunir na 41ª Reunião da ANPEd, em outubro de 2023, na cidade de Manaus, retomando aspectos da pedagogia da esperança. Até lá, o GT seguirá produzindo ciência popular.

 


Alunos do Doutorado em Educação da Unisc realizam curso na Rede Municipal de Candelária

 

O Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado e Doutorado, da Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC - concluiu, recentemente, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação do município de Candelária/RS, um curso de formação continuada junto aos professores e supervisores da rede municipal de ensino. O curso ocorreu de forma intensiva no mês de maio, nos formatos presencial e on-line, e contou com a participação de 32 professores, além de pesquisadores convidados. O planejamento das atividades foi elaborado pelos estudantes da turma de Doutorado, da disciplina Pesquisa e Educação Básica, e teve como objetivo o estudo  da especificidade da pesquisa em educação, sua inserção social e suas contribuições para a educação básica. A orientação das atividades foi realizada pelo professor do PPGEdu da Unisc, Prof. Cláudio José de Oliveira, e as temáticas selecionadas buscaram atender as necessidades dos docentes em atuação na Educação Básica, dialogando com as pesquisas dos doutorandos,com destaque para a questão do Trabalho docente e Currículo, da Relação família-escola na perspectiva da inclusão, de como não trabalhar as questões de racismo na escola e sobre Diálogos interculturais na efetividade da Lei n° 11.645/2008 na Educação Básica - História e Cultura Afro- Brasileira e Indígena, todas organizadas em formato de percursos e trilhas teóricas e práticas.

Para a Supervisora da Secretaria Municipal de Educação de Candelária, prof. Adriana Cardoso Ristow, “a formação foi muito válida, pois foram abordados temas referentes ao nosso cotidiano, todos muito relevantes para nossos professores e supervisores, que terão mais subsídios para trabalharem com seus alunos”, pontua. Já o prof. da Unisc, Cláudio José de Oliveira, destacou a importância de se refletir sobre uma proposta de formação com professores e não uma proposição destinada para professores, mas sim, aproximação em seu cotidiano docente, com vistas a um processo formativo circular e um processo de formação mútuo, com aprendizagens compartilhadas. Um dos objetivos, segundo o docente, foi interrogar o cotidiano escolar como um lugar onde se produz teoria. "Sendo assim, não olhamos para a formação docente, o cotidiano escolar e os currículos, como dissociados, mas como uma rede complexa entre teorias, práticas e experiências", pontua.

O curso de formação também contou com a mediação dos doutorandos e das gestoras municipais, Prof. Aline Caroline da Rosa, diretora da EMEF Francisco Hubner Filho, de Linha Brasil e do Prof. William Pollnow, vice-diretor da EMEF Christiano Affonso Graeff. 

Foto: divulgação.

 

 


Aula Inaugural do PPGEdu 


Professora participa de evento em universidade da Colômbia

A professora do curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Cheron Zanini Moretti, participou do “Encuentro Transdisciplinar de saberes en torno al paisaje cultural cafetero: biodiversidad, turismo y planes de ordenamiento territorial”, realizado na Universidad del Quindío, na Colômbia.

O encontro ocorreu entre os dias 12 e 13 de maio. Na oportunidade, a professora conversou com os estudantes e depois esteve no programa da Rádio Agroindustria Ativa, onde compartilhou seus conhecimentos sobre a paisagem, educação e desenvolvimento. Foi um prazer conhecer o trabalho realizado na Universidade de Quindío. Como educadora, professora e pesquisadora, consigo encontrar muitas relações entre o trabalho educativo que desenvolvemos e o tema do evento para o qual fui convidado. Estou aqui para conhecer a paisagem cultural do café e espero contribuir com nossas experiências atuando na paisagem do sul do Brasil.


Professores apresentam trabalhos no Forext

Os professores da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) Cheron Moretti e Éverton Simon; a integrante da Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul (Efasc), Cristina Vergutz e o integrante da Escola Família Agrícola de Vale do Sol (Efasol), Marlon Bianchini, apresentaram a experiência  de pesquisa ação-participante e o trabalho em rede no Fórum Nacional de Extensão Comunitária (Forext). A partir do trabalho Observatório da Educação do Campo do Vale do Rio Pardo: uma experiência de pesquisa e de extensão, compartilharam análise de dados das Sinopses Estatísticas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) para a caracterização inicial do contexto educacional da região do Vale do Rio Pardo. 

Já a professora da Unisc Patrícia Oliveira Roveda apresentou o trabalho intitulado  Acessibilidade e Saúde: Interdisciplinaridade em Ação: Experiências com populações vulneráveis no subtema Experiências extensionistas exitosas em tempos de distanciamento social. Além de Patrícia, compuseram o trabalho as professoras Fabiana Assmann Poll da Nutrição e Lia Gonçalves Possuelo da Farmácia e as estudantes de Fisioterapia Djennifer Rosa e Nathalie da Costa.

 


INÍCIO DAS AULAS – TURMAS 2022

A sexta-feira do dia 25 de fevereiro de 2022 foi marcada por encontros e reencontros. Após 2 anos de pandemia, as aulas dos cursos de Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) - turmas 2022, retornaram ao formato presencial. 


Deseja enviar contribuições à revista?

Quem tiver interesse em encaminhar contribuições à Revista Reflexão e Ação deve acessar a seção Periódicos/ Revista Reflexão e Ação e ler as políticas, bem como as diretrizes para autores. 

É necessário que os autores se cadastrem no sistema como leitores, primeiramente. Após, deve ser solicitado a inclusão do papel de autor para o e-mail jorgesc@unisc.br. Neste, é preciso informar o login e e-mail utilizado no cadastro para que o envio de manuscritos seja liberado na respectiva conta.


Pesquisa sobre Práticas de Cura com agentes de saúde é lançada em Sobradinho

Oito agentes de saúde de Sobradinho fazem parte, até dezembro de uma pesquisa junto ao Programa de Pós-Graduação (PPG) em Educação da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). O trabalho é nomeado como ‘Práticas de Cura: A educação em saúde como produção de sujeitos e artefatos socioculturais’. O trabalho é de autoria da diretora de Ensino e professora Dra. Giana Diesel Sebastiany.  

O lançamento ocorreu no campus da Unisc em Sobradinho, que será local para os encontros mensais até o fim deste ano. O trabalho de pesquisa, faz parte do pós-doutorado de Giana que tem orientação do professor Dr. Camilo Darsie. Dos oito agentes participantes, quatro atuam na zona urbana e quatro da área rural, e estiveram presentes no encontro para um momento de apresentação pessoal.  

“A pesquisa visa identificar as práticas de cura que as famílias utilizam e quais as relações dos agentes de saúde no cotidiano. Após este primeiro encontro serão debatidos assuntos pertinentes à educação em saúde e que fazem parte do cotidiano dos agentes comunitários. Após, também serão visitadas famílias por eles atendidas, quando haverá uma outra prática da pesquisa, que é a fotografia dos artefatos de cura, para que depois possamos fazer uma exposição, produção final e reflexão a partir deste material coletado”, salienta a pesquisadora. 

Durante a atividade, Giana apresentou a temática, objetivos, metodologia e o que espera na conclusão do trabalho, entre eles a publicação da pesquisa e o evento de lançamento de um e-book com os resultados obtidos, participação na Feira do Livro do município e encaminhamento de artigo para revistas científicas, bem como deverá ter reflexo na formação para a Saúde, com conhecimentos voltados à comunidade, através da atuação dos agentes. “Para mim foi um momento especial poder aproximar a pesquisa do município de Sobradinho e ver o entusiasmo de todos para participar. O enredo fica mais importante, quando feito em um ano que o PPG da Unisc completa 15 anos. 

Sendo a Prefeitura Municipal apoiadora da atividade, o vice-prefeito e secretário de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Ivan Trevisan, e a coordenadora pedagógica Cleura Minetto participaram do lançamento da pesquisa, assim como a coordenadora administrativa da Unisc Sobradinho, Jocelaine Maieron, e a coordenadora dos agentes de saúde, Janaina Sebastiany. 

 
Luana Schweikart,
Estagiária de Jornalismo
Supervisionada pelas jornalistas Tatiane Luci Rodrigues MTE/15154 e Bruna Ortiz Lovato  MTB/14152

 

PUBLICAÇÕES DE FEVEREIRO / 2022

Compartilhamos o lançamento da obra “Ensino Médio, Educação Integral e Tempo Ampliado na América Latina”, livro organizado pelo Prof. Dr. Éder da Silva Silveira, docente do PPGEdu/UNISC, Profa. Dra. Monica Ribeiro da Silva, Prof. Dr. Sergio Martinic e Profa. Dra. Jaqueline Moll. A versão e-book encontra-se disponível gratuitamente no aplicativo da Editora CRV.

 

ACESSE O E-BOOK GRATUITAMENTE

 

 

Também foi publicado o terceiro volume da Coleção Educação Clandestina intitulado “Educação Clandestina: dimensões conceituais e novas interlocuções”.

O livro é organizado pelos professores Éder da Silva Silveira (PPGEdu/UNISC); Diego Orgel Dal Bosco Almeida (PPGEdu/UNISC) e Marcos Villela Pereira (PPGEdu/PUC-RS) e neste volume traz novamente o eixo "Educação" e "Clandestinidade" a partir de diferentes perspectivas temáticas, reunindo textos de pesquisadores e pesquisadoras da América Latina e da Europa, além de abrir para as possibilidades conceituais da "Educação Clandestina" como uma proposta de problematização de práticas educativas em contextos de cerceamento e repressão. O diálogo entre História, Educação e Política é, portanto, muito presente em todos os capítulos.

Acesso à obra direto no site da Editora CRV mediante cadastro: https://www.editoracrv.com.br/produtos/detalhes/36743-educacao...

 

 

 

 


PPGEdu participa da 40ª Reunião da Anped

 

O Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc – Mestrado e Doutorado (PPGEdu) esteve representado na 40ª Reunião Nacional da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Educação (Anped), realizada de 18 a 22 de outubro, de forma on-line. Participaram os professores Sandra Regina Simonis Richter, Everton Luiz Simon, Cláudio José de Oliveira, Moacir Fernando Viegas e Cheron Zanini Moretti; o bolsista Pós-Doc, Diego Orgel Dal Bosco Almeida; e as discentes Aline Caroline da Rosa, Aline Mesquita Correa, Carine Wendland, Delci Cleonice Bender e Larissa Scotta.

O evento, considerado um dos mais importantes da Pós-Graduação em Educação no país, teve como tema Educação como prática de Liberdade: cartas da Amazônia para o mundo!. Na oportunidade, a professora Cheron Moretti coordenou uma das sessões de apresentação de trabalho do GT 06 - Educação Popular. A professora Sandra Richter também participou da Reunião do Fórum de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Educação (Forpred), nos dias 21 e 22 de outubro, como parte da reunião da Anped.

No dia 19 de outubro, a doutoranda Larissa Scotta apresentou o trabalho intitulado A discursividade neoliberal atravessada pelos sentidos de uma política de morte: a educação como atividade essencial no contexto pandêmico brasileiro, no GT 05 - Estado e Política Educacional.

A doutoranda Aline Caroline da Rosa apresentou o trabalho intitulado Sentidos e significados do trabalho docente na educação Infantil: um diálogo a partir das condições de trabalho, no GT 09 - Trabalho e Educação. Já no dia 20 de outubro, a mestranda Delci Cleonice Bender e o professor Cláudio José de Oliveira apresentaram o trabalho intitulado Docência cooperativa: modos de ensinar e aprender na relação escola-sociedade, no GT 13 - Educação fundamental. A mestranda Carine Wendland apresentou o trabalho Poética intercultural na universidade geocultural: aprendizagens complementares no encontro entre mundos, no GT 21 - Educação e Relações Étnico-Raciais.

A doutoranda Aline Mesquita Correa, juntamente com as professoras Cheron Zanini Moretti e Cristina Luisa Bencke Vergutz, apresentaram o trabalho intitulado Silêncios e vozes das mulheres na pedagogia da alternância: problematizações a partir do "nó histórico" e da "dodiscência”. Cristina Luisa Bencke Vergutz, juntamente com o professor Everton Luiz Simon, apresentou o trabalho intitulado Eu posso e todas as mulheres podem: educação, trabalho e alimentação nas experiências pedagógicas de uma escola família agrícola. Ambos os trabalhos foram apresentados no GT 06 - Educação Popular.

O PPGEdu também se fez presente em diversos Fóruns e reuniões que aconteceram durante o evento. Os professores Cheron Moretti e Camilo Darsie, editores da Revista Reflexão e Ação, representaram o Programa no Fórum de Editores de Periódicos da Área de Educação (Fepae). Daiane Maria Isotton e Mariele Fernandes Garcia participaram do IV Encontro Nacional das/os Secretárias/os dos Programas de Pós-Graduação em Educação. Já o bolsista PNPD/Capes, Diego Orgel Dal Bosco Almeida, participou do I Fórum de Pós-graduandos, no dia 7 de outubro de 2021.

 

 


 

Aula Internacional no PPGEdu/UNISC

A pandemia evidenciou, entre outros, a necessidade da colaboração em nível global e a oportunidade de conexão com o mundo pela tecnologia. Com isso, surgiram diversas possibilidades de internacionalização de forma virtual, entre elas as “Aulas Internacionais”, que se caracterizam pela colaboração internacional de docentes em aulas curriculares de todos os níveis (graduação e pós- graduação).

 

No dia 10 de setembro de 2021, os alunos da disciplina “Trabalho docente, classe e gênero”, ministrada pelo Prof. Moacir Viegas do PPGEdu/UNISC receberam a Profa. Dra. Azucena del Carmen Martinez Rodriguez que ministrou uma aula internacional e falou sobre “Educación en la Nueva Era”. A Profa. Azucena é Doutora em Educação e atualmente é Professora Investigadora na Facultad de Contaduría y Administración de la Universidad Autónoma de San Luis Potosí, no México.

 

Abaixo compartilhamos imagens do encontro:

 

 


 

Lançamento do livro "Interrogações às políticas públicas”

 

 

Compartilhamos o lançamento da obra "Interrogações às políticas públicas: sobre travessias e tessituras do pesquisar", livro organizado pela professora Lilian Rodrigues da Cruz, docente do PPGPSI/UFRGS, em parceria com a estudante de mestrado Letícia Eichherr e a professora Betina Hellesheim, docente PPGEdu/UNISC. O livro foi financiado com verba do Edital PROAP/CAPES 2020 e publicado através da Editora da ABRAPSO.

A obra conta com contribuições de 39 pesquisadores do Brasil, Argentina e Colômbia. Segundo as organizadoras, são textos voltados "para a aposta na vida e nos convocando a outros olhares e novas interrogações, [que] abordam temáticas relacionadas à pandemia da Covid-19, às interseccionalidades dos marcadores sociais da diferença, às epistemologias e metodologias contra-hegemônicas e decoloniais, aos campos da saúde, assistência social, direito, educação permeados por questões contemporâneas, como acessibilidade, inclusão-exclusão, necropolítica, migração, violências raciais e de gênero, cuidado e acolhimento, dentre outras".

Convidamos a todos a visitar e compartilhar a obra. O livro está disponível para acesso e download gratuito no link abaixo. Boa leitura! 

https://www.abrapso.org.br/download/download?ID_DOWNLOAD=635

 

 


Aluna do PPGEdu/UNISC recebe Menção Honrosa no Prêmio CAPES de Tese

Nesta sexta-feira, dia 03/09, foi divulgado no Diário Oficial da União o resultado do Prêmio Capes de Tese 2021, no qual a aluna egressa do PPGEdu/UNISC Marisa Fernanda da Silva Bueno recebeu Menção Honrosa pela pesquisa desenvolvida no curso de Doutorado, orientada pelo professor Mozart Linhares da Silva.
Parabéns Marisa e Prof. Mozart pelo merecido reconhecimento!


 

 

Pré Fórum de Estudos: Leituras de Paulo Freire

 

 


III SEMINÁRIO DE ESTUDOS POÉTICOS 

 

 

 

 

 


Círculo de Cultura - Pedagogia das vozes e Pedagogia dos Silêncios

O Observatório da Educação do Campo do Vale do Rio Pardo e o Grupo de Pesquisa-CNPq: Educação Popular, Metodologias Participativas e Estudos Decoloniais convidam a comunidade para a participação no Círculo de Cultura: "Pedagogia das vozes e Pedagogia dos Silêncios: experiências das mulheres camponesas na educação do campo no VRP".
 
O Círculo de Cultura será mediado pela Profa. Dra. Cristina Vergutz, coordenadora pedagógica da EFASC, do ObservaEduCampoVRP e militante feminista da Articulação Mulheres e Agroecologia e ocorrerá pelo Google Meet (https://meet.google.com/ydb-dnov-ceh), às 14h, nesta quinta-feira, 11/03.
 
 

RECEPÇÃO AOS NOVOS ALUNOS - TURMAS 2021

Ao som do violão de Roberto Pohlmann, aluno do Doutorado em Educação, a coordenação, secretaria e docentes do PPGEdu recepcionaram os novos alunos no dia 25 de fevereiro de 2021, via Google Meet. O encontro teve como finalidade apresentar informações gerais sobre a estrutura dos cursos, dinâmica das aulas e tirar algumas dúvidas, além de proporcionar aos alunos um momento de acolhimento. Neste primeiro semestre, por conta da pandemia, as aulas serão ministradas de forma remota.

 


Professores da Unisc participam de evento internacional

Nos dias 18, 19 e 20 de fevereiro, os professores do Departamento de Ciências, Humanidades e Educação da Unisc, Alexandre Wegner e Cláudio José de Oliveira, participaram do XI Simposio de Matemática Y Educación Matemática, X Congreso Internacional de Matemática asistida por computador e I Simposio de Competiciones Matemáticaspromovido de forma virtual pela Universidade Antonio Nariño de Bogotá (Colômbia).

Na oportunidade, os docentes apresentaram o trabalho intitulado Práticas formativas com professores que ensinam matemática. O encontro contou com a participação de professores de três continentes: América, Europa e África. “As trocas de informações vão agregar possivelmente ainda mais na qualidade e inovação na docência”, destacaram os professores.


 

 

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

 


SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO BÁSICA


PPGEdu Unisc tem 1ª defesa de tese de doutorado

No dia 11 de novembro, na sala 1002, bloco 10, o Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc - Mestrado e Doutorado (PPGEdu) teve a sua 1ª defesa de tese de doutorado. Na oportunidade, a doutoranda Fátima Rosane Silveira Souza defendeu a tese intitulada A Lei nº 11645/2008 e a experiência formativa de professores na escola – imagens alquímicas da história e da cultura indígena para Unus Mundus, sendo a banca examinadora composta pelos professores Walter Fonseca Boechat (Uerj), Maria Aparecida Bergamaschi (Ufrgs), Sandra Regina Simonis Richter (Unisc), Felipe Gustsack (Unisc) e Ana Luisa Teixeira de Menezes (orientadora/Unisc).

A abertura da banca contou com a presença da reitora Carmen Lúcia de Lima Helfer e do coordenador e coordenadora adjunta do PPGEdu, Cláudio José de Oliveira e Sandra Regina Simonis Richter, respectivamente. O PPGEdu iniciou suas atividades em 2008. Atualmente, possui 68 alunos, com 172 defesas de dissertação de mestrado já realizadas.


 

PPGEdu presente na 39ª Reunião Nacional da Anped

(Esq. para dir.:): Sandro de Castro Pitano, Cheron Moretti e Telmo Adams. 

(Esq. para dir.:) Cheron Moretti, Éder da Silva, Silveira, Marcos Villela Pereira.

Os professores do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu), Sandra Regina Simonis Richter, Éder da Silva Silveira e Cheron Zanini Moretti, e o bolsista Pós-Doc, Diego Orgel Dal Bosco Almeida, estiveram presentes na 39ª Reunião Nacional da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Educação (Anped), realizada de 20 a 24 de outubro, na Universidade Federal Fluminense (Niterói/RJ). Na oportunidade, a professora Cheron Moretti, juntamente com os professores João Colares da Mota Neto (Uepa) e Reinaldo Matias Fleuri (Ufsc), ministrou o minicurso Educação popular e Pedagogias de(s)coloniais: desafios para a pesquisa em contextos de luta, resistência e ação política. A professora Sandra Richter também participou da Reunião do Fórum de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Educação (Forpred), nos dias 19 e 20 de outubro, como parte da reunião da Anped.

No dia 22, foram lançados dois livros resultantes de uma pesquisa coordenada pelo professor Éder da Silva Silveira e organizados em parceria com os professores Cheron Moretti (Unisc) e Marcos Villela Pereira (PUCRS).  O primeiro dialoga com os demais autores, na intenção de interseccioná-los ao redor de práticas sociais educativas presentes no cotidiano, porém, em regime de clandestinidade, característica que se mantém no segundo volume, voltando-se para a ideia de cultura política e educação. O download das obras está disponível em: links:http://editora.pucrs.br/livro/1275/ e  http://editora.pucrs.br/livro/1276/

Já no dia 23, a professora Cheron Moretti teve dois livros lançados como co-organizadora e autora de capítulos e verbetes (Paulo Freire: uma arqueologia bibliográfica e Fontes da pedagogia latino-americana: heranças (des)coloniais). As publicações são decorrentes de intensos trabalhos de pesquisas, envolvendo a Unisinos e a Ufpel, parceria que vem sendo realizada em diferentes frentes de trabalho junto com a Unisc, pelo Grupo de Pesquisa Educação Popular, metodologias Participativas e Estudos Decoloniais do PPGEdu-Unisc, a exemplo de publicações anteriores em livros e artigos científicos.


PPGEDU NA SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Durante o mês de outubro realizou-se a 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologias, Inovações e Comunicações. O PPGEdu participou dessa iniciativa com diferentes ações de diversos pesquisadores/as:

  • 22 DE OUTUBRO - 19h - Sede da APAE de Venâncio Aires

A oficina “Ninguém sabe o que pode o corpo – aprendizagem no sofrimento e invenção de si” foi realizada pelo Grupo de Pesquisa GAIA – Grupo de Ações e Investigações Autopoiéticas da UNISC e teve como público alvo os pais e professores da APAE de Venâncio Aires.

 

  • 25 DE OUTUBRO - 08h30 - ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA DE SANTA CRUZ DO SUL

A oficina “Descolonialidade do saber-poder-ser: Educação do Campo e Mulheres para "outra" sustentabilidade” contou com as contribuições de Cristina Vergutz, doutoranda do PPGEdu/UNISC e coordenadora pedagógica da EFASC e de Isabela Camini, doutora em educação e uma das coordenadoras do setor de educação do Movimentos dos Trabalhadores/as Rurais Sem Terra (MST). A atividade foi realizada pelo Grupo de Pesquisa: Educação Popular, Metodologias Participativas e Estudos Decoloniais, liderado pela professora Cheron Zanini Moretti em parceria com a Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul (EFASC) e teve como público-participante, jovens e educadores/as vinculados à AGEFA.

  • 25 DE OUTUBRO - 14h - UNISC, SALA 403

O painel “Como discutir o racismo no ambiente escolar?” Teve como painelistas: Camila Francisca da Rosa e Marisa Fernanda Silva Bueno, doutorandas do PPGEdu/UNISC e Mateus Skolaude e Mozart Linhares da Silva, professores da UNISC. A atividade foi promovida pelo Grupo de Pesquisa Identidade e Diferença na Educação, liderado pelo Prof. Mozart Linhares da Silva e reuniu estudantes e professores da Educação Básica para debater obre o assunto.

  • 30 DE OUTUBRO –  MOSTRA DE FOTOGRAFIA E APRESENTAÇÃO ARTÍSTICA -“Quilombo Cambará, eu te danço, eu te vejo e te nomeio: lugar mais feliz não há” – ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL AUGUSTO VITOR COSTA – CAÇAPAVA DO SUL

O Público-alvo da atividade foram os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Augusto Vitor Costa, de Caçapava do Sul. Esta atividade contou com uma palestra e uma mostra fotográfica sobre a história do Quilombo Cambará, localizado na Cidade de Caçapava do Sul, onde foi mostrado aos alunos o modo de vida dos habitantes do Quilombo, seus hábitos e crenças. Ainda como parte desta iniciativa, está agendada uma apresentação artística do Grupo de Dança do Quilombo no dia 20 de novembro, dia Nacional da Consciência Negra. A atividade foi organizada pelos pesquisadores: Prof. Cláudio José de Oliveira, docente do PPGEdu/UNISC; pelo Doutorando Edison Aran Nunes Krusser e pela Mestranda Josiane Medianeira Soares do PPGEdu/UNISC.    

 


Intercâmbio: Unisc recebe professoras da França 

 

Esq. Para dir.: Éder da Silva Silveira, Cantaura La Cruz, Denise Goulart e Eveline Barden Baier (AAII).

 

A Unisc, por meio da Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais (AAII) e do Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado e Doutorado (PPGEdu), recebeu as professoras da França Denise Goulart, da Université Paris-Est Créteil, e Cantaura La Cruz, do Institut d'Études Politiques de Paris e do Institut Catholique de Paris. As docentes desenvolveram atividades no PPGEdu, juntamente com o professor da Unisc, Éder da Silva Silveira, no Grupo de Pesquisa CNPq Currículo, Memórias e Narrativas em Educação.  Nesta quarta-feira, 30 de outubro, em uma roda de conversa entre Brasil e França, houve o lançamento da obra Educação Clandestina, na sala 1004, bloco 10.

“O intercâmbio estabelecido nos últimos anos com a França suscitou ações e compromissos de internacionalização, bem como parcerias entre os pares. Esse movimento representa mais uma realização concreta das relações interinstitucionais e de internacionalização sólidas no âmbito da pesquisa, uma marca do trabalho de referência realizado pelo PPGEdu", salientou o professor Éder.

Segundo a coordenadora da AAII, Cristiana Mueller, a vinda das professoras representa um passo importante para estreitar as relações da Unisc com a França em relação ao tema da educação. “Esse tem sido um assunto corrente e de grande relevância e esperamos poder colher bons resultados com a atividade e visita”, destacou. “Ficamos impressionadas com a receptividade e com a infraestrutura física e intelectual da Unisc. São ações como essa de intercâmbio e de troca de experiências que enriquecem cada vez mais a produção de conhecimento”, disseram as professoras visitantes.

 


PALESTRA COM WALTER BOECHAT

 

 


 

 


 

Mestranda do PPGEdu apresenta trabalhos no Maranhão

 

 

 

A mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc - Mestrado e Doutorado (PPGEdu), Yohanna Breunig, realizou duas apresentações orais durante o 6º Congresso Brasileiro de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho e o 7º Simpósio Brasileiro de Psicodinâmica do Trabalho, com a temática Trabalho, Precarização e Resistências, que o ocorreram entre os dias 22 e 25 de outubro, em São Luiz (MA), na Universidade Federal do Maranhão . A primeira apresentação teve como tema A dinâmica do reconhecimento no trabalho de professores do estado do Rio Grande do Sul, orientada pela professora Karine Vanessa Perez; e a segunda foi sobre Formação de saberes utilizados nas estratégias de mediação do sofrimento de professores da Educação Básica, orientada pelo professor doutor Moacir Fernando Viegas.

O evento reuniu estudiosos da Psicodinâmica do Trabalho e das Clínicas do Trabalho de diferentes regiões do país para pensar e estudar o que vem sendo feito no Brasil em nível de pesquisa e intervenção, ampliando os conhecimentos e aprofundando conceitos teóricos.  

 


 

CONVITE ORQUESTRA OIANT 


ENCONTROS COM A POESIA - OUTUBRO 


ENCONTROS COM A POESIA - OUTUBRO 


Doutorandas do PPGEdu participam de colóquio em Minas Gerais

Divulgação

Esq. para dir.: Josí de Freitas, Camila da Rosa e Marisa Bueno

De 25 a 27 de setembro, as doutorandas do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu), Camila Francisca da Rosa, Josí Aparecida de Freitas e Marisa Fernanda da Silva Bueno, participaram do 6º Colóquio Nacional Michel Foucault: da produção de verdade ao governo da vida, que ocorreu na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais.

O evento, realizado a cada dois anos, tem por objetivos discutir a educação, assim como outros campos, por meio de conceitos foucaultianos, como o investimento político na gestão da população em defesa de um dado modelo social, e oportunizar o intercâmbio de experiências de pesquisas, estudos e leituras que diferentes profissionais realizam a partir da obra de Foucault, tendo como objeto, especialmente, as políticas sobre a vida e a noção de verdade.

Além da intensa programação de palestras com renomados pesquisadores que pensam a obra de Foucault como repositório conceitual que oferece importantes ferramentas para problematizar questões histórico-políticas da sociedade, o colóquio também oportunizou a discussão de pesquisas e de estudos, por meio da submissão de trabalhos.

A doutoranda Camila da Rosa coordenou a sessão de comunicações do eixo temático Produção de verdades em narrativas sobre etnia e gênero e apresentou o trabalho intitulado A narrativa nacional (re)escrita no tensionamento com o discurso de empoderamento negro. Já o artigo A educação profissional de nível médio no Brasil e o imperativo da in/exclusão nos governos Dilma e Temer (2011-2018): a biopolítica na produção do precariado brasileiro foi apresentado pela doutoranda Josí de Freitas.

 

 


Integrantes do PPGEdu apresentam trabalho em congresso no Paraná

Divulgação

 

 

 

 

 

 

O professor e o doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu), Éder da Silva Silveira e Rafael de Brito Vianna, respectivamente, apresentaram o trabalho Educação (de tempo) integral a partir da Lei nº 13.415/2017: breves apontamentos sobre a reforma do Ensino Médio, no 14º Congresso Nacional de Educação (Educere), ocorrido de 16 a 19 de setembro, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba.

O evento é realizado a cada dois anos, com o objetivo de promover reflexões sobre formação, prática e pesquisa educacionais em um contexto globalizado, diversificado e de forte demanda social. Durante o congresso, também ocorreu o lançamento dos livros Educação Clandestina (volumes 1 e 2).

 


 

 As inscrições podem ser feitas neste link: https://forms.gle/hru9y7RoweoqUgtB6   

PIA: Núcleo Itinerante de MPB  da FACED/UFRGS

S O M O S  é o concerto de música protagonizado pelo PIA, Núcleo Itinerante de MPB da FACED-UFRGS e convidados, com direção musical da pianista Dulcimarta Lemos Lino. A escolha do palíndromo S O M O S para nomear  o espetáculo não é casual. Marca  a diversão e irreverência  incorporada na simetria da música que fazemos semanalmente na universidade. Palíndromos são aquelas palavras que podem ser lidas em diferentes direções, mas se mantém inalteradas. Em grego palin significa de novo e, dromo,  sublinha narrativa, circuito. Mais uma vez temos a música em estado de encontro para ressoar  a potência de nosso imaginário criador e TOCAR  às crianças, demarcando os singulares percursos da Música Brasileira na contemporaneidade. Cada território educativo que o Pia habita escolhe um convidado a tocar com o grupo. Nosso objetivo é valorizar a música feita pelos músicos e professores de Santa Cruz do Sul, bem como dos alunos da universidade. Portanto, o concerto conta com participação especial de músicos da cidade Neco Machado, Denis Job e William Bender..

PIA: formação

 

Bianca Rodrigues: Voz

Dulcimarta Lemos Lino: piano e vocais

Gabriel Dornelles:  bateria e vocais

Mathes Camilio Viana: violão, piano, vocais

 

Participações especiais:

Marco Urich (percussao)

Augusto Vargas (percussão e vocais)

Denis Job (violão e voz)

William Bender (gaita)

Neco Machado (voz e violão)


Unisc Venâncio Aires recebe curso de Formação para Professores da Educação Infantil

Teve início no dia 15 de agosto, no auditório da Unisc de Venâncio Aires, o curso de Formação para Professores da Educação Infantil, ofertado de forma gratuita e que teve as vagas esgotadas em apenas uma semana. Com o tema Experiências com os Campos de Experiências, a professora Sandra Richter foi a primeira a falar aos profissionais da Educação Infantil, bem como aos acadêmicos do curso de Pedagogia, que estão tendo a oportunidade de dividirem suas experiências e inquietações sobre a Educação Infantil durante uma formação de 20 horas. Os próximos encontros estão agendados para os dias 30/08, 13/09, 27/09 e 25/10, com as professoras Luci Elaine Krämer, Susana Speroni, César Goes e mestrandos e doutorandos do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc (PPGEdu).


II Seminário Estudos Poéticos

28 e 29 de junho de 2019 – UNISC

 

 

Promoção: PPGEdu UNISC, PPGL UNISC, Grupos de pesquisa Estudos Poéticos: Educação e Linguagem UNISC/CNPq e Escuta Poética FACED/UFRGS

Realização: Grupo de pesquisa Escuta Poética FACED/UFRGS e PIA: Núcleo Itinerante de MPB da FACED-UFRGS

 

Coordenação: Sandra Richter (UNISC), Dulcimarta Lino (UFRGS) e Ângela Fronckowiak (UNISC)

Data: 28 e 29 de junho de 2019

Local: Memorial da UNISC

 

Cronograma

28 de junho - 19h30m às 22h

Local: Ateliê do Memorial da UNISC

Oficina para professores da Educação Básica:

GAMBIARRA SONORA

Oficina Gambiarra Sonora: A oficina oferece aos professores da Educação Básica e interessados a confecção e o manuseio de objetos sonoros e instrumentos musicais voltados para os processos de escuta e experiência musical com crianças. Tem como proposta educativa as materialidades cotidianas e o fazer coletivo da Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental.

Ministrante: Augusto Vargas (Bolsista Extensão UFRGS)

Equipe participante: Grupo de pesquisa Escuta Poética - Dulcimarta Lemos Lino (Coord.), Gabriel Dornelles (Bolsista Pesquisa) e Filipe da Silva Silveira (Bolsista Extensão)

 

29 de junho - 9h às 12h

Local: Auditório do Memorial da UNISC

Montagem e Performance do Show SOMOS

Promoção: Escola de Educação Básica Educar-se

Concerto para crianças, professores, famílias e comunidade.

S O M O S é o concerto de música protagonizado pelo PIA, Núcleo Itinerante de MPB da FACED-UFRGS e convidados, com direção musical da pianista Dulcimarta Lemos Lino.

A escolha do palíndromo S O M O S para nomear o espetáculo não é casual. Marca a diversão e irreverência incorporada na simetria da música que fazemos semanalmente na universidade. Palíndromos são aquelas palavras que podem ser lidas em diferentes direções, mas se mantém inalteradas. Em grego palin significa de novo e, dromo, sublinha narrativa, circuito. Mais uma vez temos a música em estado de encontro para ressoar a potência de nosso imaginário criador e TOCAR às crianças, demarcando os

singulares percursos da Música Brasileira na contemporaneidade. Cada território educativo que o Pia habita escolhe um convidado a tocar com o grupo. Nosso objetivo é valorizar a música feita pelos músicos e professores de Santa Cruz do Sul, bem como dos alunos da UNISC. Nessa edição estaremos recebendo os músicos e professores de música Denis Job e William Bender.

PIA - Núcleo Itinerante de MPB da FACED-UFRGS

Bianca Rodrigues: Voz (Bolsista voluntária)

Dulcimarta Lemos Lino: piano e vocais Gabriel Dornelles: Percussão e vocais (Bolsista Pesquisa)

Mathes Camilio Viana: violão, piano, vocais (Bolsista Voluntário)

Participações especiais:

Marco Urich (percussao) (Aluno da UFRGS)

Gisele Mollliorini (vocais) (Grupo de Pesquisa Escuta Poética)

Denis Job (violão e voz)

William Bender (acordionista)

 

29 de junho – 14h às 17h

Local: Auditório do Memorial da UNISC

Roda de Conversa: Poéticas e Educação das Infâncias

Coordenação: Ângela Fronckowiak (UNISC), Sandra Richter (UNISC) e Dulcimarta Lemos Lino (UFRGS)

Abertura: Ângela Fronckowiak – O som da palavra

Participação especial: Milene Compagnon e Gabriel Dornelles (Grupo de pesquisa Escuta Poética

FACED/UFRGS e Estudos Poéticos: Educação e Linguagem UNISC/CNPq)

A partir de relatos e de reflexões em torno de experiências poéticas entre crianças e adultos, promover a circulação entre teoria e prática em torno da educação das infâncias e da ação educativa de crianças de 0 a 10 anos.

 

Será fornecido atestado de participação

 

 

 

 


Docente do PPGEdu participa do 1º Congresso Nacional de Editores de Periódicos em Educação

 Fotos: Divulgação Anped

 

 

Foi realizado, nos dias 12 e 13 de junho, na Faed/Udesc, em Florianópolis (SC), o 1º Congresso Nacional de Editores de Periódicos em Educação (Coneped). O encontro, promovido pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) e pelo Fórum de Editores de Periódicos da Área de Educação (Fepae), teve como objetivo a troca de experiências entre editores e a interlocução com renomados especialistas no assunto, visando discussão, conhecimento e aprofundamento de políticas de qualificação e principais indexadores da área de humanidades.

O Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) da Unisc esteve representado pela professora Cheron Moretti, uma das editoras-chefes da Reflexão e Ação(periódico do Departamento de Educação, avaliado pela Capes no estrato B1). Com uma vasta e intensa programação, o congresso debateu os paradoxos das revistas na área da Educação, as questões éticas nos periódicos científicos e as tendências SCielo para as áreas de Ciências Humanas e Educação, além de outros indexadores.

Outros dois momentos importantes de discussão foram a reunião do Fepae com a Coordenação de Área da Capes, representada pelo professor Ângelo Souza, e a mediação da coordenadora da Anped, professora Andréa Gouveia. “Na oportunidade, foram apresentadas informações gerais sobre o ‘novo Qualis’ e o processo de avaliação colaborativa, formada por uma comissão ampla de 141 membros, vinculados a mais de 100 programas de pós-graduação em Educação, na primeira etapa, e uma comissão de arbitragem, na etapa final”, conta a professora Cheron.

De igual relevância, no congresso, reuniu-se a Fepae Regional Sul, que teve como tema central a participação com proposição regimental na 39ª Reunião Nacional da Anped, que ocorrerá no final de outubro, na Universidade Federal Fluminense (UFF).

 


GRUPO DE PESQUISA DO PPGEdu PUBLICA SEU SEGUNDO E-BOOK SOBRE EDUCAÇÃO CLANDESTINA

clandestina2.PNG
 
Este segundo volume agrupa os artigos que lançaram luz sobre as relações clandestinas vividas ou refletidas no campo da cultura política, em sua variedade de possibilidades de prática. A invisibilidade, característica da clandestinidade, também serviu de eixo organizador dessas abordagens, que pautam leituras e análises da tensão entre legitimidade e ilegitimidade, derivadas da óbvia tensão entre oficialidade e clandestinidade. O conjunto de autores apresenta seus pontos de vista sobre o campo que emerge da intersecção entre educação e cultura política, e dialoga com os demais na intenção de experimentar o entrelaçamento e a intersecção do olhar ao redor de práticas presentes no cotidiano.
Fonte: ediPUCRS

 

 


Doutoranda do PPGEdu realiza atividades em Portugal 

Fotos: Divulgação

 

A doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu), Maria Cristina Rigão Iop, realizou diversas atividades de mobilidade acadêmica em Portugal, no período de 9 a 23 de maio. A primeira delas foi a participação na Challenges 2019 – 11ª Conferência Internacional de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação, que ocorreu de 13 a 15 de maio, na Universidade do Minho (UMinho). O evento completou 20 anos de existência e trouxe como temática Desafios da Inteligência Artificial.

Organizada a cada dois anos pelo Centro de Competência em Tecnologias de Informação e Comunicação da UMinho, a Challenges discutiu os desafios que as mais recentes inovações tecnológicas representam para a educação. Segundo a aluna, foram propostas reflexões acerca da inteligência artificial (IA) como grande aliada da escola, apontando para um futuro com experiências personalizáveis, adaptadas às singularidades de cada um, em que o professor é o mediador do processo de aprendizagem.

No dia 14 de maio, representando o Grupo de Ações e Investigações Autopoiéticas (Gaia) da Unisc, Maria Cristina apresentou o trabalho Redes de Aprendizagem: ontoepistemogênese de professores na interação com tecnologias digitais.

Ela também reencontrou os professores Rosa Maria Fontes (Universidade de Vigo – Espanha) e Jorge Collus (UMinho – Portugal), integrantes da equipe portuguesa do projeto Tea complex: plataforma digital tátil para sujeitos diagnosticados com transtornos do espectro autista, do Gaia/Unisc. Na oportunidade, compartilharam experiências sobre a vida acadêmica de cada um (estudantes de doutorado).

“Estive em constante contato com a minha coorientadora, professora Lia Raquel Oliveira, aprofundando as reflexões acerca de minha tese. Também acompanhei as atividades acadêmicas desenvolvidas por ela com os alunos da UMinho. Nesse processo, assisti às apresentações de trabalhos de final de semestre de estudantes da universidade e dos visitantes do programa Erasmus, vivenciando um pouco da experiência de mobilidade acadêmica que existe entre os países da Europa, no caso Grécia, Hungria e Espanha”, relata Maria Cristina.

Neste período, a doutoranda recebeu o aceite do artigo Wikipédia: uma experiência de autoria, enviado para o 15º Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia, que acontecerá de 4 a 6 de setembro, na Universidade da Corunha, na Espanha. “Esse artigo é de minha autoria, com orientação dos professores Lia Oliveira (UMinho) e Felipe Gustsack (Unisc), e será apresentado por videoconferência”, salienta.

Para Maria Cristina, as experiências vividas em Portugal foram enriquecedoras. “Conheci inúmeras pessoas e lugares e me entrosei com os costumes e hábitos portugueses. Acredito que toda essa caminhada tenha servido para o fortalecimento do meu modo de pensar e de ver o mundo. Desejo que muitos sejam os alunos e os professores que possam ter oportunidades semelhantes, pois é sempre um aprendizado sem igual”, afirma.

 


 

Para mais informações, acesse a página oficial do evento: https://www.unisc.br/pt/cursos/todos-os-cursos/extensao/formacao-profissional/escola-de-inverno

 


EDITAL Nº 01/19 - E-book "Educação Básica e Pesquisa" - Volume II

 
 

ACESSE O EDITAL

 

Docente do PPGEdu participa de atividades na Colômbia

Divulgação

Professora Cheron na conferência de encerramento das atividades
Estudantes e professores com a coordenadora do curso de mestrado, María del Carmen Millán (ao centro)
 

A convite da diretora de Pós-Graduação do Instituto de la Familia da Universidad de La Sabana, na Colômbia, María del Carmen Docal Millán, a professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) da Unisc, Cheron Zanini Moretti, participou de várias atividades acadêmicas na instituição colombiana.

A primeira delas, uma roda de conversa com professores e pesquisadores do Instituto da Família sobre Investigación participativa y sistematización de experiência en programas de posgrado, ocorreu no dia 15 de maio. Na oportunidade, Cheron apresentou a Unisc e o PPGEdu e introduziu sua experiência como pesquisadora na educação do campo e na pedagogia da alternância. O propósito era o de compartilhar proposta metodológica de pesquisa a partir da “experiência” e da “participação”, tendo a família no centro pedagógico.

Além disso, a docente também apresentou as relações de trabalho em grupo de pesquisa (entre graduandos, mestrandos e doutorandos) e interinstitucionais (no caso, a colaboração entre integrantes do GP Mediações Pedagógicas e Cidadania, da Unisinos, e o GP Educação Popular, Metodologias Participativas e Estudos Descoloniais, da Unisc), assim como a publicação de resultados de pesquisas (livros e artigos).

Já nos dias 16 e 17 de maio, foi realizada a jornada de intensificação de estudos (bancas de qualificação de projetos de pesquisa em nível de mestrado) do programa interdisciplinar da Maestría en Asesoria Familiar y Gestón de Programas para la Familia, da qual Cheron participou da banca avaliadora como convidada internacional/estrangeira.

As pesquisas de mestrado têm como foco as famílias colombianas em diferentes contextos (representações sociais, migrações e deslocamentos forçados, conflito armado, violência intrafamiliar, trabalho infantil, mulheres expatriadas, processos educativos, entre outros) e, em sua maioria, buscam identificar e compreender os impactos nas relações familiares no tempo presente, através das vozes de adolescentes, crianças e mulheres. Ao todo, foram avaliados 14 projetos de pesquisa.

“Na abertura dessa jornada, contamos com a apresentação dos Retos de los Objetivos de Desarrollo Sostenible con Perspectiva de Familia, feita pela diretora do Instituto da Família, Ana Margarita Romero de Wills, que informou a participação de mais de 190 países, na ONU, na elaboração dos 17 objetivos e das 169 metas para o desenvolvimento sustentável, em que a perspectiva da família tem um papel fundamental. A diretora enfatizou que essa agenda, para 2030, gira em torno de cinco eixos: Planeta, Pessoas, Prosperidade, Paz e Alianças”, conta Cheron.

Para encerrar a jornada de trabalho, a docente da Unisc foi responsável pela conferência final da programação de atividades com os estudantes do curso de mestrado, intitulada Pedagogía de la alternancia: investigación, educación y sistematización de experiência, sendo o assunto parte da discussão metodológica e epistemológica da pesquisa que Cheron desenvolve atualmente sobre (Des)colonialidade do ser/poder/saber na Pedagogia da Alternância: sistematização de uma experiência junto à Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul, no PPGEdu da Unisc.

 


Docentes apresentam trabalho em conferência na Colômbia

Foto: Divulgação 

 

Os professores do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) e do Departamento de Matemática, Cláudio José de Oliveira e Alexandre Wegner, respectivamente, e a professora Daiane Kipper, doutoranda em Educação pelo PPGEdu da Unisc, apresentaram o trabalho Jogos e Aplicativos Matemáticos para os Anos Iniciais, na 15ª Conferência Interamericana de Educação Matemática (Ciaem).

O evento teve como sede as universidades de Medellín e de Antioquia, na cidade de Medellín, Colômbia. O Ciaem é uma conferência que ocorre na América Latina desde 1961, promovida pelo Comitê Interamericano de Educação Matemática, única organização multinacional americana afiliada à International Commission on Mathematical Instruction (ICMI). Nesta edição, o evento contou com representantes de 25 países dos quatro continentes. A 16ª Ciaem será realizada na Universidade de Lima, no Peru, em 2023.

 


NOVOS SIGNIFICADOS DO POPULAR NA AMÉRICA PROFUNDA COM JOSÉ TASAT


GRUPO DE PESQUISA DO PPGEdu PUBLICA E-BOOK SOBRE EDUCAÇÃO CLANDESTINA

Este primeiro volume agrupa os trabalhos que lançaram luz sobre as relações clandestinas vividas ou refletidas no campo da educação, em suas diferentes dimensões. A invisibilidade, característica dessa condição de clandestinidade, serviu de eixo organizador dessas abordagens, que pautam leituras e análises da tensão entre legitimidade e ilegitimidade, derivada da óbvia tensão entre oficialidade e clandestinidade. O coletivo de autores apresenta seus pontos de vista e dialoga com os demais na intenção de experimentar o entrelaçamento e a intersecção do olhar ao redor de práticas presentes no cotidiano.”
                                                                                Os Organizadores

ACESSE O E-BOOK


Professora do PPGEdu participa de evento na USP

Professora Sandra Richter, Silvio Gallo (FE-Unicamp) e Alexandre Filordi de Carvalho (EFLCH-Unifesp)
Taís Milene Rusch

 

A professora e coordenadora adjunta do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc - Mestrado e Doutorado (PPGEdu), Sandra Regina Simonis Richter, participou do 8º Congresso Paulista de Educação Infantil e 4º Simpósio Internacional de Educação Infantil, realizados naFaculdade de Educação da USP, em São Paulo, de 16 a 18 de abril, com o tema Educação infantil como prática de liberdade.

A docente da Unisc participou do painel Infância e Arte, além de apresentar o trabalho Artes e Infâncias: experiência brincante na e com a linguagem, em coautoria com a bolsista de iniciação científica, Taís Milene Rusch.

 

 

 


Aula Inaugural do PPGEdu 


Lançamento do E-book 

Educação Básica e Pesquisa - Vol. 1

ACESSE O E-BOOK

 


CONVITE - II Jornada de Estudos Poéticos


Convite para I Jornada de Estudos Poéticos - 09/03 - Museu da UFRGS


RECEPÇÃO AOS NOVOS ALUNOS

 
Fonte: Arquivo PPGEdu
 
No dia 22 de fevereiro de 2019 foi realizada a recepção aos novos alunos das turmas de Mestrado e Doutorado. 
 

 

CONVITE - PRÉ FÓRUM DE ESTUDOS: LEITURAS DE PAULO FREIRE

 

 


 

PPGEdu e FAP iniciam atividades do Minter 2019

 

Esquerda para a direita: professoras Sandra Regina Simonis Richter e Ana Luisa Teixeira de Menezes

 

O curso de Mestrado Interinstitucional em Educação (Minter), promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc Mestrado e Doutorado (PPGEdu) e pela Faculdade do Baixo Parnaíba (FAP), iniciou suas atividades nas dependências da FAP, em Chapadinha (MA).

A aula inaugural teve como tema Pensamento intercultural e metodologias de ensino-pesquisa para a educação básica, ministrada pelas professoras Ana Luisa Teixeira de Menezes e Sandra Regina Simonis Richter. A atividade foi realizada no dia 21 de janeiro, nas dependências da FAP, e contou com a participação dos novos mestrandos, professores e autoridades da região do Baixo Parnaíba no Estado do Maranhão. O curso tem sequência no primeiro trimestre de 2019, com as disciplinas obrigatórias Educação e Filosofia, História das Ideias e Saberes da Educação e Estado, Políticas e Educação. 

 

 

Segundo os coordenadores do curso, Cláudio Oliveira e Sandra Richter (Unisc) e Maria Auridéia Moraes do Vale (FAP), bem como a Diretora de Ensino da FAP, professora Nony Braga, o oferecimento de um curso de Mestrado em Educação em uma região distante dos centros consolidados de ensino e de pesquisa permitirá a formação de docentes/mestrandos e a cooperação entre instituições acadêmicas de ensino superior e de Educação Básica na região que se situa a Instituição Receptora. “Pelo lado da Instituição proponente, além da oportunidade de repensar seu projeto de curso, implica promover a nucleação e o fortalecimento de seus grupos de pesquisa”, salientaram.

 

 

DOSSIÊ 10 ANOS DO PPGEdu/UNISC - Revista Reflexão e Ação

 
 
 

A edição nº 3 (setembro-dezembro) de 2018 está composta por uma seção de artigos que formam um Dossiê Temático que comemora os 10 anos do PPGEdu UNISC, outra de artigos com temas variados, submetidos de forma contínua, e uma entrevista também em alusão a trajetória e memória desseprograma de pós-graduação.


O Dossiê é apresentado pelos atuais coordenadores do PPGEdu e os artigos organizados pelas linhas de pesquisas que integram o programa: Aprendizagem, Tecnologias e Linguagem na Educação (ATLE), Educação, Cultura e Produção de Sujeitos (ECPS) e Educação, Trabalho e Emancipação (ETE). Nessa seção, apresentamos oito artigos de pesquisadores e pesquisadoras vinculadas a diferentes Instituições de Ensino Superior cujos temas e abordagens dialogam com o que vem sendo desenvolvido pelas três linhas de pesquisas em nosso programa de pós-graduação.

ACESSE A EDIÇÃO DO DOSSIÊhttps://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/issue/view/541?fbclid=IwAR3KjArWdZGyMEsUQsU39v7ha6hWg0HzQUWmfTX1m2-U9TGJsUeX39uTEvg

 

  


 
NOTA DE FALECIMENTO 
    Com pesar, comunicamos o falecimento da nossa colega e amiga Adriana da Silva Thoma na tarde de ontem. 
    Nos muitos anos em que estivemos juntos, podemos desfrutar de sua afetividade, alegria e seriedade profissional. 
    Como professora da Unisc, além do amplo trabalho desenvolvido na graduação, Adriana ajudou a criar o PPGEdu. Mesmo após sua ida para Ufrgs, nunca deixou de estar conosco.
    A Educação perde, precocemente, uma professora pesquisadora que nos inspirou a viver com alegria e dedicação as mais simples e as mais complexas situações! 
    A continuidade da luta pela inclusão e pelos direitos humanos à cultura e à educação é nossa forma de homenagear e seguir sua caminhada.
    Nossos sentimentos à família e a todos e a todas que compartilharam da convivência com Adriana.
 

 


 

Docente do PPGEdu apresenta pesquisa na Hungria

Divulgação

 

A professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) – Mestrado e Doutorado, Nize Maria Pellanda, participou da 17ª Conference on WWW/Internet 2018, realizada de 21 a 23 de outubro, em Budapeste, na Hungria. O evento foi promovido pela International Association for Development of the Information Society (IADIS).

No dia 22 de outubro, a docente apresentou o trabalho Human-technology coupling: a research with children diagnostic with autism (Tecnologia humana acoplada: uma pesquisa com crianças diagnosticadas com autismo). Trata-se de uma equipe de estudo internacional (Unisc/UMinho/Uvigo/Ufersa) que aborda Transtornos do Espectro Autista (TEA) na perspectiva da complexidade. “A pesquisa foi considerada inédita pela metodologia e pela teoria empregadas”, destacou Nize.


 

Articulação entre a Pesquisa e a Educação Básica

 

Na última sexta-feira, 14 de setembro de 2018, mestrandos e doutorandos, acadêmicos da disciplina Educação, Pesquisa e Estudos Culturais, coordenada pelos professores Claudio Oliveira e Camilo Darsie, do Programa de Pós-Graduação em Educação, realizaram um encontro com os professores das escolas municipais de Passa Sete. O encontro teve o objetivo de aproximar as pesquisas acadêmicas à realidade da educação básica, configurando um momento importante de formação e troca de conhecimentos e experiências.

Agradecemos a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Turismo, Desporto e Lazer de Passa Sete, bem como a todos os envolvidos pelo apoio e empenho na realização do encontro. Em especial, agradecemos aos professores que partilharam conosco deste dia que provocou outros modos de pensarmos a relação entre teoria e prática.


 

PPGEdu recebe professora visitante

 

 


Bolsista de Pós-doutorado do PPGEdu/UNISC apresenta trabalho no XIX ENDIPE/Salvador-Bahia

Nos dias 3, 4, 5 e 6 de Setembro foi realizado em Salvador/Bahia o XIX Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino. Na ocasião a professora Drª Graziela Rinaldi da Rosa, esteve participando do evento e apresentou seu trabalho, fruto da pesquisa desenvolvida no estágio de pós-doutoramento, com supervisão da profª Drª Cheron Zanini Moretti. O trabalho apresentado, intitulado "Onde estão os saberes pedagógicos e didáticos de Mulheres nas Fontes Pedagógicas da América Latina?" problematiza a exclusão das mulheres no pensamento pedagógico da América Latina, numa perspectiva feminista, e busca contribuir para uma lacuna tanto no campo pedagógico, na formação de professores/as, quanto dos estudos feministas. A professora é bolsista PNPD/CAPES, e está terminando seu estágio de pós doutoramento, retomando suas atividades na Universidade Federal do Rio Grande/FURG. Ela acredita que o projeto tem possibilitado fecundas discussões teóricas e epistemológicas no campo da Educação Popular e na formação de professores/as, e afirma ter tido significativas experiências a partir das vivências no PPGEdu/UNISC, levando-as assim, para a sua formação profissional.
 
 

PPGEdu comemora 10 anos

 
Na última quinta-feira, 23 de agosto, estiveram reunidos no restaurante Parque da Gruta, alunos, professores, egressos, funcionárias e demais convidados para comemorar os 10 anos do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC - PPGEdu. O Programa atua na formação de profissionais das mais diversas áreas do conhecimento e atualmente está com as inscrições abertas para o processo seletivo dos cursos de Mestrado e Doutorado para ingresso em 2019. 
As inscrições pode ser feitas no site www.unisc.br/ppgedu . Venha você também fazer parte da nossa história.

 


Foto: Divulgação. 

 

A professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) – Mestrado e Doutorado, Ana Luisa Teixeira de Menezes, participou do 8º Congresso Latino-americano de Psicologia Junguiana, realizado de 11 a 14 de julho, na cidade de Bogotá, na Colômbia. Na modalidade de Taller, a docente apresentou o trabalho O corpo dançado na América: imagens de sombra e luz através da vivência de alteridade ameríndia, juntamente com Gelson Luis Roberto e Fátima Rosane Silveira de Sousa (doutoranda do PPGEdu).

Já na modalidade de Tertúlia, o trabalho apresentado por Ana Luisa, em parceria com Walter Boechat, foi Colômbia, Brasil e América – A Jornada do Guesa e a identidade latino-americana. Além das apresentações, a professora coordenou um painel com os seguintes trabalhos: Luzes e sombras no transplante de medula óssea e A luz que nasce das sombras. “Os trabalhos foram muito qualificados, e o evento contou com a presença de pesquisadores nacionais e internacionais, que estão investigando caminhos de integração do ponto de vista psíquico e educativo na América Latina”, salientou Ana Luisa.

 

​*Publicado por Felipe Nopes


Professores, alunos e egressos do PPG em Educação tem trabalhos aceitos na ANPED SUL

 

Os professores Cláudio José de Oliveira, Cheron Zanini Moretti, Éder da Silva Silveira,  Felipe Gustsack e Sandra Regina Simonis Richter, as alunas Aline Mesquita Corrêa, Cristina Luisa Bencke Vergutz, Daiane Kipper, Fátima Rosane Silveira Souza, Josí Aparecida de Freitas, Joice Nunes Lanzarini, Márcia Vilma Murillo, Marisa Fernanda da Silva Bueno, Maria Cristina Rigão Iop, Maria de Fátima de Lima das Chagas, Rafaela Aline Wenzel e Rafaela Rech e, os egressos Aline Beatris Fischer, Ivan Jeferson Kappaun, Niqueli Streck e Paula Lemos Silveira do PPGEdu da UNISC, tiveram aceitos artigos na ANPED SUL - XII Reunião Científica da Região Sul :“ EDUCAÇÃO, DEMOCRACIA E JUSTIÇA SOCIAL: pesquisar para quê?”.

Confira os trabalhos que serão apresentados e os respectivos eixos temáticos:

Trabalho: EDUCAÇÃO E TECNOLOGIAS: DO MISONEÍSMO À ABERTURA POÉTICA
Autores: Joice Nunes Lanzarini, Felipe Gustsack e Maria Cristina Rigão Iop
Eixo Temático: Educação, Comunicação e Tecnologia

 

Trabalho: NOTAS SOBRE O TEMA DAS POLÍTICAS DE AMPLIAÇÃO DA EDUCAÇÃO DE TEMPO INTEGRAL PARA O ENSINO MÉDIO NO CONTEXTO LATINO-AMERICANO

Autor: Éder da Silva Silveira

Eixo Temático: Ensino Médio

 

Trabalho:  A ARTICULAÇÃO FAMÍLIA, SEUS SUJEITOS E SEUS CONHECIMENTOS NA PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA DE UMA ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA

Autores: Cristina Luisa Bencke Vergutz e Aline Mesquita Corrêa

Eixo Temático: Educação Popular e Movimentos Sociais 

 

Trabalho: ÑE’É PORÃ – AS BELAS PALAVRAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Autora: Fátima Rosane Silveira Souza

Eixo: Relações étnico-raciais

 

Trabalho: TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO: A TÉCNICA COMO MODO DE AUTOCONSTITUIÇÃO NA TESSITURA DE REDES DE APRENDIZAGEM

Autor: Maria de Fátima de Lima das Chagas

Eixo Temático: Educação, Comunicação e Tecnologia

 

Trabalho: DA EDUCAÇÃO INFANTIL AO ENSINO FUNDAMENTAL: A PEDAGOGIA DA ESCUTA COMO GESTO DE RESPONSABILIDADE, DISPONIBILIDADE E ACOLHIMENTO

Autores: Márcia Vilma Murillo e Niqueli Streck

Eixo Temático: Educação e Infância

 

Trabalho: ARTES E ESCOLA: TENSÕES E INTERROGAÇÕES EM TORNO DA DIMENSÃO POÉTICA DA LINGUAGEM

Autor: Ivan Jeferson Kappaun

Eixo Temático: Educação e Arte

 

Trabalho: AS FRAÇÕES E A ESCALA: POSSIBILIDADES PARA O VISUAL NO CURRÍCULO ESCOLAR PARA ALUNOS SURDOS

Autora: Daiane Kipper

Eixo Temático: Currículo

 

Trabalho: REFORMA DO ENSINO MÉDIO: UMA POLÍTICA NEOLIBERAL PARA O (AUTO) GOVERNO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA

Autoras: Josí Aparecida de Freitas e Marisa Fernanda da Silva Bueno

Eixo Temático: Estado e Política Educacional

 

Trabalho: A INFLUÊNCIA DAS MÍDIAS NA CONSTITUIÇÃO CONTEMPORÂNEA DA ORALIDADE

Autora: Rafaela Aline Wenzel

Eixo Temático: Educação e Arte

 

Trabalho: ESTRATÉGIAS BIOPOLÍTICAS NO MINISTÉRIO CAPANEMA: CONSTITUIÇÃO DA NAÇÃO PELA EDUCAÇÃO

Autora: Rafaela Rech

Eixo Temático: Relações Étnico-Raciais

 

Pôster

Trabalho: A TECNOLOGIA NO PERCURSO DEPROFESSORES: PROCESSOS DE AUTORIA E DEINVENÇÃO DE SI

Autor: Maria de Fátima de Lima das Chagas

Eixo Temático: Formação de Professores

 

Trabalho: "O/A PROFESSOR/A DE FÍSICA EM FORMAÇÃO E SUAS CONCEPÇÕES EPISTEMOLÓGICAS"

Autor: Aline Beatris Fischer

Eixo Temático: Formação de professores

 

Trabalho:  AMBIENTES VIRTUAIS E OS SENTIDOS DA DOCÊNCIA: VIRTUALIZAÇÃO E HOMINIZAÇÃO 

Autores:  Paula Lemos Silveira e Cláudio José de Oliveira

Eixo Temático: Educação, Comunicação e Tecnologia

 

A ANPED SUL ocorrerá na UFRGS em Porto Alegre/RS, no período de 23 a 26 de julho. Confira mais informações sobre o evento no link: http://regionais.anped.org.br/sul2018/


Professora Cheron Zanini Moretti (última da esquerda para a direita)

 

 

A professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc - Mestrado e Doutorado (PPGEdu), Cheron Zanini Moretti, esteve no México para participar do lançamento do livro Pesquisa-Educação: mediações para a transformação social e de outras atividades de pesquisa junto à Universidad Nacional Autónoma de México (Unam).

De acordo com a docente, em virtude do pós-doutoramento do professor da Unisinos, Telmo Adams, um dos integrantes do GP também coordenado por ela e reconhecido pelo CNPq, intitulado Educação Popular, Metodologias Participativas e Estudos Descoloniais, participou como professora convidada, no dia 18 de abril, na Facultad de Filosofía y Letras da Unam, do seminário Investigación, educación y mediaciones pedagógicas. Emancipación, pedagogía de la liberación y (des)colonización del pensamento, com o painel Investigación, educación y mediaciones pedagógicas: experiencias, sujetos y saberes.

Já no dia 19 de abril, foi lançado o livro Pesquisa-Educação: mediações para a transformação social, com a presença de dois dos três organizadores (Cheron Moretti e Telmo Adams). A obra conta com a participação da coordenadora do Programa Alternativas Pedagógicas y Prospectivas Educativas en América Latina (APPeA-UNAM), por meio do capítulo Educação, alteridade e mediação pedagógica: limites e perspectivas do conhecimento, de Marcela Gómez Sollano. O encontro teve os comentários da professora Ana Laura Gallardo (Salgari-IISUE/UNAM) e a moderação da professora Martha Corenstein (APPEAL/FFYL-UNAM), ambas integrantes do Grupo APPeAL-México.

A última atividade foi a conferência Pedagogía hoy: investigación, mediaciones culturales yeducación, realizada na Universidad Pedagógica Nacional, em Puebla, no dia 21 de abril.

*Publicado por Josemar Santos


 

Exibição do Filme "Visages Villages" - Grupo de Estudos Poéticos e LinCE

 

 

 


 

A Poesia encontra a UNISC e a Escola Willy Carlos Frölich 

 

 


 
Aula Inaugural do PPGEdu: "Internacionalização na Pós-Graduação Stricto Sensu"

 


Foto: Divulgação

Rafael (E), com estudantes chilenas e brasileiro na Escola Alberto Hurtado (Mostazal)

 

O doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc - Mestrado e Doutorado (PPGEdu), Rafael de Brito Vianna, esteve no Chile, de 22 de setembro a 2 de outubro, acompanhando a delegação brasileira no intercâmbio internacional estudantil Brasil-Chile, um projeto que existe há 20 anos. A viagem esteve vinculada ao seu projeto de tese, orientado pelo professor Éder da Silva Silveira, sob o tema Experiências e narrativas juvenis sobre escola e justiça social no contexto de políticas neoliberais na América Latina (Brasil/Chile).

Durante a estadia no Chile, o doutorando do PPGEdu da Unisc conheceu escolas, professores e alunos de Ensino Médio, coletou documentos sobre reformas curriculares e programas educacionais e ministrou uma palestra no Seminário de Educação da rede municipal da cidade de São Francisco de Mostaszal, onde abordou suas intenções de pesquisa. “A exploração do campo de pesquisa através de sua integração com os alunos intercambistas também permitiu conhecer aspectos da cultura e da sociedade chilena, o que permitirá redimensionar minha pesquisa”, salientou Rafael.

 

*Publicado por Josemar Santos

 

PPGEdu participa da 38ª Reunião Nacional da ANPEd

Foto: Divulgação

 

O aluno egresso e o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) – Mestrado e Doutorado, da Unisc, Waldy Luiz Lau Filho e Cláudio José de Oliveira, respectivamente, participaram da 38ª Reunião Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), realizada entre os dias 1º e 5 de outubro, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em São Luís (MA).

No evento, Waldy apresentou trabalho no GT13 - Educação Fundamental, intitulado AWOP-BOP-A-LOO-WOP-ALOP-BAMBOOM: encontros entre história e rock’n roll no Ensino Médio, resultado de sua dissertação de Mestrado defendida em fevereiro de 2017. Também representando o PPGEdu/Unisc, o professor Cláudio participou das reuniões do Fórum Nacional de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Educação (Forpred).

Ainda durante a ANPEd, no dia 2 de outubro, no estande da Appris Editora, ocorreu o lançamento do livro Pesquisa-Educação: mediações para a transformação social, organizado pela professora do PPGEdu da Unisc, Cheron Zanini Moretti, juntamente com os professores Telmo Adams e Danilo Romeu Streck, da Unisinos. O livro, além de conter artigos relacionados com as mediações pedagógicas, marca uma memória do Grupo de Pesquisa Mediações Pedagógicas e Cidadania, coordenado pelo professor Danilo.

 

*Publicado por Felipe Nopes

 

 


"Pedagogia Descolonial" é tema de capítulo de livro publicado por professora da UNISC

A Professora do PPGEdu da UNISC, Cheron Zanini Moretti, desenvolveu um capítulo em co-autoria com os professores Danilo R. Streck e Telmo Adams, da UNISINOS, sobre o tema “UMA PEDAGOGIA COSMOPOLITA DESCOLONIAL: utopia e emancipação”.  A obra desenvolvida faz parte do livro ‘Pensamento latino-americano e justiça social: perspectivas críticas’ de autoria de César Augusto Costa, Professor do Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade Católica de Pelotas (PPGPS/UCPel).

Para Moretti, "participar dessa obra tem significado especial, não apenas por podermos apresentar a educação como um indicador de justiça social, mas por colaborarmos com os estudos de pós-doutoramento do professor César Augusto Costa, um pesquisador engajado e que se (pre)ocupa com as temáticas latino-americanas. Também, foi mais uma oportunidade de, junto com Telmo e Danilo, colegas de trabalho e de Grupo de Pesquisa, darmos continuidade às nossas discussões sobre uma pedagogia autêntica à nossa realidade que ao mesmo tempo se faz tanto cosmopolita quanto descolonial. Assim, seguimos os "rastros" dos educadores de nossa América, Simón Rodríguez e de José Martí".

O livro que foi lançado no dia 21 de setembro, reúne artigos de pesquisadores de universidades como Católica de Pelotas (UCPel), Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Federal de Rio Grande (Furg), Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). 


PPGEdu participa do XXII SIEduca

 

Os alunos Fátima Rosane Silveira Souza, Janaina Guimarães, Maria Cristina Rigão Iop, Marluce Flores e Nilton César Rodrigues Menezes do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, participaram do SIEduca - XXII Seminário Internacional de Educação – “Olhar de Educador...”, na ULBRA/Cachoeira do Sul/RS, entre os dias 23 e 25 de agosto de 2017.

 

No evento foram apresentados os seguintes trabalhos:
O Tempo e a Escola - Maria Cristina Rigão Iop e Fátima Rosane Silveira Souza

Ensino Superior: A docência frente aos desafios e inovações na educação - Janaina Guimarães e Nilton César Rodrigues Menezes

Pensamento Complexo e transdisciplinaridade: A articulação dos saberes - Marluce Flores e Nilton César Rodrigues Menezes

 

Revista Reflexão e Ação  publica Edição Nº 02/2017

A Reflexão e Ação – Revista do Departamento do Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação, Mestrado e Doutorado da UNISC, apresenta na edição nº 2 (maio-agosto) de 2017 um dossiê temático sobre os 20 anos de presença/ausência: contribuições para desafios atuais da educação de Paulo Freire.

A proposta dos organizadores, no ano que marca 20 anos de presença/ausência do patrono da educação brasileira, foi reunir artigos cujas ênfases tanto estivessem em temas específicos (currículo, gestão, teoria-metodologia, entre outros) quanto nos processos de recriação crítica da obra de Paulo Freire. Além disso, convocar a comunidade acadêmica a refletir sobre as contribuições desse educador “para desafios atuais enfrentados na educação, após vinte anos de sua ausência, embora com forte presença, dado o seu legado, visando adensar, criticamente, o pensar e o fazer pedagógico contemporâneos”.

Acesse a página da revista em :  https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/issue/view/442 e boa leitura!

Equipe Editorial Revista "Refexão e Ação".

 


 

 
 
 

 

20/07/2017 às 09h 23min

FORMAÇÃO GRATUITA PARA PROFESSORES DAS REDES

Qualificar os professores para que possam oferecer uma educação de qualidade aos alunos da Educação Básica das redes municipal, estadual e particular de ensino, configura-se como uma das metas da disciplina “Pesquisa e Educação Básica”. A disciplina integra a grade curricular do curso de Doutorado em Educação da UNISC e busca fortalecer saberes e relações docentes com uma atuação mais próxima entre Universidade - Escola.

Além da formação continuada, envolvendo aspectos teórico-práticos, o objetivo da disciplina é estudar e realizar produções teóricas e didáticas em parceria com professores das redes de Educação Básica. Segundo o professor da disciplina, Dr. Felipe Gustsack, esse conjunto de ações de formação continuada, oferecidas gratuitamente aos professores da Educação Básica, reforçam os compromissos e a missão da UNISC, enquanto Instituição de Ensino Superior de caráter público não estatal. “Pensamos e estamos realizando essa disciplina como maneira de manter e aprofundar as relações pedagógicas da pesquisa em Educação, realizada ao nível do stricto sensu, com a comunidade em geral. Desde um ponto de vista financeiro e estrutural, devolvemos àqueles que nos mantêm um pouco da qualidade do trabalho que aqui realizamos e que nos diferencia como pesquisadores formadores. Quanto aos aspectos pedagógico-educacionais cabe destacar que esse tipo de (rel)ações cumpre o que alguns documentos da área definem como ‘homologia de processos’ ou princípio formativo da ‘ação-reflexão-ação’. Isto é, uma experiência de aprendizagem coletiva que é um caminho de mão dupla, na qual não apenas levamos aos professores das escolas informações sobre os conhecimentos aqui produzidos e organizados, mas que esses professores e seus saberes também nos enriquecem e colaboram para que tais produções resultem na qualidade da educação que todos buscamos”.

As ações registradas na UNISC como projeto de extensão em uma articulação do PPGEdu com o Núcleo de Educação Básica - NEB, atendem as necessidades de formação continuada dos professores de diferentes instituições de ensino. Estas ações estão sendo desenvolvidas no Estado do Rio Grande do Sul nos municípios de: Santa Maria, através da parceria com a Prefeitura Municipal, Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre Nóbrega e Escola de Ensino Fundamental Nossa Senhora da Providência; em Estância Velha através da parceria com a Escola Estadual de Ensino Fundamental Itaúba; e em Santa Cruz do Sul em parceria com a escola Escola Municipal de Ensino Fundamental Luiz Schroeder e Escola Municipal de Ensino Fundamental Menino Deus. No Estado do Maranhão, o diálogo acontece com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - Campus Imperatriz (IFMA).

Para o próximo ano, a perspectiva é de que sejam realizadas onze novas ações como estas a partir de projetos vinculados às pesquisas dos novos doutorandos. Destaca-se desta forma, as ações do Programa de Pós-Graduação em Educação com abrangência no cenário local regional, estadual e nacional.

 

AÇÕES EM ANDAMENTO

Doutoranda: Fátima Rosane Silveira Souza

Título do Projeto: “Ñe’é porã – as belas palavras que impulsionam as relações interculturais na escola”.

Escola Participante: Escola Estadual de Ensino Fundamental Itaúba

 

Doutoranda: Maria Cristina Rigão Iop

Título do Projeto: “Formação de Professores na Escola: compreender a complexidade para articular teoria e prática”.

Escola Participante: Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre Nóbrega e Escola de Ensino Fundamental Nossa Senhora da Providência, de Santa Maria.

 

Doutorandas: Andreza Estevam Noronha e Marisa Fernanda da Silva Bueno

Título do Projeto: “Ética da alteridade e preconceito na escola”.

Escola Participante: Escola Municipal de Ensino Fundamental Menino Deus

 

Doutoranda: Hosannah Marcia Alves Bandeira

Título do Projeto:   Emoções e relações na escola de educação básica.

Escola Participante: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - Campus Imperatriz (IFMA)

Doutorando: Nilton Cézar Rodrigues Menezes

Título do Projeto: “Interioridade de mundo” - Aprender a pensar como o essencial do ensinar”.

Escola Participante: Escola Municipal de Ensino Fundamental Luiz Schroeder

 
 
 
05/07/2017 às 09h 31min

Professoras do PPGEDu participam de conferência internacional na Colômbia

Cheron Zanini Moretti e Ana Luisa Teixeira de Menezes

As professoras do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisc - Mestrado e Doutorado (PPGEDu), Ana Luisa Teixeira de Menezes e Cheron Zanini Moretti, participaram, de 12 a 16 de junho, da 5ª Conferencia de la Red de Investigación Acción de las Américas (Arna), realizada na Universidad Nacional de Colombia, em Cartagena de Indias (Colômbia).

Na oportunidade, as docentes da Unisc apresentaram as pesquisas desenvolvidas junto ao PPGEDu, enfatizando a relação da Unisc, enquanto Universidade comunitária, na construção com os povos indígenas Guarani e do Campo, discutindo as implicações das epistemologias ameríndias e populares na relação com o ensino, com a pesquisa e com a extensão na Unisc.

A Conferência teve, entre outros objetivos, compartilhar os resultados das abordagens participativas de pesquisa em todo o mundo, refletindo um compromisso de construção de sociedades mais justas e democráticas, de empoderamento e dignidade dos indivíduos e comunidades humanas, de proteção do planeta e de promoção de uma vida sustentável para toda a humanidade.

*Publicado por Josemar Santos

29/06/2017 às 09h 03min

Docente do PPGEdu realiza estágio em Portugal

Divulgação

 Professora Nize Pellanda (à esquerda)
Professora Nize Pellanda (à esquerda)

Por meio de convênio firmado entre a Unisc e a Universidade do Minho (UMinho), de Portugal, a professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) – Mestrado e Doutorado, Nize Maria Campos Pellanda, está realizando estágio sênior na instituição portuguesa, iniciado no dia 3 de abril e com término previsto para esta sexta-feira, 30 de junho. Na UMinho, localizada na cidade de Braga, a docente desenvolve pesquisa relacionada ao projeto de sua autoria, intitulado Na ponta dos dedos: o iPad como instrumento complexo de construção de cognição/subjetivação.

Em Portugal, Nize tem se envolvido em várias atividades. Entre elas, participou de diversos eventos, tanto na UMinho quanto em outras instituições; fez contato com pessoas estratégicas de agências financiadoras europeias, dispostas a ajudar a Unisc nos processos de captação de recursos; e ministrou duas aulas na disciplina de Epistemologia das Ciências, no curso de Licenciatura em Educação, na UMinho. “São muitas as oportunidades de auxilio e de parcerias na Europa. Temos que nos mobilizar para buscá-los. O  mote deles é: ‘Você tem uma idéia? Você pode nos pedir para sermos parceiros’”, conta.

A docente também integra o grupo de trabalho UMinho/Unisc, coordenado pela professora Lia Oliveira, para a elaboração de um projeto de plataforma digital para autistas, objetivo principal da sua estada em Portugal. “Acreditamos firmemente que estamos num caminho de inovação na abordagem dos Transtornos do Espectro Autista (TEA), pois fizemos um cuidadoso levantamento da literatura existente sobre o tema”, revela Nize.

No início de junho, a professora participou da apresentação do Centro de Inovação e Desenvolvimento do Ensino e da Aprendizagem da UMinho, que visa apoiar os docentes na promoção da aprendizagem dos estudantes e, em interação com a academia, estimular a inovação nas práticas de ensino e de aprendizagem nos seus múltiplos contextos, dentro e fora da sala de aula.

Nize também esteve presente no curso Como aprendemos e como podemos ajudar a aprender: uma abordagem muito prática para professores, realizado na Escola de Medicina da UMinho. “Quatro docentes explicaram de que modo podemos utilizar o conhecimento das neurociências para promover a aprendizagem e o raciocínio dos alunos”, aponta.

*Publicado por Felipe Nopes

19/06/2017 às 16h 33min

PPGEdu participa do 7º SBECE

 

Os alunos Andreza Estevam Noronha, Carina Kirst, Carlos Augusto Ferreira Kopp, Daiane Kipper, Douglas Luis Weber, Marisa Fernanda da Silva Bueno, Patricia Krieger de Oliveira e Rita de Cassia Quadros da Rosa, juntamente com o professor Camilo Darsie de Souza do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, participaram do 7º Seminário Brasileiro de Estudos Culturais em Educação - SBECE e 4º Seminário Internacional de Estudos Culturais em Educação - SIECE - “Políticas do ressentimento, do medo e da raiva: reverberações na educação”, na ULBRA/Canoas/RS, entre os dias 12 e 14 de junho de 2017.

No evento foram apresentados os seguintes trabalhos:
Título: A produção da mulher ideal no filme "Her": questões sobre gênero e educação nos cinemas

Autores: Rita de Cassia Quadros da Rosa, Douglas Luis Weber e Camilo Darsie de Souza


Título: O tempo, a hipermodernidade e a escola

Autores: Andreza Estevam Noronha e Marisa Fernanda da Silva Bueno

Título: Os discursos da saúde sobre suicídio e a produção do sujeito refugiado

Autores: Andreza Estevam Noronha, Douglas Luis Weber e Camilo Darsie de Souza

Título: A inclusão/exclusão de alunos surdos nos espaços físicos da Escola de Ensino Médio Nossa Senhora do Rosário

Autor: Daiane Kipper


Título: Revista do ensino e o projeto de medicalização da educação (1939-1942)

Autor: Carlos Augusto Kopp

 
14/06/2017 às 16h 27min

Doutoranda em Educação ministra aulas em Portugal

Divulgação

No mês de maio, a aluna do Doutorado em Educação da Unisc, Maria Cristina Rigão Iop, juntamente com a professora Nize Pellanda, ministrou duas aulas na disciplina de Epistemologia das Ciências, no curso de Licenciatura em Educação, na Universidade do Minho (UMinho), em Portugal. A experiência buscou refletir sobre o paradigma da complexidade e foi muito bem aceita pelos estudantes portugueses. “Isso foi demonstrado por meio dos relatos escritos por eles nas narrativas finais”, aponta Maria Cristina.

Além disso, a doutoranda participou do Bringing Life Into the Classroom (Blic), no dia 4 de maio, e da 10ª Conferência Internacional de TIC na Educação – Challenges 2017 (Clic), que ocorreu de 8 a 10 de maio, ambos na UMinho; assistiu a alguns encontros do grupo de trabalho Unisc/UMinho, ao qual a professora Nize está inserida; e acompanhou os debates sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e as evoluções na elaboração da plataforma digital e da escrita do grupo.

“Também fiz tratativas específicas com a professora Lia Oliveira, visando um aporte teórico na área da tecnologia quanto à minha tese de doutorado. A mesma demostrou interesse e permaneceremos em contato. Com o suporte do meu orientador, professor Felipe Gustsack, vamos aprofundar esta ligação”, revela.

Segundo Maria Cristina, a vivência em uma universidade europeia foi enriquecedora. “Aprendi muito. Conheci inúmeras pessoas e vivenciei experiências diferenciadas, que contribuíram para que eu repensasse meus estudos e minha prática educativa. Com certeza, a partir daqui novos caminhos surgirão”, afirma.

*Publicado por Felipe Nopes 

 

 

24/05/2017 às 13h 30min

25ª Edição da Revista Textual publica artigo de Professores do PPGEdu / UNISC

A 25ª Edição da Revista Textual traz como capa o debate sobre a necessidade de abordar as questões de gênero, sexualidade e heterenormatividade na escola. O artigo do professor Fernando Seffner, doutor em Educação e professor do programa de pós-graduação da Ufrgs, intitulado Tem nexo não falar de sexo na escola?, aborda o tema a partir da crítica às supressões dos conteúdos relativos a gênero e sexualidade, tanto do Plano Nacional de Educação, quanto dos planos municipais. 

Nesta mesma edição, na Editoria Dinâmica do meio educacional a revista traz também o artigo Ensino médio para quem? de autoria dos professores do Mestrado e Doutorado em Educação da UNISC, Éder Silva Silveira e Cheron Zanini Moretti.

Nesta quarta-feira, 24 de maio, às 18h30min, haverá a apresentação da 25ª edição da Revista Textual na UNISC, que será realizada na sala dos professores do campus, em Santa Cruz do Sul.

A Revista Textual é uma publicação do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul - Sinpro/RS. Ficou interessado? Para ler online ou fazer o download dos textos de forma individual acesse http://www.sinprors.org.br/textual/


16/05/2017 às 17h 30min

Docentes do PPGEdu participam de evento no Peru

 

Os professores do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) – Mestrado e Doutorado da Unisc, Cheron Zanini Moretti e Moacir Fernando Viegas, participaram do 35º Congresso Internacional da Associação de Estudos Latino-Americanos (Lasa) – Diálogos de Saberes, realizado entre 29 de abril e 1º de maio, na Pontifícia Universidade Católica do Peru (PUCP), em Lima (Peru).

Durante o congresso, a professora Cheron integrou o painel Diálogos de saberes y el curriculum formal: políticas y prácticas, no qual apresentou o trabalho intitulado Mediações educativas e pensamento descolonial crítico: a construção de outra racionalidade, em coautoria com o professor da Unisinos, Telmo Adams. Já Viegas apresentou o trabalho Produção de saberes do cuidado: questões de classe e gênero num hospital do RS. Os professores-pesquisadores do PPGEdu estão associados à seção de estudos sobre Educação e Políticas Educativas na América Latina.

A Lasa é uma associação formada por pesquisadores e instituições que se dedicam ao estudo da América Latina, em todo o mundo. Seu congresso, do qual participam em torno de 4.000 pesquisadores, ocorre anualmente.

*Publicado por Felipe Nopes

 

15/05/2017 às 15h 45min

Professor do PPGEdu participa de evento na Unicamp

O professor Éder da Silva Silveira, do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, da UNISC, proferiu palestra intitulada A R(D)eforma do Ensino Médio, em 24 de abril de 2017, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano – Campus Rio Verde/GO. A ação fez parte de um projeto do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE), coordenado pelas professoras Patrícia Nunes e Rosenilde Paniago, e teve a intenção de oportunizar o debate de questões vinculadas ao futuro campo de atuação profissional dos licenciandos. Entre 3 e 6 de maio, o professor participou de um Seminário Internacional na Unicamp, em São Paulo.

18/04/2017 às 11h 45min

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA ALUNO ESPECIAL - MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC, está com suas inscrições abertas até 28 de abril de 2017, para os interessados em cursar disciplina na modalidade ALUNO ESPECIAL.

Para realizar a inscrição é necessário preenchimento do Requerimento de Matrícula – Aluno Especial (documento também disponível no site do Programa, em aluno especial), acompanhado das cópias dos seguintes documentos. Mestrado: cópia do RG, CPF, histórico escolar e diploma da graduação, além do curriculum vitae. Doutorado: cópia do RG, CPF, histórico escolar e diploma da graduação e do Mestrado, curriculum vitae, além do resumo da dissertação.

Os interessados devem enviar a documentação para a Secretaria do Programa, Bloco 10 - 2º piso, do Campus Central da Universidade. O processo de inscrição inclui apreciação do pedido por parte da Coordenação do Curso. O candidato será contatado pela Secretaria do Programa para comparecer na Universidade afim de efetivar a matrícula.

É possível cursar até três disciplinas como aluno especial. Concluída a disciplina, o aluno, em caso de aprovação, recebe o respectivo atestado. Este documento permitirá o pedido de aproveitamento da disciplina cursada, caso venha a tornar-se aluno regular do Programa por meio de processo seletivo.

No segundo trimestre de 2017 as disciplinas a serem ofertadas são:

OBRIGATÓRIAS DAS LINHAS DE PESQUISA

6ª Manhã - Educação e Produção de Sujeitos – Prof. Mozart Linhares da Silva

5ª Noite - Pesquisa e Aprendizagem na Educação  - Prof. Felipe Gustsack e Profa. Sandra Richter

6ª Tarde - Pesquisa em Educação, Trabalho e Emancipação – Profa. Cheron Zanini Moretti

OPTATIVAS DAS LINHAS DE PESQUISA

6ª Manhã - Educação: corpo, vivência e espiritualidade – Profa. Ana Luisa Teixeira de Menezes

5ª Manhã - Educação, Emancipação e Memória social – Prof. Éder da Silva Silveira

6ª Tarde - Políticas Públicas, Biopolítica e Educação – Profa. Betina Hillesheim

O Requerimento de matrícula - aluno especial pode ser preenchido e enviado pelo correio (via sedex) juntamente com a documentação acima descrita com data de postagem até 26/04/2017.  As aulas do 2º trimestre iniciam no dia 11 de maio de 2017. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3717-7543 ou e-mail: ppgedu@unisc.br

 

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira
Manhã: 7:30 – 11:30
Tarde: 13:00 – 17:00

Endereço:
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO – MESTRADO E DOUTORADO/UNISC
AV. INDEPENDÊNCIA, 2293 - BLOCO 10 – 2º piso
BAIRRO UNIVERSITÁRIO
CEP: 96815-900 - SANTA CRUZ DO SUL/RS

 

13/04/2017 às 17h 07min

EDITAL DE SELEÇÃO PNPD/CAPES - PPGEDU/UNISC

O Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade de Santa Cruz do Sul, divulga o EDITAL PNPD/CAPES - PPGEdu/UNISC para o processo de seleção de um bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado PNPD/CAPES, conforme instituído pela Portaria da CAPES Nº 86, de 3 de julho de 2013.

O período de inscrição é de 13 a 24 de abril de 2017.

Mais informações em www.unisc.br/ppgedu

 
12/04/2017 às 08h 35min

Defesa De Dissertação – Débora Paz Menezes

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC convida para a banca de DEFESA DE DISSERTAÇÃO: 

20 de abril às 14 horas – Bloco 10, sala 1001

Tema: “Fenômeno da Leitura: dimensão educativa das histórias em quadrinhos”

Mestranda: Débora Paz Menezes

Banca Examinadora:

Dra. Nádia Senna (UFPel)

Dr. Felipe Gustsack (UNISC)

Dra. Sandra Regina Simonis Richter (orientadora/UNISC)

 

04/04/2017 às 15h 53min

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC convida para a banca de DEFESA DE DISSERTAÇÃO:

17 de abril às 14 horas – Bloco 10, sala 1001

Tema: “Trabalho docente com tecnologias digitais no ensino médio técnico integrado à educação básica no PROEJA”

Mestrando: Alecson Milton Almeida dos Santos

Banca Examinadora:

Dr. Evandro Alves (UFRGS)

Dr. Éder da Silva Silveira (UNISC)

Dr. Moacir Fernando Viegas (orientador/UNISC).

 
 
27/03/2017 às 16h 53min

RODA DE CONVERSA

 

27/03/2017 às 16h 53min

1) DEFESA DE DISSERTAÇÃO – MARÇO/2017

27 de março às 09 horas – Bloco 10, sala 1003

Tema: “Coraçonar como linguagem musical no processo educativo de simbolização de jovens nas aprendizagens comunitárias”.

Mestrando: Leandro Ramos de Oliveira

 

Banca Examinadora:

Dr. Walter Fonseca Boechat (UERJ)

Dr. Felipe Gustsack (UNISC)

Dra. Ana Luisa Teixeira de Menezes (orientadora/UNISC).

 

*******************************************************************************

 

31 de março às 14 horas – Bloco 10, sala 1001

Tema: Juventude em conflito com a lei e os discursos sobre redução da maioridade penal: uma cartografia”

Mestranda: Patrícia Krieger de Oliveira

 

Banca Examinadora:

Dra. Fernanda Spanier Amador (UFRGS)

Dr. Mozart Linhares da Silva (UNISC)

Dra. Betina Hillesheim (orientadora/UNISC).

 

09/02/2017 às 14h 27min

RODA DE CONVERSA

 
09/02/2017 às 14h 27min

DEFESAS DE DISSERTAÇÃO – FEVEREIRO/2017

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC convida para as bancas de DEFESA DE DISSERTAÇÃO: 

 

15 de fevereiro às 08 horas – Bloco 53, sala 5338

Tema: “AWOP-BOP-A-LOO-WOP-ALOP-BAMBOOM: encontros entre história e rock n’roll no ensino médio”

Mestrando: Waldy Luiz Lau Filho

 

Banca Examinadora:

Dr. Jorge Luiz da Cunha (UFSM)

Dr. Mozart Linhares da Silva (UNISC)

Dra. Ieda de Camargo (UNISC)

Dra. Nize Maria Campos Pellanda (orientadora/UNISC)

 

***********************************************************************************

 

17 de fevereiro às 09h30min – Bloco 53, sala 5338

Tema: “Complexidade e Fenomenologia na Pesquisa em Educação: a emergência de uma docência poética”

Mestranda: Stéla Piccin

 

Banca Examinadora:

Dra. Beatriz Fabiana Olarieta (UERJ)

Dra. Sandra Regina Simonis Richter (UNISC)

Dr. Felipe Gustsack (Orientador/ UNISC)

 

***********************************************************************************

17 de fevereiro às 14 horas – Bloco 53, sala 5338

Tema: “Experiências de Escrita na Educação Superior: emoções e domínios de ações no linguajar dos estudantes”

Mestranda: Ana Cristina do Amaral Lovato

 

Banca Examinadora:

Dra. Dóris Maria Luzzardi Fiss (UFRGS)

Dra. Sandra Regina Simoni Richter (UNISC)

Dr. Felipe Gustsack (Orientador/UNISC)

 

***********************************************************************************

 

22 de fevereiro às 09 horas – Bloco 53, sala 5331

Tema: “Mediações Pedagógicas no Trabalho de Educadoras Sociais nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), em um Município da Região Metropolitana de Porto Alegre”

Mestrando: Elton Luis da Silva Petry

 

Banca Examinadora:

Dr. Telmo Adams (UNISINOS)

Ms. Antonio Villarruel Oviedo (professor convidado - UAM)

Dr. Moacir Fernando Viegas (UNISC)

Dra. Cheron Zanini Moretti (Orientadora/UNISC)

 

***********************************************************************************

22 de fevereiro às 14 horas – Bloco 53, sala 5338

Tema: “Perspectivismo, Corazonar e Estar: educação e sabedorias xamânicas no Santo Daime”

Mestranda: Ana Paula Kahmann

 

Banca examinadora:

Dr. Marcos Villela Pereira (PUC/RS)

Dra. Maria Betânia Barbosa Albuquerque (UEPA)

Dra. Ana Luisa Teixeira de Menezes (UNISC)

Dra. Cheron Zanini Moretti (UNISC)

Dr. Éder da Silva Silveira (Orientador/UNISC)

 

 

18/01/2017 às 17h 30min

Roda de Conversa

 

VAGAS LIMITADAS – INSCRIÇÕES ATÉ 14/02/2017

 

              INSCREVA-SE EM  https://goo.gl/3GZtsB

 

 

09/01/2017 às 10h 00min

Defesa de Dissertação: Aline Beatris Fischer

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC convida para a banca de DEFESA DE DISSERTAÇÃO: 
09 de janeiro às 14 horas – Bloco 53, sala 5339
Tema: “Conhecimento-regulação e conhecimento-emancipação: um estudo de caso sobre as concepções epistemológicas do/a professor/a de física em formação”
Mestranda: Aline Beatris Fischer

Banca Examinadora:
Dra. Maria Isabel da Cunha (UNISINOS)
Dr. Éder da Silva Silveira (UNISC)
Dra. Cheron Zanini Moretti (orientadora/UNISC)
06/01/2017 às 10h 05min

 

Mestrado em Educação – inscrições abertas seleção complementar 2017

O Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC está com as inscrições abertas até 02 de fevereiro para a seleção complementar do curso de Mestrado

As inscrições podem ser feitas pelo site www.unisc.br/ppgedu onde está disponível o Edital de Seleção com  informações sobre o curso, linhas de pesquisa, estrutura curricular, bibliografia recomendada, documentação necessária para inscrição, entre outras. O candidato pode ainda, efetuar sua inscrição presencialmente na Central de Atendimento (endereço abaixo). 

Mais Informações podem ser obtidas em: ppgedu@unisc.br  / (51) 3717-7543. 

Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC
Central de Atendimento 
Avenida Independência, 2293 - Bloco 5, Sala 513.
Santa Cruz do Sul - RS
CEP: 96815-900
Horário de atendimento da Central: de 2ª a 6ª, das 8h às 12h e das 13h30 às 18 horas.

 

03/01/2017 às 17h 05min

Revista Reflexão & Ação torna pública a chamada de artigos

Dossiê Temático: Paulo Freire, 20 anos de presença/ausência: contribuições para desafios atuais da educação

Prazo para submissão: 05 de fevereiro de 2017.

Organizadores: Sandro de Castro Pitano (Universidade Federal de Pelotas) e Alexandre Saul (UNISANTOS)

A revista Reflexão e Ação torna pública a chamada de artigos para o dossiê temático Paulo Freire, 20 anos de presença/ausência: contribuições para desafios atuais da educação, organizado pelos professores Sandro de Castro Pitano (UFPel) e Alexandre Saul (UNISANTOS). A publicação está prevista para o n.2, maio-agosto de 2017.
No dossiê Paulo Freire, 20 anos de presença/ausência: contribuições para desafios atuais da educação, pretende-se reunir artigos de pesquisadores e estudiosos do pensamento freireano com ênfase nos temas: gestão democrática, formação de educadores, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e currículo. O pensamento e a produção de Paulo Freire tem sido objeto de investigação de vários campos disciplinares e seu vigor inesgotável, notadamente nos estudos em educação, ensejam o aglutinamento de investigações, em processos de recriação crítica de sua obra, em um horizonte de justiça social. A proposta visa propiciar a articulação analítica dos quatro eixos centrais que nortearam a política educacional de Paulo Freire como gestor público, em ensaios, pesquisas e relatos de experiências que permitam compreender o momento presente e projetar o futuro. Objetiva-se refletir sobre as contribuições de Paulo Freire para desafios atuais enfrentados na educação, após vinte anos de sua ausência, embora com forte presença, dado o seu legado, visando adensar, criticamente, o pensar e o fazer pedagógico contemporâneos. Acreditando na necessidade de ampliar o debate sobre o tema, a Revista Reflexão e Ação convida à chamada de artigos para o dossiê sobre Paulo Freire proporcionando, aos pesquisadores, a oportunidade de exporem suas investigações, colaborando para a reflexão e a compreensão de temas importantes da educação em nosso contexto histórico.

O artigo deverá ser submetido na página da revista.

As normas para formatação do artigo se encontram no sítio da revista, na opção Diretrizes para autores. Acesse: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/index

Mais informações pelo e-mail: reflexeditores@yahoo.com.br

Desde já, agradecemos pela atenção!

Equipe Editorial.
Revista Reflexão & Ação

02/01/2017 às 09h 52min

Revista Reflexão e Ação publica Edição Especial - vol. 25, n. 1, ano de 2017

É com grande satisfação que anunciamos o lançamento da Edição Especial - vol. 25, n. 1, ano de 2017.

Acesse a página da revista https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/issue/view/379/showToc e tenha uma boa leitura!

 

Dra. Cheron Zanini Moretti
Dr. Moacir Fernando Viegas
Editores

Milena Stülp da Silva
Bolsista Editora de Layout 

 

24/11/2016 às 17h 10min

PPGEdu convida para Roda de Conversa dia 25/11

 
11/11/2016 às 15h 10min

EDITAL PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD/CAPES)

O Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade de Santa Cruz do Sul, divulga o EDITAL PNPD/CAPES – PPGEdu/UNISC para o processo de seleção de um bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado PNPD/CAPES, conforme instituído pela Portaria da CAPES Nº 86, de 3 de julho de 2013.

O período de inscrição é de 11 a 28 de novembro de 2016.

Acesse aqui o EDITAL.

 

07/11/2016 às 10h 10min

Alunas do PPG em Educação participam de evento na Unicamp

As alunas Andreza Estevam Noronha, Carolina Assmann, Carina Kirst, Marisa Fernanda da Silva Bueno, Patricia Krieger de Oliveira e Rita de Cassia Quadros da Rosa, do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, participaram do 10º Colóquio Internacional Michel Foucault, no IFCH/Unicamp, em São Paulo (SP), entre os dias 24 e 27 de outubro de 2016.

O 10º Colóquio Internacional Michel Foucault - “É inútil revoltar-se? Foucault e as insurreições”, teve por objetivo reunir intelectuais e pesquisadores de diversos países e universidades para apresentar seus trabalhos e discutir suas reflexões sobre esse conhecido filósofo.

 
ppedu1 
 
 
07/11/2016 às 10h 10min

PPGEdu participa do 8º Colóquio Internacional de Filosofia e Educação na UERJ

A professora Sandra Richter e a egressa Beatran Hinterholz, do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, da Unisc, participaram do 8º Colóquio Internacional de Filosofia e Educação - Mundos que se tecem entre "nosotros": o ato de educar em uma língua ainda por ser escrita, realizado no período de 3 a 7 de outubro de 2016, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O evento foi organizado pelo Núcleo de Estudos de Filosofias e Infâncias (Nefi), do PPG em Educação da UERJ.

Durante o colóquio, Sandra e Beatran apresentaram o trabalho intitulado Devaneios voltados para uma infância com o barro.

 
ppedu2
 
 
09/09/2016 às 11h 42min

Resultado Edital Simplificado PNPD/CAPES - PPGEdu/UNISC

Programa Nacional de Pós-Doutorado - PNPD/CAPES

Portaria Nº 086 de 03/07/13

RESULTADO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS À BOLSA DE PÓS-DOUTORAMENTO PELO PNPD/CAPES, PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL – UNISC:

- PAULA DEPORTE DE ANDRADE

* Conforme descrito no edital, o bolsista selecionado deve apresentar a documentação necessária para a implementação da bolsa no dia 14/09/2016.

 
23/08/2016 às 08h 39min

Revista Reflexão e Ação recebe artigos

 

PAULO FREIRE, 20 ANOS DE PRESENÇA/AUSÊNCIA: CONTRIBUIÇÕES PARA DESAFIOS ATUAIS DA EDUCAÇÃO

A revista Reflexão e Ação torna pública a chamada de artigos para o dossiê temático Paulo Freire, 20 anos de presença/ausência: contribuições para desafios atuais da educação, organizado pelos professores Sandro de Castro Pitano (UFPel) e Alexandre Saul (PUC-SP). A publicação está prevista para o n.2, maio-agosto de 2017.
No dossiê Paulo Freire, 20 anos de presença/ausência: contribuições para desafios atuais da educação, pretende-se reunir artigos de pesquisadores e estudiosos do pensamento freireano com ênfase nos temas: gestão democrática, formação de educadores, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e currículo. O pensamento e a produção de Paulo Freire tem sido objeto de investigação de vários campos disciplinares e seu vigor inesgotável, notadamente nos estudos em educação, ensejam o aglutinamento de investigações, em processos de recriação crítica de sua obra, em um horizonte de justiça social. A proposta visa propiciar a articulação analítica dos quatro eixos centrais que nortearam a política educacional de Paulo Freire como gestor público, em ensaios, pesquisas e relatos de experiências que permitam compreender o momento presente e projetar o futuro. Objetiva-se refletir sobre as contribuições de Paulo Freire para desafios atuais enfrentados na educação, após vinte anos de sua ausência, embora com forte presença, dado o seu legado, visando adensar, criticamente, o pensar e o fazer pedagógico contemporâneos. Acreditando na necessidade de ampliar o debate sobre o tema, a Revista Reflexão e Ação convida à chamada de artigos para o dossiê sobre Paulo Freire proporcionando, aos pesquisadores, a oportunidade de exporem suas investigações, colaborando para a reflexão e a compreensão de temas importantes da educação em nosso contexto histórico.

Organizadores: Sandro de Castro Pitano (Universidade Federal de Pelotas) e Alexandre Saul (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)

PÚBLICO: Pesquisadores e profissionais da área da Educação e afins.

Início: 22 de agosto de 2016.
Prazo: 22 de dezembro de 2016.

O artigo deverá ser submetido na página da revista.

As normas para formatação do artigo se encontram no sítio da revista, na opção Diretrizes para autores.

Mais informações pelo e-mail: reflexeditores@yahoo.com.br

Desde já, agradecemos pela atenção!

Equipe Editorial.

https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/announcement/view/168

 
15/08/2016 às 14h 13min

EDITAL PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD/CAPES)

O Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade de Santa Cruz do Sul, divulga o EDITAL PNPD/CAPES – PPGEdu/UNISC para o processo de seleção de um bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado PNPD/CAPES, conforme instituído pela Portaria da CAPES Nº 86, de 3 de julho de 2013.

O período de inscrição é de 15 a 26 de agosto de 2016.

Acesse aqui o EDITAL.

 
28/07/2016 às 10h 22min

DEFESA DE DISSERTAÇÃO: Andreza Legramanti Gomes

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC convida para a banca de DEFESA DE DISSERTAÇÃO:

03 de agosto às 13h30min – Bloco 53, sala 5339

Tema: “Formação dos Trabalhadores de Educação e Saúde do Programa Saúde na Escola em um Munícipio do Vale do Rio Pardo”

Mestranda: Andreza Legramanti Gomes

Banca Examinadora:
Dra. Elisabeth de Fátima da Silva Lopes (UFRGS)
Dr. Camilo Darsie de Souza (UNISC)
Dra. Cheron Zanini Moretti (UNISC)
Dr. Moacir Fernando Viegas (orientador/UNISC).

 
21/07/2016 às 16h 12min

Defesa de Dissertação: Carolina Vivian da Cunha

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-fareast-language:EN-US;}

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC convida para a banca de DEFESA DE DISSERTAÇÃO:

29 de julho às 09 horas - Bloco 53, sala 5339
Tema: "Práticas Educativas dos(as) trabalhadores (as) de enfermagem de um CTI: um estudo de caso"
Mestranda: Carolina Vivian da Cunha

Banca Examinadora:
Dra. Naira Lisboa Franzoi (UFRGS)
Dr. César Hamilton Brito de Góes (UNISC)
Dra. Cheron Zanini Moretti (UNISC)
Dr. Moacir Fernando Viegas (orientador/UNISC).

 
20/07/2016 às 08h 33min

Revista Reflexão e Ação publica Edição Especial - Vol. 24 n.2

Prezados(as),

É com grande satisfação que anunciamos o lançamento de uma edição Especial - vol. 24, n. 2, ano de 2016.

Os textos que compõem a presente edição apresentam abordagens teóricometodológicas que revelam a diversidade desafiadora das abordagens contemporâneas no campo da educação.

Acesse a página da revista  emhttps://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/issue/view/328/showToc e boa leitura!

Dra. Cheron Zanini Moretti
Dr. Moacir Fernando Viegas
Dra. Sandra Regina Simonis Richter
Editores

 
06/07/2016 às 16h 00min

Defesa de Dissertação: Suzeline Ferreira

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC convida para a banca de DEFESA DE DISSERTAÇÃO:


12 de julho às 13h30min
– Bloco 53, sala 5339
Tema: “(DES)Encontros dos conhecimentos formais no trabalho de Segurança do Paciente na Enfermagem”
Aluna: SUZELINE FERREIRA


Banca Examinadora:
Dra. Janete de Souza Urbanetto (PUC/RS)
Dra. Cláudia Tirelli (UNISC)
Dr. Éder da Silva Silveira (UINISC)
Dr. Moacir Fernando Viegas (orientador/UNISC).

 

 
06/07/2016 às 15h 50min

Professores, alunos e egressos do PPG em Educação tem trabalhos aceitos na ANPED SUL


Os professores Cheron Zanini Moretti, Éder da Silva Silveira, Felipe Gustsack e Sandra Regina Simonis Richter, as alunas Maria Cristina Rigão Iop e Fátima Rosane Silveira Souza e as egressas Aline Mesquita Corrêa, Beatran Hinterholz, Cristina Luisa Bencke Vergutz, Joice Nunes Lanzarini e Niqueli Streck Machado do PPGEdu da UNISC, tiveram aceitos artigos na ANPED SUL - XI Reunião Científica da Região Sul :“Educação, movimentos sociais e políticas governamentais”.

Confira os trabalhos que serão apresentados e os respectivos eixos temáticos:

Trabalho: BRINCAR COM BARRO NA CRECHE: UM DIÁLOGO PEDAGÓGICO COM GASTON BACHELARD E HANNAH ARENDT
Autores: Sandra Regina Simonis Richter e Beatran Hinterholz
Eixo Temático: Educação e Infância

 

Trabalho: DIÁLOGOS ENTRE A PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA E A EDUCAÇÃO POPULAR: POSSIBILIDADES EMANCIPATÓRIAS NUMA ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA
Autores: Cheron Zanini Moretti, Aline Mesquita Corrêa, Cristina Luisa Bencke Vergutz
Eixo Temático: Educação Popular e Movimentos Sociais

Trabalho: DOCÊNCIA NARRATIVA COMO ACONTECIMENTO POÉTICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
Autores: Niqueli Streck Machado
Eixo Temático: Educação e Infância

Trabalho: EDUCAÇÃO, TECNOLOGIAS E NARRATIVAS PIBIDIANAS: A INCORPORAÇÃO DAS TIC NAS EXPERIÊNCIAS DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO
Autores: Joice Nunes Lanzarini e Felipe Gustsack
Eixo Temático: Formação de Professores

Trabalho: MEMÓRIAS DE UMA EDUCAÇÃO CLANDESTINA: A FORMAÇÃO DE QUADROS REVOLUCIONÁRIOS COMUNISTAS BRASILEIROS NA ANTIGA UNIÃO SOVIÉTICA
Autores: Éder Da Silva Silveira, Cheron Zanini Moretti e Antonio Villarruel
Eixo Temático: História da Educação

Trabalho: MBYA-GUARANI NA UNIVERSIDADE - UMA LONGA TRAJETÓRIA
Autores: Fátima Rosane Silveira Souza
Eixo Temático: Ensino Superior

Trabalho: OS JOVENS E O TUMBLR – UM PROCESSO DE APRENDIZAGEM
Autores: Maria Cristina Rigão
Eixo Temático: Educação, Comunicação e Tecnologia

Trabalho: RODAS POÉTICAS E LIBRETOS DE CRIAÇÃO: EXPERIÊNCIAS LÚDICAS DE HABITAR A LINGUAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL
Autores: Dulcimarta Lemos Lino e Sandra Regina Simonis Richter
Eixo Temático: Educação e Infância

A ANPED SUL ocorrerá na UFPR em Curitiba/PR, no período de 24 a 27 de julho. Confira mais informações sobre o evento no link: http://www.anpedsul2016.ufpr.br/

 
24/06/2016 às 10h 49min

Bancas de Defesa de Dissertação do mês de Junho

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC convida para as bancas de DEFESA DE DISSERTAÇÃO:

27 de junho às 09h – Bloco 53, sala 5339

Tema: “Formação de professores: uma trilha complexa entre imagem, vivência e autorreflexão”.

Mestranda: Juliana Breunig

 

Banca Examinadora:

Dr. James Ferreira Moura Júnior (UNILAB)

Dra. Sandra Regina Simonis Richter (UNISC)

Dra. Ana Luisa Teixeira de Menezes (orientadora/UNISC)

*************************************************************************

30 de junho às 14h – Bloco 53, sala 5338

Tema: “Educação e Sentidos: do lugar da escola à escola-lugar”

Mestranda: Alana Morari

 

Banca Examinadora:

Dr. Celso Ilgo Henz (UFSM)

Dra. Sandra Regina Simonis Richter (UNISC)

Dr. Felipe Gustsack (orientador/UNISC).

 

 
20/06/2016 às 14h 12min

ALUNO ESPECIAL - inscrições abertas

O Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC, está com suas inscrições abertas até 01 de julho, para os interessados em cursar disciplina na modalidade ALUNO ESPECIAL. Serão oferecidas até 04 vagas por disciplina.

Para realizar a inscrição é necessário preenchimento do Requerimento de Matrícula – Aluno Especial acompanhado das cópias dos seguintes documentos. Mestrado: cópia do RG, CPF, histórico escolar e diploma da graduação, além do curriculum vitae. Doutorado:cópia do RG, CPF, histórico escolar e diploma da graduação e do Mestrado, curriculum vitae, além do resumo da dissertação.

Os interessados devem enviar a documentação para a Secretaria do Programa, na sala 5349 do Bloco 53 do Campus Central da Universidade. O processo de inscrição inclui apreciação do pedido por parte da Coordenação do Curso. O candidato será contatado pela Secretaria do Programa para comparecer na Universidade afim de efetivar a matrícula.

É possível cursar até três disciplinas como aluno especial. Concluída a disciplina, o aluno, em caso de aprovação, recebe o respectivo atestado. Este documento permitirá o pedido de aproveitamento da disciplina cursada, caso venha a tornar-se aluno regular do Programa por meio de processo seletivo.

No terceiro trimestre as disciplinas a serem ofertadas serão:

OPTATIVAS DAS LINHAS DE PESQUISA COMUNS AO MESTRADO E DOUTORADO

5ª Manhã - Educação e Poética da Linguagem - Dra. Sandra Regina Simonis Richter

6ª Manhã - Alternativas Pedagógicas e (Des)colonialidade do Conhecimento - Dra. Cheron Zanini Moretti

6ª Tarde - Pesquisa, Educação e Estudos Culturais - Dr. Cláudio José de Oliveira

O Requerimento de matrícula - aluno especial pode ser preenchido e enviado pelo correio (via sedex) juntamente com a documentação acima descrita com data de postagem até 01/07/2016.

As matrículas acontecerão nos dias 14 e 15 de julho de 2016 na Central de Atendimento ao Aluno, Bloco 5 da UNISC. As aulas do 3º trimestre iniciam no dia 04 de agosto de 2016. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3717-7543 ou e-mail:ppgedu@unisc.br

 

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira
Manhã: 7:30 – 11:30
Tarde: 13:00 – 17:00

 

Endereço:
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO – MESTRADO E DOUTORADO/UNISC
AV. INDEPENDÊNCIA, 2293 - SALA 5349, BLOCO 53
BAIRRO UNIVERSITÁRIO
CEP: 96815-900 - SANTA CRUZ DO SUL/RS

 
 
20/06/2016 às 09h 56min

Aluna egressa do PPGEdu publica livro sobre dissertação

Aluna egressa do PPGEdu publica livro sobre dissertação

A aluna egressa do curso de Mestrado em Educação da UNISC, Karini Wilke Pens publicou um livro sobre a sua dissertação defendida no ano de 2015 sob o título "A simbolização da Criança e a Criança como Símbolo - Sopros de Vida na emergência de educar-se na Copame".

Segundo Karine a publicação do trabalho veio como um meio de divulgar a importância de sua trajetória e experiência acadêmica: "A publicação deste trabalho, representa um compartilhamento de transformações intensas e possíveis de serem vividas, devido o potencial criativo que possuímos internamente, talvez escondidos, mas sempre latentes. É um convite para aceitarmos viver uma entrega, um chamado que nos leva para mais perto daquilo que somos. Portanto, a publicação, para mim, veio como um meio de divulgar a importância que uma experiência acadêmica, juntamente com as pessoas com as quais mais convivi e ainda convivo, foram capazes permitir-me um encontro comigo mesma, um encontro único, individual, constante e  interminável. Sou muito grata por essa oportunidade".

O livro foi publicado na versão impressa, por meio de uma Editora internacional, a More books, disponível neste link https://www.morebooks.de/store/es/book/a-simboliza%C3%A7%C3%A3o-da-crian%C3%A7a-e-a-crian%C3%A7a-como-simbolo/isbn/978-613-0-17039-4 . Existem ainda, expectativas de que posteriormente o livro seja publicado também no formato de e-book.

 
 
14/06/2016 às 08h 32min

Encontros com a Educação das Infâncias

Encontros com a Educação das Infâncias

Visite a página no Facebook:www.facebook.com/grupopoeticasinfancias

26/04/2016 às 16h 13min

Defesas de dissertação do mês de abril

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISC - Curso de Mestrado convida para as bancas de DEFESA DE DISSERTAÇÃO:

29 de abril às 09h - Bloco 53, sala 5339
Mestranda: Ana Lúcia Schüler Chedid
Tema: "A Educação do Movimento Nación Pachamama: a espiritualidade como decolonização e individuação no ser"

Banca Examinadora:
Dr. Walter da Fonseca Boechat (UERJ)
Dr. Felipe Gustsack (UNISC)
Dra. Ana Luisa Teixeira de Menezes (orientadora/UNISC).

**********************************************************************

29 de abril às 14h - Bloco 53, sala 5328

Mestranda: Camila Francisca da Rosa
Tema: "Raça, biopolítica e educação: dispositivos de in/exclusão"

Banca Examinadora:
Dr. Jordi Planella Ribera (UOC)
Dra. Adriana da Silva Thoma (UFRGS)
Dr. Carlos Henrique Armani (UFSM)
Dr. Mozart Linhares da Silva (orientador/UNISC).

********************************************************************

29 de abril às 14h - Bloco 53, sala 5333

Mestranda: Adriana Aires Pereira
Tema: "Inusitado olhar frente à tela do cinema: a exibição de filmes na sala de aula, um novo reencantamento para a educação"

Banca Examinadora:
Dra. Valeska Maria Fortes de Oliveira (UFSM)
Dra. Eunice Terezinha Piazza Gai (UNISC)
Dra. Betina Hillesheim (UNISC)
Dra. Nize Maria Campos Pellanda (orientadora/UNISC)

  

26/04/2016 às 16h 08min

PPGEdu convida para Roda de Coversa dia 28/04

O Programa de Pós Graduação em Educação - Mestrado e Doutorado, convida para Roda de Conversa intitulada: "Educação num Mundo Complexo, Assimétrico e Plural: Perspectivas de Investigação" . A atividade será ministrada pelos professores Dr. Manuel Gonçalves Barbosa (UMINHO) e Dr. Eldon Henrique Mühl (UPF),  no dia 28 de abril, das 09h às 11h30min na sala 5339, no bloco 53 . A atividade é gratuita e terá o limite de 25 vagas.

COMO SE INSCREVER

As inscrições serão feitas somente através deste link INSCRIÇÕEShttps://docs.google.com/forms/d/17nlOYcIqNPm4NVvBEz4ccryqRb5bUiRCgPtNgI7_GnA/viewform?usp=send_form> até hoje, 26 de abril. Posteriormente deve-se aguardar o recebimento de uma mensagem da secretaria do Programa informando a confirmação da inscrição.

INFORMAÇÕES SOBRE OS PROFESSORES:

MANUEL GONÇALVES BARBOSA possui Licenciatura (1983) em Filosofia, na Universidade Católica, Faculdade de Filosofia de Braga. Doutoramento em Educação (1996), Especialidade de Filosofia da Educação, na Universidade do Minho. Docência nas áreas da Filosofia da Educação, da Pedagogia e da Intervenção Comunitária, ao longo de 26 anos, em cursos de Licenciatura e de Mestrado (país), e de Doutoramento (estrangeiro).  Professor Associado de Nomeação Definitiva no Departamento de Pedagogia do Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho. Diretor do Departamento de Pedagogia; Membro do Conselho do Instituto de Educação e Psicologia e Membro da Comissão Coordenadora do Conselho Científico do mesmo Instituto; Diretor de Curso de Mestrado em Educação de Adultos. Investigador em Filosofia da Educação e em Pedagogia, com projetos individuais e coletivos no Centro de Investigação em Educação do Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho, tais como: Antropologia e Pedagogia em Freud; Antropologia Complexa do Processo Educativo; Pedagogia e Autonomia; Educar para a Cidadania através da Arte e do Património; Educação, Valores e Sociedade; Educação, Cidadania e Pedagogia. Orientador Científico de teses de Mestrado e Doutoramento em Educação/Ciências da Educação.

ELDON HENRIQUE MÜHL possui licenciatura em Filosofia pela Universidade de Passo Fundo (1976), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1985) e doutorado em Educação pela mesma instituição (1999). Realizou estágio pós-doutoral no Instituto de Educação da Universidade do Minho, Braga, Portugal em 2013. Atua como professor da Universidade de Passo Fundo e tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, investigando os seguintes temas: filosofia da educação, teorias educacionais, teoria crítica, direitos humanos e educação, racionalidade e formação de professores. Foi diretor da Faculdade de Educação por dois mandatos (1986-1990 e 2001-2006) e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado e Doutorado em Educação de 2009 a 2012.

 

19/04/2016 às 09h 23min

ALUNO ESPECIAL - Inscrições para o 2º trimestre

O Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC, está com suas inscrições abertas até 29 de abril, para os interessados em cursar disciplina na modalidade ALUNO ESPECIAL. Serão oferecidas até 04 vagas por disciplina.

Para realizar a inscrição é necessário preenchimento do Requerimento de Matrícula – Aluno Especial acompanhado das cópias dos seguintes documentos. Mestrado: cópia do RG, CPF, histórico escolar e diploma da graduação, além do curriculum vitae. Doutorado: cópia do RG, CPF, histórico escolar e diploma da graduação e do Mestrado, curriculum vitae, além do resumo da dissertação.

Os interessados devem enviar a documentação para a Secretaria do Programa, na sala 5349 do Bloco 53 do Campus Central da Universidade. O processo de inscrição inclui apreciação do pedido por parte da Coordenação do Curso. O candidato será contatado pela Secretaria do Programa para comparecer na Universidade afim de efetivar a matrícula.

É possível cursar até três disciplinas como aluno especial. Concluída a disciplina, o aluno, em caso de aprovação, recebe o respectivo atestado. Este documento permitirá o pedido de aproveitamento da disciplina cursada, caso venha a tornar-se aluno regular do Programa por meio de processo seletivo.

No segundo trimestre as disciplinas a serem ofertadas serão:

OBRIGATÓRIAS DAS LINHAS DE PESQUISA COMUNS AO MESTRADO E DOUTORADO
5ª Manhã - Pesquisa e Aprendizagem na Educação - Dra. Nize M. Campos Pellanda
6ª Manhã - Educação e Produção de Sujeitos - Dr. Mozart Linhares da Silva
6ª Tarde - Pesquisa em Educação, Trabalho e Emancipação - Dr. Moacir Fernando Viegas

OPTATIVAS DAS LINHAS DE PESQUISA COMUNS AO MESTRADO E DOUTORADO
5ª Manhã - Educação, Emancipação e Memória Social - Dr. Éder da Silva Silveira
6ª Manhã - Educação: corpo, vivência e espiritualidade - Dra. Ana Luisa T. de Menezes
6ª Tarde - Políticas Públicas, Biopolítica e Educação - Dra. Betina Hillesheim

O Requerimento de matrícula - aluno especial pode ser preenchido e enviado pelo correio (via sedex) juntamente com a documentação acima descrita com data de postagem até 29/04/2016.

As matrículas acontecerão no dia 05 de maio de 2016 na Central de Atendimento ao Aluno, Bloco 5 da UNISC. As aulas do 2º trimestre iniciam no dia 12 de maio de 2016. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3717-7543 ou e-mail:ppgedu@unisc.br

 

Horário de Atendimento

Segunda a sexta-feira
Manhã: 7:30 – 11:30
Tarde: 13:00 – 17:00

Endereço:
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO – MESTRADO E DOUTORADO/UNISC
AV. INDEPENDÊNCIA, 2293 - SALA 5349, BLOCO 53
BAIRRO UNIVERSITÁRIO
CEP: 96815-900 - SANTA CRUZ DO SUL/RS

 

19/04/2016 às 09h 17min

Aula inaugural marca o ano letivo do PPGEdu

Na tarde desta quinta-feira, dia 14 de abril, o Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) - Mestrado e Doutorado, da Unisc, realizou a aula inaugural Sou pós-graduando/a... e agora? Desafios e perspectivas próximo-futuras, no auditório do Memorial da Universidade. A palestra, ministrada pelo professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Lucídio Bianchetti, marcou o início do ano letivo do Programa e das atividades do doutorado.

Além de estudantes, docentes e convidados, também estiveram presentes no evento a chefe de Gabinete da Unisc, professora Carla Pacheco da Rosa, representando a reitora Carmen Lúcia de Lima Helfer; a pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação, professora Andréia de Moura Valim; o coordenador do PPGEdu, professor Cláudio José de Oliveira; a coordenadora adjunta do PPGEdu, professora Sandra Simonis Richter; o chefe do Departamento de Educação, professor Felipe Gustsack; e o primeiro coordenador do PPGEdu, professor Moacir Viegas.

Em sua fala, a professora Andréia relembrou a trajetória do Programa, iniciada em 2008, e destacou os convênios firmados com outras instituições, entre elas a Universidade de Quindío (Uniquindio), da Colômbia, e a Universidade do Minho (UMinho), de Portugal. “As ações envolvendo o PPGEdu começaram muito antes de 2008, o que contribuiu para a coerência pedagógica do Programa”, ressaltou a pró-reitora.

Sobre o palestrante

Lucídio Bianchetti possui graduação em Pedagogia com habilitação em Orientação Educacional pela Universidade de Passo Fundo (UPF/1978); mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ/1982); doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP/1998); e estágio pós-doutoral na Universidade do Porto, Portugal (2009). É pesquisador 1B do CNPq e professor aposentado/voluntário do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSC. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Trabalho e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Pós-Graduação; Formação de Pesquisadores; e Trabalho, Tecnologia e Qualificação Profissional.

*Felipe Nopes (Imprensa/Unisc)

 

 

RECEPÇÃO NOVOS ALUNOS - TURMAS 2023
No dia 10 de março de 2023, às 17 horas, na sala 1001 da UNISC, foi realizada a recepção aos novos alunos das turmas de 2023 do Mestrado e Doutorado em Educação. A atividade foi idealizada e organizada pela representação discente do PPGEdu e contou com a participação de professores, alunos e egressos.

MENU PRINCIPAL