AcessibilidadeAcessibilidadeInternacional

Nome: Grace Kelly Ferreira Lima

T√≠tulo: VIABILIDADE ECON√ĒMICO FINANCEIRA DE UMA ESCOLA DE INFORM√ĀTICA PARA A INCLUS√ÉO DA 3¬ļ IDADE NO MUNDO DIGITAL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Eloi Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: 12/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 66 pg.

Resumo:

Este trabalho tem como objetivo principal analisar a viabilidade econ√īmica e financeira da abertura de uma empresa de presta√ß√£o de servi√ßos para a terceira idade, situada na cidade de Santa Cruz do Sul, para dar aulas de inform√°tica exclusivamente para o p√ļblico da terceira idade. Para prosseguir neste estudo foi desenvolvido uma pesquisa na parte te√≥rica para recolher as informa√ß√Ķes pertinentes a abertura, como tamb√©m foi feito um levantamento de dados para que pudesse ser estudado atrav√©s de c√°lculos, o quanto a empresa precisaria desembolsar e receber para fazer jus as despesas. Finalmente, pode-se concluir que dentro do per√≠odo proposto para este estudo de acordo com os c√°lculos de an√°lise de retorno de investimento n√£o poss√≠vel no dentro dos levantamentos feito por este estudo a abertura da escola neste momento, ficando como sugest√£o uma an√°lise em tr√™s cen√°rios otimista, pessimista e intermedi√°rio.

Palavras-Chaves: Viabilidade Econ√īmica e Financeira, Terceira Idade, Escola.

 

Nome: Jaíne Betine Wendland

Título: ESTUDO DO FLUXO DE CAIXA DE UMA REPRESENTAÇÃO COMERCIAL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Eloi Almiro Brandt

Professor Convidado: Melissa Kanitz

Data da banca: 18/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 43 pg.

Resumo:

Diante a economia atual e alta competitividade do mercado, √© necess√°rio que as empresas possuam um processo de gest√£o eficaz. O trabalho baseou-se na coleta de dados e proje√ß√Ķes de uma Representa√ß√£o Comercial da regi√£o central do Pa√≠s. Atrav√©s destas informa√ß√Ķes buscou se projetar receitas, despesas e demonstra√ß√Ķes cont√°beis do ano de 2017, de modo a mensurar as premissas fundamentais para sua elabora√ß√£o. Neste contexto, o presente trabalho demonstra a compara√ß√£o do fluxo de caixa projetado dos meses de agosto e setembro a partir das premissas, do ano de 2017. Realizou-se uma pesquisa documental, descritiva e qualitativa para o desenvolvimento do estudo. Por fim, foram evidenciados os resultados obtidos por meio das proje√ß√Ķes e an√°lises realizadas, onde no comparativo podemos verificar que no m√™s de agosto a maior diferen√ßa ocorreu nas receitas, que, aumentaram em mais de cem por cento em rela√ß√£o ao per√≠odo projetado e, as despesas diminu√≠ram. J√° no m√™s de setembro a maior diferen√ßa foi nas despesas, que novamente diminu√≠ram em rela√ß√£o ao per√≠odo projetado. Foi conclu√≠do que a representa√ß√£o comercial obt√©m receitas suficientes para cobrir todos os gastos e despesas.

Palavras chave: Estudo. Fluxo de caixa. Planejamento orçamentário.

 

Nome: Juliana Fritsch

T√≠tulo: AN√ĀLISE DO PRE√áO DE VENDA PRATICADO PELA EMPRESA MARCENARIA FRITSCH LTDA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Eloi Almiro Brandt

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: 30/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 82 pg.

Resumo:

A contabilidade de custos pode ser o fator determinante para a vantagem competitiva de uma empresa no mercado, visto que por meio da mesma é possível determinar o preço de venda ideal e verificar a receita que a empresa está gerando com os preços de venda praticados em seus produtos. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo analisar o preço de venda praticado pela Marcenaria Fritsch Ltda., comparando-o com o preço de venda ideal e o preço de venda encontrado no mercado, avaliando se a mesma está gerando receita suficiente para cobrir seus custos e obter o lucro almejado pelos sócios. Para tanto, a metodologia deste estudo foi classificada como uma pesquisa descritiva, documental e qualitativa. Utilizando-se do método de custeio variável, determinaram-se os preços de venda ideais dos produtos fabricados pela Marcenaria Fritsch Ltda., no período de julho a setembro de 2017, estimando-se o lucro de 15%. Os resultados obtidos demonstraram que a empresa proporcionou lucros de 8,60% e 9,76%, nos meses de julho e agosto, respectivamente, e que no mês de setembro não gerou margem suficiente para cobrir seus custos. A comparação com os preços de venda encontrados por meio de pesquisa de mercado evidenciou que a empresa em estudo está praticando preços de venda superiores em 52,63% dos produtos analisados. Enfim, concluiu-se que em julho e agosto a Marcenaria Fritsch Ltda. gerou lucro, porém não atingiu o percentual desejado pelos sócios, enquanto que em setembro, a empresa não conseguiu de fato gerar lucro com as vendas realizadas.

Palavras-chave: Contabilidade de custos. Preço de venda. Custeio Variável. Pesquisa de mercado.

 

Nome: Letícia Milene Raddatz Kohls

Título: CONTROLE DOS CUSTOS DE FEIRANTES DA AGRICULTURA FAMILIAR DA ASSOCIAÇÃO SANTACRUZENSE DE FEIRANTES - ASSAFE

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Fernando Batista Bandeira da Fontoura

Professor Convidado: Cidonea Machado Deponti

Data da banca: 28/09/2017

N√ļmero de p√°ginas: 58 pg.

Resumo:

Devido ao aumento do n√ļmero de agricultores familiares que vem buscando a diversifica√ß√£o da propriedade para ter uma renda complementar, a agricultura vem desenvolvendo-se e produzindo cada vez mais, necessitando assim, de um gerenciamento rural na propriedade em que possa extrair informa√ß√Ķes que permita possuir um planejamento, controle de custos para a tomada de decis√Ķes e acompanhamento da evolu√ß√£o e compara√ß√£o de resultados. Por esse motivo, o presente trabalho teve como principal objetivo identificar as necessidades comuns das informa√ß√Ķes de controle de custos para an√°lise da produ√ß√£o comercializada nas feiras rurais da Associa√ß√£o Santacruzense de Feirantes, visando verificar, assim, como os custos comuns a todos os feirantes para ent√£o elaborar uma proposta de planilha de controle para a gest√£o rural de custos. Utilizou-se como metodologia a aplica√ß√£o da entrevista semiestruturada e observa√ß√Ķes in loco, sendo esta aplicada em uma das seis feiras rurais da Associa√ß√£o Santacruzense de Feirantes, do munic√≠pio de Santa Cruz do Sul -RS. Os dados foram analisados e apresentados em forma de textos descritivos que relatam as respostas com s√≠nteses das perguntas abertas e quadros, os quais cont√™m dados referentes √†s avalia√ß√Ķes dos entrevistados. Por fim, pode-se concluir com o estudo realizado, que os feirantes n√£o realizam controle de custos em suas propriedades. Em contrapartida, para os entrevistados, toda propriedade rural deveria conhecer para a gest√£o de sua atividade o controle de custos para defini√ß√£o do pre√ßo de venda, an√°lise da margem de lucro dos produtos, an√°lise de produ√ß√£o, volume de vendas, an√°lise de resultados e levantamento de custos para cada cultura. Estas necessidades comuns de controle sustentam a proposta de elabora√ß√£o da planilha de controle para a gest√£o rural de custos da produ√ß√£o comercializada nas feiras rurais como principal constructo da pesquisa.

Palavras-Chaves: Controle de custos, Feiras rurais, Agricultura familiar

 

Nome: Alessandro Souza da Rosa

T√≠tulo: EVIDENCIA√á√ÉO DAS INFORMA√á√ēES DOS ATLETAS DE CLUBES DE FUTEBOL CONFORME A NBC ITG 2003

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Convidado: Eloi Almiro Brandt

Data da banca: 05/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 82 pg.

Resumo:

O Conselho Federal de Contabilidade, no dia 25 de janeiro de 2013, determinou a aplica√ß√£o da ITG 2013 - Entidades Desportivas Profissionais, que especifica os processos de registro e estrutura√ß√£o das demonstra√ß√Ķes cont√°beis em entidades profissionais da √°rea esportiva. Com o crescimento acentuado nas receitas dessas entidades, existe a necessidade de divulga√ß√£o de suas demonstra√ß√Ķes cont√°beis de forma transparente aderindo √†s normas estabelecidas para essas organiza√ß√Ķes. O objetivo principal deste estudo foi o de verificar a forma de evidencia√ß√£o dos atletas dos clubes do Campeonato Brasileiro de Futebol da s√©rie A, observando se est√£o em conformidade com o padr√£o estabelecido pela ITG 2003, no exerc√≠cio social de 2016. A metodologia do estudo se deu a partir de pesquisa qualitativa, descritiva, bibliogr√°fica e documental, onde, atrav√©s do levantamento das Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis e notas explicativas buscou-se conhecer os procedimentos cont√°beis dos clubes. Os resultados obtidos mostram que a maioria dos clubes evidenciou os atletas profissionais e em forma√ß√£o no grupo do intang√≠vel conforme orienta a norma, pois os atletas s√£o adquiridos ou desenvolvidos pelos clubes, geralmente, com o objetivo de contribu√≠rem para a gera√ß√£o de benef√≠cios econ√īmicos futuros para a entidade. Em rela√ß√£o ao registro das receitas e gastos, bem como evidencia√ß√Ķes em notas explicativas pode-se concluir que os clubes precisam se adequar, pois uma boa parte ainda n√£o cumpre com a norma na √≠ntegra. Observaram-se no decorrer do estudo que os clubes da regi√£o sul e sudeste s√£o os mais ajustados a ITG 2013.

Palavras-chaves: ITG 2003, intangível, clubes de futebol, atletas.

 

Nome: Amanda Lopes de Mello

T√≠tulo: AN√ĀLISE DAS ADEQUA√á√ēES ORGANIZACIONAIS PARA A IMPLANTA√á√ÉO DO PROJETO ESOCIAL NAS IES COMUNIT√ĀRIAS DO RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Fernando Batista Bandeira da Fontoura

Professor Orientador: Ana Cristine Heinen.

Professor Convidado: Rodrigo Rabuske

Data da banca: 02/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 63 pg.

Resumo:

A pesquisa teve como objetivo analisar as mudan√ßas organizacionais necess√°rias para a implanta√ß√£o do projeto eSocial nas IES comunit√°rias do RS. Diante da iminente obrigatoriedade de transmiss√£o de dados de forma unificada e tempestiva, as institui√ß√Ķes dever√£o adaptar-se para atender √†s exig√™ncias deste novo informativo. Em termos metodol√≥gicos, trata-se de uma pesquisa de natureza descritiva, com abordagem qualitativa, a qual contou com a participa√ß√£o de 10 (dez) IES integrantes do Cons√≥rcio das Universidades Comunit√°rias Ga√ļchas. Os dados foram coletados mediante realiza√ß√£o de entrevista semiestruturada com respons√°veis pela √°rea trabalhista bem como aplica√ß√£o de question√°rio, elaborado por meio do online pesquisas. Os principais achados da pesquisa indicam necessidade de ampliar conhecimento √† respeito do tema, adequa√ß√Ķes na execu√ß√£o de rotinas trabalhistas, medicina e seguran√ßa do trabalho, mudan√ßas no sistema de TI e controle de jornada. Para atender as necessidades do projeto, as IES criaram um grupo respons√°vel pelo mesmo, aumentaram o quadro de funcion√°rios trabalhando no sistema, realizaram reuni√Ķes entre as institui√ß√Ķes integrantes do Comung e investiram em cursos e treinamentos para devida capacita√ß√£o. Entre as dificuldades durante o processo, est√£o presentes a resist√™ncia cultural, os prazos para obrigatoriedade, diversidade de fun√ß√Ķes e CBO e a reforma trabalhista, gerando d√ļvidas sobre a plataforma eSocial e a integra√ß√£o de bases de dados. Entretanto, em momentos distintos do processo de adequa√ß√Ķes ao eSocial, as IES o avaliam positivamente, apostando no beneficiamento do setor de recursos humanos em virtude de informa√ß√Ķes compactadas, diminui√ß√£o e simplifica√ß√£o de obriga√ß√Ķes.

Palavras-chave: eSocial. Pr√°tica trabalhista. IES comunit√°rias.

 

Nome: Amides Walter

T√≠tulo: PROPOSTA DE UTILIZA√á√ÉO DO M√ČTODO DE CUSTEIO ABC/ABM PARA UMA

EMPRESA PRESTADORA DE SERVI√áOS CONT√ĀBEIS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Laércio R. Friedrich

Professor Convidado: Fernando Batista Bandeira da Fontoura

Data da banca: 22/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 57 pg.

Resumo:

O aumento da complexidade e demanda pelos servi√ßos prestados por empresas cont√°beis torna cada vez mais relevante a busca por informa√ß√Ķes que possibilitem uma melhora no desempenho destas empresas. Diante deste contexto, o presente trabalho teve por objetivo desenvolver uma proposta de m√©todo de custeio ABC/ABM para uma empresa prestadora de servi√ßos cont√°beis localizada na cidade de Lajeado ‚Äď RS, buscando evidenciar o custo e a lucratividade por cliente. Inicialmente foram coletadas e analisadas as informa√ß√Ķes sobre a empresa objeto de estudo e, em seguida, as informa√ß√Ķes obtidas foram utilizadas no desenvolvimento de uma metodologia para a aplica√ß√£o do m√©todo de custeio proposto. Ap√≥s foi realizada a an√°lise dos custos, das atividades, dos resultados obtidos pela empresa e dos honor√°rios de cada cliente. Para isto foi selecionada uma amostra de clientes e determinado um per√≠odo para a coleta das informa√ß√Ķes. Quanto √† metodologia aplicada, foi realizada uma pesquisa descritiva e qualitativa, abordando um estudo de caso. Com os resultados obtidos demonstrou-se o custo final de cada cliente; o custo das atividades realizadas, identificando as que consumiram mais recursos, e a varia√ß√£o na lucratividade proporcionada por cada cliente que, considerando somente os clientes que geraram lucro, foi de 8% a 84%. Concluiu-se que a varia√ß√£o na lucratividade ocorreu pela falta de informa√ß√Ķes sobre os custos de cada atividade e, por consequ√™ncia, de cada cliente e pela aus√™ncia de uma margem de lucratividade estipulada pela empresa, o que resulta numa maior dificuldade para precificar adequadamente os honor√°rios.

Palavras-chave: Custeio ABC. Custeio ABM. Honor√°rios cont√°beis

 

Nome: Ana Paula Bohnen

T√≠tulo: REALIZA√á√ÉO DO PLANEJAMENTO TRIBUT√ĀRIO EM UMA EMPRESA DO RAMO DO COM√ČRCIO EM SANTA CRUZ DO SUL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Clari Schuh

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: 21/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 133 pg.

Resumo:

No pa√≠s, as altas taxas tribut√°rias representam uma grande parcela dos custos de uma empresa. Com isto, as empresas recorrem ao planejamento tribut√°rio por ser um meio l√≠cito e que visa a diminui√ß√£o dos tributos. O presente estudo tem como objetivo efetuar o planejamento tribut√°rio na empresa Mademake Materiais de Constru√ß√£o, o qual √© optante do Simples Nacional, verificando qual √© o regime tribut√°rio menos oneroso para a empresa. Para a realiza√ß√£o dos c√°lculos foram levantados dados da empresa atrav√©s dos balancetes fornecidos pelo escrit√≥rio de contabilidade, relat√≥rios gerenciais da empresa e conversas com o administrador e realizado uma pesquisa documental, explicativa, quantitativa e qualitativa. A apura√ß√£o dos c√°lculos do Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real indicou que a empresa continue optando pelo regime Simples Nacional pois este apresentou-se menos oneroso. Conclui-se assim que a import√Ęncia da contabilidade n√£o apenas para a apura√ß√£o de impostos, mas tamb√©m como uma ferramenta de gest√£o.

Palavras-chave: Planejamento Tribut√°rio. Simples Nacional. Lucro Presumido, Lucro Real.

 

Nome: Bruna Cristina Haas

T√≠tulo: CICLO OPERACIONAL, ECON√ĒMICO E FINANCEIRO: UMA PROPOSTA DE IMPLANTA√á√ÉO EM UMA EMPRESA DO SIMPLES NACIONAL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Melissa Kanitz

Data da banca: 28/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 88 pg.

Resumo:

¬†A constante necessidade da obten√ß√£o de um excelente desempenho empresarial exige estrat√©gias para alcan√ßar procedimentos eficientes e lucrativos. Neste contexto, as empresas necessitam cada vez mais de instrumentos que sirvam de base para a tomada de decis√Ķes, como a proje√ß√£o de demonstra√ß√Ķes cont√°beis e elabora√ß√£o e an√°lise do ciclo operacional, econ√īmico e financeiro. Tendo em vista a efic√°cia da gest√£o, a presente pesquisa objetivou verificar qual foi o ciclo operacional, econ√īmico e financeiro do ano de 2016 a junho de 2017 e qual a sua proje√ß√£o para o per√≠odo de julho de 2017 a junho de 2018, em uma empresa comercial do ramo de produtos m√©dicos e ortop√©dicos localizada em Santa Cruz do Sul. Para isso, o tema foi desenvolvido por meio de pesquisa bibliogr√°fica, caracterizada como uma pesquisa qualitativa, buscando dados da empresa e analisando-os atrav√©s de uma pesquisa documental. Desta forma, foi poss√≠vel demonstrar os resultados atingidos por meio das an√°lises e proje√ß√Ķes realizadas. Al√©m disso, compreende-se que a gest√£o financeira e or√ßamentaria, aliada a informa√ß√Ķes fidedignas, atua como um instrumento para a diminui√ß√£o dos riscos e contribui para uma melhor gest√£o da empresa.

Palavras chave: Ciclo operacional, Ciclo financeiro, Ciclo econ√īmico, Tomada de decis√Ķes.

 

Nome: Debora de Almeida Ferrari

T√≠tulo: CUSTOS APLICADOS AO SETOR P√öBLICO ‚Äď UM ESTUDO NAS PREFEITURAS MUNICIPAIS DO VALE DO RIO PARDO

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Patrícia Sostmeier

Professor Convidado: Eduardo Fernando Watte

Data da banca: 22/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 25 pg.

Resumo:

O presente artigo objetiva relatar as a√ß√Ķes realizadas para aplica√ß√£o de custos no setor p√ļblico pelas prefeituras municipais do Vale do Rio Pardo, tendo como premissa a Norma Brasileira de Contabilidade T√©cnica 16.11. A pesquisa desenvolvida foi descritiva, por meio de levantamento de dados e evidenciada de forma qualitativa. O question√°rio, composto por 8 perguntas abertas, foi direcionado aos contadores municipais, obteve-se retorno de 10 dos 15 munic√≠pios pesquisados, representando 66,67%. Como resultado verificou-se que nenhum dos munic√≠pios participantes faz a apresenta√ß√£o de custos distintamente √†s despesas, por√©m alguns j√° est√£o organizando-se para futura implanta√ß√£o de sistema informatizado de custos. Constatou-se a falta de conhecimento por parte dos gestores municipais em rela√ß√£o √† norma e a car√™ncia de recursos aplicados em tecnologia.

Palavras-chave: Normas Brasileiras de Contabilidade. Custos no setor p√ļblico. Prefeituras municipais do Vale do Rio Pardo.

 

Nome: √Čder Percival Silveira

T√≠tulo: GEST√ÉO ESTRAT√ČGICA: UMA ABORDAGEM DO BALANCED SCORECARD COMO FERRAMENTA DE CONTROLE GERENCIAL NA IND√öSTRIA DE ALIMENTOS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Fernando Batista Bandeira da Fontoura

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: 06/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 59 pg.

Resumo:

Com o avan√ßo da tecnologia e tamb√©m com os altos n√≠veis de competitividade, as empresas cada vez mais necessitam terem os controles bem realizados dentro da organiza√ß√£o, onde indicadores de resultados com informa√ß√Ķes fidedignas s√£o fundamentais. Neste contexto o Balanced Scorecard, ferramenta de gest√£o estrat√©gica, pode ser importante no auxilio na tomada de decis√Ķes. Atrav√©s desta ferramenta buscou-se um auxilio aos gestores no seu processo de gest√£o, analisando os indicadores de premissas financeiras e n√£o financeiras, verificando as cr√≠ticas pontuais que poderiam ocorrer bem como elaborar um plano de a√ß√£o para que fosse melhorado as quatros perspectiva da ferramenta (financeira, clientes, processos internos e aprendizado e crescimento) bem como o alinhamento da estrat√©gia. Buscou-se primeiramente uma verifica√ß√£o de um referencial te√≥rico sobre o tema no qual foram analisados os principais autores. Posteriormente por meio de entrevistas informais foram levantados os dados da empresa buscando esclarecer a estrat√©gia e seu alinhamento. Percebe-se que o Balanced Scorecard pode auxiliar a gest√£o atrav√©s dos indicadores e suas metas bem como uma realizar uma intera√ß√£o entre as perspectivas buscando o entendimento e um alinhamento das partes envolvidas. Diante disso foi realizado um plano de a√ß√Ķes dentro das quatro perspectivas onde foram elencadas atos para que dentro do contexto da estrat√©gia adotada pele empresa, possa ser poss√≠vel um crescimento sustent√°vel da organiza√ß√£o.

Palavras chaves ‚Äď Balanced Scorecard. Gest√£o estrat√©gica. Controles.

 

Nome: Estéfani Caterine Overbeck Beckenkamp

T√≠tulo: AN√ĀLISE DE VIABILIDADE ECON√ĒMICA E FINANCEIRA DE IMPLANTA√á√ÉO DE UMA EMPRESA DE ASSESSORIA EM LICITA√á√ēES NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: 07/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 75 pg.

Resumo:

A pr√°tica de empreender surge para muitos como oportunidade, para outros como necessidade, mas de qualquer forma, qualquer investimento nasce com intuito de gerar lucro, por√©m para que este seja alcan√ßado √© necess√°rio planejamento e an√°lise de n√ļmeros, mercado e cen√°rios. Com base no planejamento e an√°lise das vari√°veis de um novo empreendimento, o projeto em quest√£o tem por objetivo analisar a viabilidade econ√īmica e financeira de implanta√ß√£o de uma empresa assessoria em licita√ß√Ķes na cidade de Santa Cruz do Sul. Para que tal an√°lise fosse poss√≠vel foi necess√°rio explorar o mercado, projetar receitas, despesas, fluxos de caixas e a demonstra√ß√£o do resultado do per√≠odo al√©m de avaliar indicadores financeiros que permitiram uma s√≥lida an√°lise de viabilidade do empreendimento. A metodologia aplicada referente a tipologia de pesquisa foi a explorat√≥ria pois buscou atrav√©s de pesquisas bibliogr√°ficas fundamentar os assuntos abordados, j√° quanto aos procedimentos foi a experimental uma vez que foram estimados valores e preparados estes para a resolu√ß√£o do problema de pesquisa. Ap√≥s as proje√ß√Ķes e com base nos valores apresentados, foi poss√≠vel estimar o valor presente l√≠quido que foi de R$ 50.586,78 para um investimento inicial de R$ 30.000,00 e per√≠odo de tr√™s anos, com um payback de aproximadamente doze meses e uma taxa interna de retorno de aproximadamente 101% para os tr√™s anos projetados. Com isso apresentou-se um cen√°rio positivo, concluindo a viabilidade do investimento.

Palavras-chave: An√°lise, viabilidade, licita√ß√Ķes.

 

Nome: Estela Frantz

T√≠tulo: AN√ĀLISE DO PROCESSO DE RECUPERA√á√ÉO JUDICIAL SOB O ENFOQUE DA ASSESSORIA CONT√ĀBIL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Convidado: Rodrigo Rabuske

Data da banca: 07/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 66 pg.

Resumo:

Regida pela Lei n¬ļ 11.101/2005 conhecida como Nova Lei de Fal√™ncias, a recupera√ß√£o judicial visa auxiliar as organiza√ß√Ķes que se encontram em dificuldades financeiras a superarem o momento de crise. √Č uma medida voltada a fonte produtora, a preserva√ß√£o da sua fun√ß√£o social, assim como a garantia dos interesses dos credores. Para usufruir dessa norma judicial, a entidade deve entrar com o pedido na justi√ßa, viabilizar um acordo com os credores e apresentar um plano de reorganiza√ß√£o das contas da empresa e, de como ela sanar√° o seu desequil√≠brio financeiro. Como especialista em contabilidade cabe a esse profissional organizar e elaborar os documentos necess√°rios para o ingresso no processo, sendo por meio das demonstra√ß√Ķes cont√°beis capaz de contabilizar de maneira eficaz a real situa√ß√£o da empresa e a capacidade dela se reerguer no mercado. Com base neste contexto, o presente estudo teve como objetivo principal apresentar o processo de recupera√ß√£o judicial de uma empresa sob o enfoque da assessoria cont√°bil. A metodologia utilizada para elabora√ß√£o da pesquisa foi de natureza qualitativa, descritiva, bibliogr√°fica e documental. Com base nos resultados, verificou-se que a empresa Exemplo Ltda., foco do estudo, encontra-se ainda em processo de recupera√ß√£o judicial. Onde, percebeu-se no decorrer do estudo, a import√Ęncia da contabilidade como fonte de informa√ß√£o, tanto t√©cnica como gerencial e, que a atua√ß√£o e consultoria do profissional cont√°bil junto aos credores, administrador judicial e ao pr√≥prio ju√≠zo √© de fundamental import√Ęncia uma vez que contribui de forma direta e exaustiva durante todo o processo em quest√£o.

Palavras-chave: Recupera√ß√£o Judicial, Lei 11.101/05, viabilidade econ√īmica, plano de recupera√ß√£o, assessoria cont√°bil.

 

Nome: Felipe Sulzbach Weiss

T√≠tulo: AN√ĀLISE DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E ECON√ĒMICO DOS PA√ćSES MEMBROS E ASSOCIADOS DO MERCOSUL E SUA ADES√ÉO AOS ODS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: 29/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 43 pg.

Resumo:

O presente estudo abordou o desenvolvimento social e econ√īmico dos pa√≠ses membros e associados do Mercosul, no qual buscou-se analisar o √ćndice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o Produto Interno Bruto (PIB) bem como a ades√£o dos respectivos pa√≠ses aos Objetivos de Desenvolvimento sustent√°vel (ODS) propostas pela ONU para uma agenda mundial em prol do desenvolvimento sustent√°vel para o per√≠odo de 2016 a 2030. Em termos metodol√≥gicos, o estudo caracteriza-se como uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa do problema de pesquisa. Os dados foram obtidos por meio de pesquisa bibliogr√°fica e documental. Os resultados evidenciaram que os pa√≠ses membros e associados do Mercosul com os melhores IDHs foram respectivamente Chile, Argentina e Uruguai e os piores foram Paraguai, Bol√≠via e Guiana, ocupando a √ļltima posi√ß√£o. Dentre os pa√≠ses com melhores IDHs, apenas a Argentina apresentou boa classifica√ß√£o em rela√ß√£o ao PIB, com a segunda coloca√ß√£o entre os pa√≠ses membros e associados do Mercosul. Nos pa√≠ses analisados, associados e membros do Mercosul, n√£o verificou-se vincula√ß√£o do desemprenho do PIB e IDH. Identificou-se que todos os pa√≠ses do Mercosul como membros da Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU) aderiram aos ODMs bem como a nova agenda 2016-2030 que s√£o os ODSs. Como limita√ß√£o do estudo n√£o identificou-se relat√≥rios por pa√≠s do alcance das metas dos ODMs, tendo-se apenas o √ļltimo relat√≥rio global disponibilizado no site da ONU de 2015 e o 5¬ļ relat√≥rio do alcance das metas do Brasil.

Palavras-chave: IDH e PIB. Mercosul. Desenvolvimento social e econ√īmico. ODS.

 

Nome: Franciele Adilles Finger

T√≠tulo: AN√ĀLISE DOS GASTOS COM A ROTATIVIDADE DE FUNCION√ĀRIOS EM UMA EMPRESA DO COM√ČRCIO DE COMBUT√ćVEIS DE SANTA CRUZ DO SUL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Ana Cristine Heinen

Professor Convidado: Rodrigo Rabuske

Data da banca: 02/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 54 pg.

Resumo:

O presente trabalho foi desenvolvido em uma empresa do ramo de combust√≠veis localizada no munic√≠pio de Santa Cruz do Sul e tem como objetivo principal analisar os gastos com a rotatividade de funcion√°rios. Um √≠ndice de rotatividade elevado pode ser considerado um problema para a empresa, pois compromete os resultado da mesma a partir dos altos gastos com rescis√Ķes e admiss√Ķes de funcion√°rios. Este trabalho caracterizou-se como uma pesquisa documental e an√°lise descritiva, onde a abordagem √© qualitativa. Com o aux√≠lio da teoria referente a gest√£o de pessoas, departamento pessoal, custos, gasto e rotatividade, foi poss√≠vel alcan√ßar os objetivos propostos. Demonstrando os √≠ndices de rotatividade, os gastos com a rotatividade e os motivos dos desligamentos com sugest√Ķes de melhorias para reduzir o grande n√ļmero de entradas e sa√≠das de funcion√°rios. O estudo deste trabalho demonstra que a empresa possui altos gastos com rotatividade, principalmente com os desligamentos de funcion√°rios, representando assim boa parte de seus lucros. Al√©m tamb√©m de dispor de um elevado √≠ndice de rotatividade, principalmente nos departamentos loja e pista. Os gastos da rotatividade de pessoal podem influenciar diretamente na queda de produtividade e na qualidade do servi√ßo e principalmente nos resultados da organiza√ß√£o. Por este motivo √© fundamental para as organiza√ß√Ķes identificar as causas que levam a rotatividade de funcion√°rios e conhecer os aspectos deste fen√īmeno que geram altos gastos e desgastes. Por fim, para reduzir a rotatividade √© necess√°rio que as organiza√ß√Ķes invistam no capital humano, a final de contas para atingir o sucesso √© necess√°rio o investimento nas pessoas, com identifica√ß√£o e desenvolvimento intelectual. E a melhor forma de reter talentos √© mant√™-los desafiados e motivados, al√©m de uma politica de cargos e sal√°rios bem estruturada.

Palavras- chave: √ćndice. Rotatividade. Gasto. Admiss√£o. Desligamento.

 

Nome: Franciele de F√°tima Lemes Santos

T√≠tulo: PLANO DE NEG√ďCIOS DE VIABILIDADE ECON√ĒMICA E FINANCEIRA DE UM RESTAURANTE DE COMIDA JAPONESA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Melissa Kanitz

Data da banca: 04/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 60 pg.

Resumo:

Por in√ļmeros motivos, a culin√°ria japonesa vem atraindo cada vez mais admiradores em todo o Brasil. Al√©m de ser saud√°vel e possuir v√°rios benef√≠cios, esta alimenta√ß√£o possui um sabor ex√≥tico, o que faz com que muitas pessoas queiram experimentar o novo. Por exigir qualidade e diferencial em sua elabora√ß√£o a culin√°ria japonesa requer um p√ļblico alvo de padr√£o mais alto. Com base nestas informa√ß√Ķes, surgiu o desejo de realizar a pesquisa e elabora√ß√£o de um plano de neg√≥cios para avaliar a viabilidade da implanta√ß√£o de um restaurante de comida japonesa com servi√ßo de entrega delivery. Para obter-se uma vis√£o completa e ampla da viabilidade ou n√£o do restaurante, realizou-se uma pesquisa aplicada sobre o neg√≥cio a ser implantado, bem como o ambiente externo, ou seja, clientes fornecedores, etc. Como metodologia da pesquisa, caracteriza-se como bibliogr√°fica a an√°lise te√≥rica realizada no primeiro momento. Para realiza√ß√£o do plano de neg√≥cios, utilizou-se um software como ferramenta de an√°lise, sendo esta parte classificada como descritiva e explorat√≥ria , sendo a pesquisa caracterizada como qualitativa, em que s√£o inclu√≠das todas as informa√ß√Ķes avaliadas como relevantes, e assim s√£o projetados indicadores econ√īmicos e financeiros como Demonstra√ß√£o do Resultado do Exerc√≠cio, fluxo de caixa, payback descontado e simples, onde todos apresentam resultados positivos, e um retorno de dois anos para o descontado e um ano para o simples , sendo assim, s√£o atingidos todos objetivos da pesquisa sendo confirmada a viabilidade do empreendimento.

Palavras-chave: Culinária japonesa, restaurante, indicadores financeiros, plano de negócio, viabilidade.

 

Nome: Gabriele Tainara da Silveira

T√≠tulo: AN√ĀLISE DAS PR√ĀTICAS DE GOVERNAN√áA DA COOPERATIVA DE CR√ČDITO SICREDI DO VALE DO RIO PARDO EM RELA√á√ÉO AO GUIA DAS MELHORES PR√ĀTICAS DE GOVERNAN√áA PARA COOPERATIVAS DO IBGC

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Vania Amires Stiebbe Peiter

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: 05/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 72 pg.

Resumo:

A governan√ßa das cooperativas √© um dos elementos essenciais para aprimorar a confian√ßa do p√ļblico e assim conseguir novos investimentos e recursos para essas organiza√ß√Ķes. Com base no exposto o estudo teve como objetivo principal verificar se as pr√°ticas de governan√ßa da cooperativa de cr√©dito Sicredi Vale do Rio Pardo RS est√£o de acordo com as recomendadas pelo guia das melhores pr√°ticas de governan√ßa para cooperativas do IBGC. A metodologia da pesquisa quanto aos objetivos, procedimentos e abordagem do problema foi descritiva, bibliogr√°fica, documental e qualitativa. Para o levantamento dos dados foi realizada uma entrevista, por meio de um question√°rio estruturado, com o conselho de administra√ß√£o da cooperativa, e realiza√ß√£o de pesquisa documental no estatuto social e no relat√≥rio 2016 elaborado pela cooperativa. Como resultados da pesquisa, observou-se que a Sicredi VRP/RS possui um modelo de governan√ßa bem estruturado, estando dentro dos padr√Ķes estabelecidos pelo Instituto Brasileiro de Governan√ßa Corporativa (IBGC). Destacaram-se como pontos fortes a busca pela participa√ß√£o dos associados nas a√ß√Ķes da cooperativa. Percebeu-se que a gest√£o baseada na governan√ßa traz maior transpar√™ncia para a cooperativa perante os associados.

Palavras-chaves: Governança corporativa. Cooperativa de crédito. Boas práticas de governança.

 

Nome: Heine Willian Toillier

T√≠tulo: AN√ĀLISE DE VIABILIDADE ECON√ĒMICA PARA CRIA√á√ÉO E ENGORDA DE PEIXES NA LOCALIDADE DE TUCURU√ć ‚Äď PA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Fernando Batista Bandeira da Fontoura

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: 17/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 57 pg.

Resumo:

Tendo em vista o alto √≠ndice de empresas que encerram suas atividades nos primeiros tr√™s anos de atividade, percebe-se a necessidade de realizar-se um planejamento eficiente, para empreender e investir em alguma atividade econ√īmica que traga retorno financeiro. Estudar a viabilidade econ√īmica de uma cria√ß√£o e engorda de peixes no Norte do pais foi o objetivo deste trabalho. Para este estudo, o principal questionamento foi: qual √© o investimento inicial necess√°rio para a viabilidade econ√īmica para a atividade da piscicultura, na cria√ß√£o do peixe pirarucu na regi√£o Sudeste do Par√°, para o tri√™nio. Para projetar e p√īr em pr√°tica esta viabilidade, com proje√ß√£o para recuperar o investimento inicial nos tr√™s primeiros anos, a metodologia utilizada foi a pesquisa descritiva de forma qualitativa. Para obter as informa√ß√Ķes realizou-se um trabalho em conjunto com a EMBRAPA-PA, regi√£o Marab√°, por meio de folders, cartilhas, com a finalidade de coletar dados, al√©m de identificar poss√≠veis consumidores e suas necessidades na regi√£o sudeste do Par√°, bem como estimar volume de vendas durante os tr√™s anos de atividade. Para demonstrar em c√°lculos dos √≠ndices de viabilidade foram realizados or√ßamentos de demonstra√ß√Ķes de resultados dos exerc√≠cios do tri√™nio e lucratividade. Ap√≥s todos os dados serem criteriosamente analisados, chegou se a conclus√£o que o projeto deste empreendimento √© vi√°vel, e que o investimento inicial necess√°rio foi de R$ 106.288,74, e a lucratividade √© favor√°vel, chegando aos √≠ndices de 29%, 17,17 % e 11,85 % sobre o faturamento bruto anual, nos anos X1, X2 e X3, sucessivamente.

Palavras-chave: Viabilidade econ√īmica. Gest√£o de resultados. Investimento inicial.

 

Nome: Helena Scorteganha

Título: PARTICIPAÇÃO PER CAPITA DOS EMPREGADOS NA DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO EM DIFERENTES RAMOS DE ATIVIDADES

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Daniel Wartchow

Professor Convidado: M√°rcia Rosane Frey

Data da banca: 16/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 17 pg.

Resumo:

Dentre as informa√ß√Ķes contidas na DVA, as quais auxiliam seus diversos usu√°rios na tomada de decis√Ķes, destaca-se a import√Ęncia da distribui√ß√£o da riqueza gerada aos empregados. Nesse contexto, o presente estudo tem como objetivo principal a an√°lise da participa√ß√£o dos empregados na riqueza gerada pelas empresas que fazem parte da carteira do ISE no ano de 2016, identificando o setor que mais distribui valor adicionado per capita aos seus empregados. Para o desenvolvimento desta an√°lise a metodologia utilizada considera-se de natureza descritiva, de abordagem quantitativa, e o m√©todo utilizado foi a pesquisa documental. A amostra foi composta pelas empresas pertencentes a carteira do ISE 2016 divulgada pela BM&FBovespa, sendo os dados coletados das Demonstra√ß√Ķes de Valor Adicionado e Relat√≥rios de Sustentabilidade para os per√≠odos de 2015 e 2016. Os resultados demonstraram que o setor de Utilidade P√ļblica distribuiu o maior valor aos empregados per capita durante os per√≠odos de 2015 e 2016. J√° o setor de Consumo C√≠clico foi o setor que menos distribuiu valor per capita em ambos os per√≠odos, havendo ainda um decr√©scimo do ano de 2015 para 2016. Pode-se concluir que h√° diferen√ßas significativas entre os setores no que refere-se a distribui√ß√£o de valor per capita aos empregados.

Palavras-chaves: Valor adicionado. Valor per capita distribu√≠do aos empregados. √ćndice de Sustentabilidade Empresarial.

 

Nome: Iury Jean Lucas

T√≠tulo: AN√ĀLISE DAS DEMONSTRA√á√ēES CONT√ĀBEIS DA METAL√öRGICA MOR S.A.

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Daniel Wartchow

Professor Convidado: Melissa Kanitz

Data da banca: 11/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 59 pg.

Resumo:

A an√°lise das demonstra√ß√Ķes cont√°beis √© uma importante ferramenta da contabilidade atrav√©s da qual se avalia o desempenho da empresa por meio de √≠ndices econ√īmicos financeiros, analisando fatores internos fornecendo uma vis√£o sobre as tend√™ncias da empresa em determinado per√≠odo de tempo, produzindo informa√ß√Ķes √ļteis para auxiliar na tomada de decis√£o pelos seus administradores, investidores e demais interessados. O presente estudo buscou verificar a situa√ß√£o econ√īmico financeira da empresa Metal√ļrgica Mor S/A no per√≠odo de 2012 a 2016, e compar√°-la ao setor ao qual pertence, sendo esse o setor Sider√ļrgico e Metal√ļrgico. Foi realizada uma pesquisa bibliogr√°fica com base em livros e artigos cientificos sobre a an√°lise cont√°bil. Quantos aos procedimentos utilizou-se da pesquisa documental, servindo de base para a an√°lise as demonstra√ß√Ķes cont√°beis publicadas da empresa Metal√ļrgica Mor S/A., sendo o Balan√ßo Patrimonial e a Demonstra√ß√£o do Resultado do Exerc√≠cio. O resultado desta an√°lise demonstra que a empresa √© bem gerenciada por seus administradores apresentado resultados positivos, tendo apenas o ano de 2015 como exce√ß√£o devido a fatores externos, os quais afetaram todo o setor. Por fim, tendo analisado a situa√ß√£o financeira e econ√īmica da Metal√ļrgica Mor S/A, conclui-se que esta est√° est√°vel e tamb√©m est√° melhor que a m√©dia do setor por ter apresentado melhores resultados nos √≠ndices analisados.

Palavras-chave: Analise das demonstra√ß√Ķes financeiras. √ćndices Financeiros. Setor metal√ļrgico.

 

Nome: J√©ssica Porci√ļncula

T√≠tulo: PERCEP√á√ÉO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE CI√äNCIAS CONT√ĀBEIS SOBRE A √ČTICA PROFISSIONAL DO CONTADOR

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Convidado: M√°rcia Rosane Frey

Data da banca: 07/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 54 pg.

Resumo:

O C√≥digo de √©tica profissional do contador (CEPC) foi criado para guiar os profissionais no que diz respeito aos procedimentos corretos no desempenho da profiss√£o e cont√©m os princ√≠pios √©ticos aplic√°veis a sua conduta. Nesse contexto, o estudo teve por finalidade conhecer a percep√ß√£o dos estudantes do curso de Ci√™ncias Cont√°beis da Universidade de Santa Cruz do Sul sobre a √©tica profissional cont√°bil, com base no CEPC, atrav√©s da aplica√ß√£o de question√°rio visando conhecer a import√Ęncia que os alunos atribuem √† √©tica profissional. A pesquisa foi realizada com uma amostra de 63 alunos, do 7¬ļ e 8¬ļ semestres, de um total de 79 estudantes. A metodologia desenvolvida foi uma pesquisa descritiva, quantitativa de forma a analisar e qualificar a popula√ß√£o examinada. Sobre o CEPC o conhecimento de modo geral mostrou-se mediano, pelo fato de quase todas as quest√Ķes envolvendo especificamente o CEPC tiveram um baixo conhecimento por parte dos alunos. Quanto as quest√Ķes envolvendo a conduta profissional, os alunos obtiveram um bom desempenho, visto que mais da metade julgaram as pr√°ticas de conduta de acordo com as normas profissionais. Teve- se em 2014 uma pesquisa realizada por aluna concluinte com mesmos objetivos, e ao compara-las notou-se pouca diferen√ßa e evolu√ß√£o no conhecimento dos entrevistados. Com os resultados apurados, percebesse que a disciplina de √Čtica e Legisla√ß√£o Profissional Cont√°bil se torna ainda mais necess√°ria para uma boa percep√ß√£o dos alunos quanto a √©tica profissional.

Palavras-chave: √Čtica; C√≥digo de √Čtica Profissional do Contador; Conduta Profissional; √Čtica Profissional.

 

Nome: Jéssica Tais Hackenhaar

T√≠tulo: SISTEMA DE INFORMA√á√ēES GERENCIAIS PARA UMA EMPRESA DE PEQUENO PORTE

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: 23/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 51 pg.

Resumo:

Atualmente, obter um sistema de informa√ß√Ķes gerencias para as empresas de pequeno porte, √© de suma import√Ęncia, pois o pa√≠s passa por uma queda brusca na economia, e tendo que se manter diante da alta competitividade no mercado, principalmente o com√©rcio varejista, a qual se refere o presente estudo. Portanto, o trabalho estuda o sistema de informa√ß√Ķes gerenciais de uma empresa de pequeno porte, no ramo de com√©rcio varejista feminino, localizado no centro de Santa Cruz do Sul ‚ÄďRS. O trabalho foi classificado como sendo uma pesquisa documental, descritiva e qualitativa, para a viabilidade da mesma em rela√ß√£o ao mercado competitivo. Para tal execu√ß√£o, foram utilizadas algumas ferramentas, como o fluxo de caixa e aplica√ß√£o dos mark-up, afim de obter resultados que influenciem nas tomadas de decis√Ķes da empresa, e as proje√ß√Ķes do per√≠odo de julho a dezembro de 2017. Com tudo, o referido trabalho, apresenta dados e informa√ß√Ķes disponibilizados pela propriet√°ria da empresa, e apresentou resultados satisfat√≥rios em rela√ß√£o a sua proje√ß√£o do fluxo de caixa, e de seus mark-up. A empresa consta com o m√™s de setembro bem favor√°vel em rela√ß√£o ao projetado, diferente do m√™s de agosto, onde n√£o teve o valor projetado. Finaliza-se ent√£o, que a empresa em quest√£o tem condi√ß√Ķes para se manter no mercado, e gerar lucros requeridos pela propriet√°ria.

Palavras chave: Estudo; Mark-up; Fluxo de caixa; Projeção; Economia.

 

Nome: Josiane Schaefer Grando

T√≠tulo: AN√ĀLISE DA EDUCA√á√ÉO FINANCEIRA COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO DAS FINAN√áAS PESSOAIS DOS EMPREGADOS DO HOSPITAL SANTA CRUZ

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Melissa Teresa Kanitz

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: 16/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 62 pg.

Resumo:

Levando em considera√ß√£o a relev√Ęncia do tema educa√ß√£o financeira, que define-se como um processo pelo qual busca-se entendimento sobre produtos financeiros e informa√ß√Ķes para tomadas de decis√Ķes acerca de quest√Ķes relacionadas ao assunto, o Hospital Santa Cruz promoveu palestras sobre independ√™ncia financeira para seus empregados, a fim de benefici√°-los com informa√ß√Ķes para administrarem suas finan√ßas pessoais de forma correta. O presente trabalho teve como objetivo, diagnosticar se o grupo de empregados que participou da palestra teve outra percep√ß√£o sobre sua gest√£o financeira pessoal em rela√ß√£o ao grupo que n√£o participou. A metodologia classificou-se como descritiva, procedimento identificado como survey e quanto a abordagem como qualitativa quantitativa. Para o levantamento e an√°lise dos dados, elaborou-se question√°rio sobre educa√ß√£o financeira e selecionou-se vinte empregados, destes, dez configuram o grupo de controle, isto √©, empregados que participaram de palestra sobre independ√™ncia financeira. Ap√≥s de acordo com as caracter√≠sticas do grupo de controle, selecionou-se outros dez empregados que formam o grupo estudado, ou seja, aqueles que n√£o participaram. A partir do question√°rio analisado, os resultados apontaram que houve outra percep√ß√£o dos empregados que participaram da palestra proporcionada pela institui√ß√£o em rela√ß√£o ao grupo que n√£o participou. Deste modo, elaborou-se proposta de programa de educa√ß√£o financeira para a institui√ß√£o hospitalar, a fim de beneficiar todos os envolvidos no processo, auxiliando empregados a se organizarem financeiramente e a institui√ß√£o, com equipes mais concentradas e financeiramente saud√°veis. Pode-se ressaltar tamb√©m a relev√Ęncia acad√™mica do assunto abordado, pois torna-se banco de dados para futuras pesquisas relacionadas ao assunto.

Palavras-chave: Educação financeira. Instituição hospitalar. Empregados.

 

Nome: Josiele Cristiane Paulus

Título: PROJEÇÃO DE FLUXO DE CAIXA EM UMA EMPRESA DE COMERCIALIZAÇÃO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Vilmar Thomé

Professor Convidado: Melissa Kanitz

Data da banca: 20/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 84 pg.

Resumo:

A proje√ß√£o do fluxo de caixa est√° relacionada ao planejamento financeiro da empresa, considerada uma ferramenta de orienta√ß√£o que auxilia os gestores para as tomadas de decis√Ķes, utilizadas para fins gerenciais. Em empresas de pequeno porte, o propriet√°rio assume diversas fun√ß√Ķes de gest√£o. Por este motivo precisa estar a par de tudo o que acontece nos diversos ambientes da empresa, para assim tomar uma decis√£o eficaz. Neste contexto, foi realizada a proje√ß√£o do fluxo de caixa de uma empresa de comercializa√ß√£o de materiais de constru√ß√£o para o per√≠odo de julho de 2017 a junho de 2018. Para isso, se teve como objetivos as seguintes proje√ß√Ķes: investimentos, receitas, despesas, demonstra√ß√£o do resultado do exerc√≠cio, fluxo de caixa e suas respectivas an√°lises verticais. Quanto √† metodologia de pesquisa, foi considerada uma pesquisa explorat√≥ria, descritiva, documental, bibliogr√°fica e qualitativa. Atrav√©s da Matriz de SWOT foram apresentadas as for√ßas, fraquezas, oportunidades e amea√ßas da empresa. As proje√ß√Ķes das receitas e despesas foram realizadas por meio da an√°lise hist√≥rica do per√≠odo e a partir das premissas estabelecidas, para fins de an√°lise dos resultados. Em termos de resultado, verificou-se que a empresa apresentou saldos financeiros positivos para o per√≠odo projetado. Constatou-se tamb√©m a import√Ęncia da implanta√ß√£o do sistema or√ßament√°rio que contempla o or√ßamento operacional e a proje√ß√£o do fluxo de caixa, pois torna os gestores capazes de analisar os resultados e minimizar os poss√≠veis riscos de forma antecipada, gerando solu√ß√Ķes para o desenvolvimento da empresa.

Palavras chave: Fluxo de Caixa. Planejamento Financeiro. Orçamento.84

 

Nome: Juliana Tainara dos Santos

T√≠tulo: AN√ĀLISE DE CUSTO VOLUME LUCRO COMO FERRAMENTA DE APOIO PARA GEST√ÉO DE ARROZEIRAS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Fernando B. B. Fontoura

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: 16/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 54 pg.

Resumo:

 Diante da necessidade de um processo de gestão eficaz para arrozeiras, o presente estudo teve como objetivo geral identificar os resultados em termos de custo, volume e lucro da Arrozeira Santos. Os objetivos específicos foram realizar um levantamento patrimonial, levantar os custos fixos e variáveis, elaborar planilhas de margem de contribuição, precificação, ponto de equilíbrio e projeção resultados. A metodologia do estudo foi qualitativa e descritiva, e os dados foram levantados mediante pesquisa documental junto a empresa cerealista. Como principais resultados destaca-se a análise de ponto de equilíbrio e avaliação de resultado que poderá ser reavaliado a cada período na empresa. A empresa vem tendo resultados positivos, evidenciado pelo resultado líquido do período analisado de R$126.547,90 em comparação com o resultado líquido que seria obtido caso fosse aplicado o preço de venda ideal sugerido por meio de Mark Up que seria de R$99.214,32.

Palavras- chave: Custeio variável. Ponto de equilíbrio. Gestão de resultados.

 

Nome: K√°tia Luiza Kuentzer

Título: GESTÃO E MAPEAMENTO DE COMPRAS DE MATERIAIS INDIRETOS COM ÊNFASE EM CONCEITOS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Convidado: Laercio Rogério Friedrich

Data da banca: 05/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 38 pg.

Resumo:

Em um ambiente corporativo cada vez mais competitivo, as organiza√ß√Ķes se v√™m obrigadas a tornarem-se mais eficazes e eficientes. Portanto se faz necess√°rio que a empresa tenha uma atitude proativa e analise o que de fato poderia ser reduzido ou aprimorado internamente, para agregar valor √† organiza√ß√£o como um todo. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo principal verificar a contribui√ß√£o da governan√ßa corporativa na gest√£o e mapeamento de materiais indiretos no setor de compras de uma organiza√ß√£o. Foram apresentados os principais aspectos do departamento de compras e o conceito da gest√£o de materiais que visa assegurar que os materiais supram a necessidade do processo e auxiliem na produtividade da organiza√ß√£o. A metodologia utilizada para elabora√ß√£o deste estudo foi de natureza qualitativa, descritiva, bibliogr√°fica e documental. Com base na an√°lise dos dados da pesquisa, verificou-se que a empresa estudada possui uma boa governan√ßa corporativa estabelecida na compra e gest√£o de materiais indiretos, atrav√©s de normas e procedimentos globais e locais voltados para a padroniza√ß√£o do processo de compras e para o relacionamento com o fornecedor. Os resultados demonstram que a empresa possui um bom controle e gest√£o dos materiais indiretos, atingindo 84% do total desses materiais. Para o restante dos materiais indiretos apresentou-se um plano de a√ß√£o para gest√£o e mapeamento, como sugest√£o de melhoria, que resultariam em benef√≠cios, como redu√ß√£o de custos e maior abrang√™ncia das aquisi√ß√Ķes.

Palavras-chaves: Governança corporativa, compras, gestão de materiais indiretos.

 

Nome: Leticia Sabrina Weisheimer Bittencourt

T√≠tulo: A AN√ĀLISE DO USO DA FERRAMENTA DE CONTROLE GERENCIAL NAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS COMERCIAIS NO MUNIC√ćPIO DE SANTA CRUZ DO SUL - RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: M√°rcia Rosane Frey

Data da banca: 28/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 48 pg.

Resumo:

As micro e pequenas empresas tem a necessidade de utilizar ferramentas gerenciais que permitem agilizar e aprimorar o processo decis√≥rio, pois s√£o muito vulner√°veis as mudan√ßas do ambiente. Neste contexto o presente trabalho teve por objetivo verificar junto as Micros e Pequenas empresas localizadas no bairro Centro do Munic√≠pio de Santa Cruz do Sul ‚Äď RS seu ao conhecimento e a utiliza√ß√£o de alguma ferramenta da contabilidade gerencial no processo de gest√£o para tomada de decis√£o. Os m√©todos utilizados no estudo foram a pesquisa bibliogr√°fica e documental com caracter√≠sticas da pesquisa descritiva e abordagem qualitativa do problema. A unidade de an√°lise foi uma amostra de 633 empresas no qual obteve-se um retorno de 124, representando 15,52% do total da regi√£o central de Santa Cruz do Sul ‚Äď RS. Conforme os dados obtidos pela pesquisa verificou-se que 51,61% dos que responderam informaram que n√£o utilizam ferramentas da contabilidade gerencial, 27,42% responderam que utilizam e 20,97% n√£o responderam. A pesquisa, apresenta a import√Ęncia da contabilidade gerencial para as micro e pequenas empresas, mostrando que a contabilidade gerencial √© a base de uma administra√ß√£o segura, pois os casos de sucesso destas empresas aumentariam de maneira significativa, al√©m de possibilitar um melhor acompanhamento do desempenho do neg√≥cio.

Palavras-chave: Ferramentas da contabilidade gerencial. Gestão de negócios. Micro e pequena empresa.

 

Nome: Luana Vanessa Schlesner Arguilar

T√≠tulo: AN√ĀLISE DO PERFIL DOS EGRESSOS DO CURSO DE CI√äNCIAS CONT√ĀBEIS DA UNISC QUE CURSARAM OS LABORAT√ďRIOS DE PR√ĀTICAS CONT√ĀBEIS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: 16/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 67 pg.

Resumo:

A forma√ß√£o de profissionais aptos a desempenhar suas atividades acompanhando as r√°pidas mudan√ßas que ocorrem em todos os segmentos exige cada vez mais das universidades. Nesse contexto, insere-se o presente trabalho, no qual buscou-se identificar e analisar o perfil do Bacharel em Ci√™ncias Cont√°beis da Universidade de Santa Cruz do Sul ‚Äď UNISC, graduados a entre 2012 a 2016, que tiveram em seu curr√≠culo, est√°gios curriculares assistidos em Laborat√≥rios de Pr√°ticas Cont√°beis. O estudo caracterizou-se como uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa do problema. Para o levantamento de dados recorreu-se a pesquisa survey com a aplica√ß√£o de um question√°rio elaborado no Online Pesquisas. Trabalhou-se com uma amostra de 54,41% dos diplomados no per√≠odo. Em termos de resultado, verificou-se que os laborat√≥rios de Pr√°ticas Cont√°beis, 75,3% dos egressos pesquisados ampliaram os conhecimentos √ļteis a profiss√£o; para 62,6% melhorou o aprendizado em si, e para 25,3% os laborat√≥rios reduziram a falta de experi√™ncia. A pesquisa tamb√©m possibilitou a identifica√ß√£o de defici√™ncias na forma√ß√£o profissional, que subsidiaram recomenda√ß√Ķes sobre medidas que visem √† melhoria do ensino superior de Ci√™ncias Cont√°beis.

Palavras-chave: Perfil profissional. Ciências Contábeis. Laboratórios de Práticas Contábeis.

 

Nome: Maria Augusta Steinhaus de Lima

T√≠tulo: PLANO DE NEG√ďCIOS PARA IMPLANTA√á√ÉO DE UMA EMPRESA NO RAMO DE CONFEITARIA NO MUNIC√ćPIO DE SANTA CRUZ DO SUL - RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Ricardo André Machado

Professor Convidado: Fernando Batista Bandeira da Fontoura

Data da banca: 01/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 94 pg.

Resumo:

O presente estudo tem como prop√≥sito elaborar um plano de neg√≥cios para implanta√ß√£o de uma empresa no ramo de confeitaria com vendas sob encomenda, no munic√≠pio de Santa Cruz do Sul - RS. Neste sentido, o plano de neg√≥cio torna-se de fundamental import√Ęncia para a realiza√ß√£o deste estudo, uma vez que, √© considerado uma ferramenta gerencial, capaz de mostrar a viabilidade e estrat√©gias do neg√≥cio, al√©m de ser bastante utilizada na tomada de decis√£o do empreendedor que almeja implanta√ß√Ķes, expans√Ķes ou mudan√ßas de localidade do neg√≥cio. Para tanto, no desenvolvimento da fundamenta√ß√£o te√≥rica deste trabalho, aborda-se conceitos de v√°rios autores das √°reas de empreendedorismo, microempreendedor individual, sistema de tributa√ß√£o pelo Simples Nacional e plano de neg√≥cios. Quanto aos objetivos, busca-se apresentar a estrutura e as principais caracter√≠sticas de um plano de neg√≥cios, analisar o mercado e o contexto organizacional da empresa, estabelecer os aspectos estrat√©gicos, mercadol√≥gicos e financeiros do neg√≥cio e, por fim, avaliar a viabilidade de implanta√ß√£o da empresa. Quanto ao m√©todo utilizado para realiza√ß√£o deste estudo, utiliza-se quanto aos objetivos, o delineamento de um estudo descritivo, quanto √† abordagem trata-se de uma pesquisa qualitativa e quantitativa e, quanto aos procedimentos t√©cnicos, realiza-se a pesquisa bibliogr√°fica, documental e o levantamento de informa√ß√Ķes a cerca do assunto por meio de conversas semi-estruturadas, pesquisas de pre√ßos e da aplicabilidade de uma enquete de satisfa√ß√£o junto aos clientes. Sendo assim, por meio da metodologia utilizada, coleta-se todas as informa√ß√Ķes necess√°rias e primordiais para a realiza√ß√£o deste estudo. Por fim, com base nos resultados alcan√ßados, pode-se concluir que o projeto em estudo para o per√≠odo de tr√™s anos, dentro dos dados elaborados e de acordo com a an√°lise do plano de neg√≥cios, torna-se vi√°vel, com cen√°rio favor√°vel e em crescimento cont√≠nuo.

Palavras-chaves: Empreendedorismo. Plano de negócio. Confeitaria. Viabilidade.

 

Nome: Marilei Janice Gehrke

T√≠tulo: PLANEJAMENTO TRIBUT√ĀRIO APLICADO A EMPRESA DE COM√ČRCIO VAREJISTA DE PRODUTOS FARMAC√äUTICOS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Daniel Wartchow

Professor Convidado: Laercio Rogério Friedrich

Data da banca: 04/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 62 pg.

Resumo:

No Brasil a alta carga tribut√°ria muitas vezes interfere nos resultados das empresas de forma a dificultar sua continuidade. Com o prop√≥sito de enfrentar a concorr√™ncia e se manter no mercado, as empresas buscam formas para reduzir seus custos e obter lucro. Neste intuito, o planejamento tribut√°rio tem como objetivo diminuir os custos atrav√©s da redu√ß√£o de impostos, que dever√° refletir positivamente nos resultados da empresa. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi apurar os tributos no √Ęmbito federal e estadual nas tr√™s modalidades de tributa√ß√£o, Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, e verificar se a atual tributa√ß√£o de uma empresa do ramo de com√©rcio varejista de produtos farmac√™uticos ser√° a mais indicada para o ano de 2018. Este estudo se deu atrav√©s da pesquisa bibliogr√°fica e documental, sendo descritiva e com abordagem qualitativa. Ap√≥s as apura√ß√Ķes realizadas, mantidas as demais vari√°veis, concluiu-se que a modalidade de tributa√ß√£o que a empresa tributa atualmente, o Simples Nacional, ser√° a mais vantajosa para 2018.

Palavras-chave: planejamento tribut√°rio; simples nacional; lucro presumido e lucro real.

 

Nome: Marleti Silveira da Silva

T√≠tulo: COMPET√äNCIAS E HABILIDADES REQUERIDAS DO PROFISSIONAL CONT√ĀBIL PELA IND√öSTRIA DO TABACO DA REGI√ÉO DO VALE DO RIO PARDO ‚Äď RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: 22/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 38 pg.

Resumo:

Com as mudan√ßas ocorridas na contabilidade, seja em fun√ß√£o da converg√™ncia √†s normas internacionais ou pelas constantes exig√™ncias do SPED, o mercado de trabalho passou a requerer maiores qualifica√ß√Ķes para atua√ß√£o do profissional cont√°bil. Neste contexto, o presente estudo teve por objetivo investigar o perfil socioecon√īmico, as compet√™ncias e habilidades que a ind√ļstria do ramo de tabaco, concentrada no Vale do Rio Pardo na regi√£o de abrang√™ncia da Universidade de Santa Cruz do Sul ‚Äď Unisc, busca no profissional cont√°bil. A metodologia utilizada para a pesquisa foi de natureza descritiva com abordagem quantitativa do problema. O levantamento dos dados foi realizado por meio de survey, com aplica√ß√£o de question√°rio eletr√īnico ‚Äėonline pesquisa‚Äô em 11 ind√ļstrias do ramo do tabaco, associadas ao Sinditabaco. Os resultados sobre o perfil socioecon√īmico revelam que as empresas n√£o tem prefer√™ncia por idade, g√™nero, estado civil e a maioria n√£o exige conhecimento de outro idioma. Quanto √†s habilidades e compet√™ncias os resultados sinalizaram a exig√™ncia de v√°rias habilidades t√©cnicas e interpessoais destacando-se conhecimentos espec√≠ficos na √°rea de custos, legisla√ß√£o fiscal e tribut√°ria e habilidades de trabalho em equipe e comprometimento. Conclui-se que os profissionais requeridos pela ind√ļstria do tabaco, devem ter ex√≠mio conhecimento e experi√™ncia na √°rea cont√°bil e, possu√≠rem um amplo conjunto de habilidades interpessoais.

Palavras-chave: Habilidades e compet√™ncias. Perfil profissional do contador. Mercado de trabalho. Ind√ļstria do tabaco.

 

Nome: Matheus Sulzbach Weiss

T√≠tulo: AN√ĀLISE DA REMUNERA√á√ÉO DO GOVERNO PELAS EMPRESAS LISTADAS NA BM&F BOVESPA COM ISE NO PER√ćODO DE 2012 a 2016

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: 29/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 30 pg.

Resumo:

O presente estudo teve objetivo evidenciar a import√Ęncia da Demonstra√ß√£o do Valor Adicionado como instrumento informativo da riqueza gerada com √™nfase na remunera√ß√£o paga ao governo a t√≠tulos de impostos taxas e contribui√ß√Ķes. Para tanto, foi realizada uma an√°lise compreendendo os dados dos anos de 2012 a 2016 da Demonstra√ß√£o do Valor Adicionado das empresas da BMF&BOVESPA com participa√ß√£o na carteira da ISE verificando-se qual o setor econ√īmico que melhor remunerou o governo nos √ļltimos cinco anos. Em termos metodol√≥gicos, para o levantamento dos dados utilizou-se da pesquisa documental junto ao banco de dados da Comiss√£o de Valores Mobili√°rios (CVM). Quanto a abordagem do problema recorreu-se a pesquisa quantitativa, pelo fato de utilizar-se de instrumentos estat√≠sticos para a an√°lise dos dados. Os resultados evidenciaram que os setores com a maior remunera√ß√£o ao governo, a t√≠tulo de impostos, taxas e contribui√ß√Ķes, foram, respectivamente o setor de energia el√©trica e o de intermedia√ß√£o financeira, em valores monet√°rios e em percentual de distribui√ß√£o em rela√ß√£o a riqueza gerada. Observou-se que a remunera√ß√£o paga ao governo a t√≠tulo de impostos, taxas e contribui√ß√Ķes n√£o mantem um padr√£o no per√≠odo analisado de 2012 a 2016, diferenciando-se entre as empresas e tamb√©m entre os diferentes setores.

Palavras-chave: DVA. Distribuição do Valor Adicionado. Remuneração do governo. ISE.

 

Nome: Mayara Ellwanger Ritzel

Título: PRECIFICAÇÃO EM UMA EMPRESA VAREJISTA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Eloi Almiro Brandt

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: 28/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 57 pg.

Resumo:

O presente trabalho teve como foco principal a Gest√£o de Custos e forma√ß√£o do Pre√ßo de Venda, objetivando a apresenta√ß√£o de resultados atrav√©s da an√°lise da forma√ß√£o de pre√ßo e alguns fatores que o envolvem como m√©todos de custeio e lucro, com o objetivo de demonstrar as principais estrat√©gias de forma√ß√£o do pre√ßo de venda utilizadas no Supermercado Wollmann, com base nos meses agosto/setembro/outubro 2017 e comparar com o procedimento apresentado na literatura da √°rea de precifica√ß√£o. O estudo fora realizado por meio de pesquisa descritiva documental com abordagem qualitativa. Os procedimentos metodol√≥gicos utilizados partem de uma abordagem qualitativa, permitindo escrever e analisar objetivando compreender os aspectos relevantes e diferenciais sobre princ√≠pios, conceitos e origens que dar√£o uma ampla ideia para justificar a forma√ß√£o do pre√ßo. Isso se obteve atrav√©s de informa√ß√Ķes sobre o custo de aquisi√ß√£o das mercadorias, as despesas fixas e vari√°veis, para assim, obter ou realizar a apura√ß√£o do custo total. Foi realizada a pesquisa sobre o c√°lculo do Mark-Up para a forma√ß√£o do Pre√ßo de Venda. Ressaltando a import√Ęncia de utilizar a gest√£o de custos como ferramenta gerencial. Em um ambiente de neg√≥cios que enfrenta uma alta preocupa√ß√£o em rela√ß√£o a concorr√™ncia √© importante saber e diagnosticar um diferencial para se encontrar mais √† frente dos demais. Portanto, ap√≥s a realiza√ß√£o do estudo em tela, em especial no que se refere ao estudo de caso, ser√° poss√≠vel verificar que a empresa estudada necessita de melhoramentos no que tange √† precifica√ß√£o.

Palavras-chave: Contabilidade de Custos. Métodos de Custeio. Precificação

 

Nome: Maycon Schulz Ruas

T√≠tulo: CUSTOS ALIMENTARES: MENSURA√á√ÉO E AN√ĀLISE DOS CUSTOS DAS DIETAS EM UMA INSTITUI√á√ÉO HOSPITALAR

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Ricardo André Machado

Professor Convidado: Elói Almiro Brandt

Data da banca: 05/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 95 pg.

Resumo:

Em meio √† crise econ√īmica que assola os hospitais de maneira geral, o dom√≠nio das vari√°veis financeiras se mostra indispens√°vel para gest√£o estrat√©gica. Ter o pleno conhecimento dos custos das diversas opera√ß√Ķes para fundamentar as decis√Ķes √© uma das condi√ß√Ķes primordiais para o bom desenvolvimento de qualquer institui√ß√£o da sa√ļde. Portanto, o controle minucioso dos custos mostra-se como uma ferramenta fundamental. Diante disso, este estudo buscou analisar e mensurar o custo das sete principais dietas hospitalares prescritas aos pacientes internados no Hospital Santa Cruz no per√≠odo de agosto de 2017. Visando atender a demanda de informa√ß√Ķes gerenciais e otimiza√ß√£o das metas planejadas, buscou-se apurar os custos dessas dietas por meio de duas metodologias de c√°lculo, avaliando, se a forma de mensura√ß√£o de custos at√© ent√£o praticada na institui√ß√£o √© satisfat√≥ria para apoiar a tomada de decis√Ķes dos gestores. O desenvolvimento do trabalho deu-se por meio de uma revis√£o conceitual de implementa√ß√£o dos principais sistemas de custeio, entrevistas e levantamento e an√°lise de dados visando atender e elucidar os objetivos propostos. Foi poss√≠vel observar ap√≥s an√°lise dos dados colhidos, que a metodologia utilizada atualmente pelo Hospital Santa Cruz para a mensura√ß√£o dos custos das suas dietas, √© satisfat√≥ria, em rela√ß√£o √†s necessidades da administra√ß√£o para a tomada de decis√Ķes, uma vez que ap√≥s o desenvolvimento das duas novas metodologias, foi poss√≠vel perceber que com as particularidades envolvidas no preparo das refei√ß√Ķes, a metodologia de pesos praticada atualmente pode ser definida como apropriada para a mensura√ß√£o dos custos.

Palavras-Chaves: Hospital. An√°lise de custos. Custos hospitalares. Dietas hospitalares.

 

Nome: Milena Maiara Rachor

T√≠tulo: O PRINC√ćPIO DA PUBLICIDADE E O ACESSO √Ä INFORMA√á√ÉO NO √āMBITO MUNICIPAL: UMA AN√ĀLISE SOBRE A TRANSPAR√äNCIA DA GEST√ÉO FISCAL DO MUNIC√ćPIO DE SANTA CRUZ DO SUL/RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Patricia Sostmeier

Professor Convidado: M√°rcia Rosane Frey

Data da banca: 30/11/2017

N√ļmero de p√°ginas: 58 pg.

Resumo:

Com o intuito de aprimorar a gest√£o p√ļblica, as legisla√ß√Ķes acerca da transpar√™ncia governamental tornaram-se mais exigentes, ampliando a fiscaliza√ß√£o dos atos praticados pelos poderes p√ļblicos, o controle das respectivas presta√ß√Ķes de contas e a disponibilidade das informa√ß√Ķes ao cidad√£o. Neste contexto, a presente pesquisa teve como foco de estudo abordar a aplicabilidade da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e da Lei de Acesso √† Informa√ß√£o (LAI) no √Ęmbito municipal, realizando uma an√°lise do processo de transpar√™ncia na divulga√ß√£o de informa√ß√Ķes acerca da gest√£o fiscal do munic√≠pio de Santa Cruz do Sul/RS em seu s√≠tio eletr√īnico para os anos de 2014, 2015 e 2016 no que se refere √† adequa√ß√£o √†s normas e regras vigentes nas respectivas leis. Para tal, realizou-se uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, utilizando-se em rela√ß√£o aos procedimentos a pesquisa bibliogr√°fica e documental, bem como ferramentas de levantamento de dados. Com base na an√°lise dos resultados, constatou-se que a disponibiliza√ß√£o das informa√ß√Ķes obrigat√≥rias em rela√ß√£o √† gest√£o fiscal, tanto pela LRF quanto pela LAI para os anos de 2014, 2015 e 2016 pela prefeitura de Santa Cruz do Sul ocorreu de forma parcial, pois nenhum dos tr√™s per√≠odos analisados teve a divulga√ß√£o da totalidade de itens exigidos pelas referidas leis. De acordo com a pesquisa realizada, no exerc√≠cio financeiro de 2016, verificou-se a publica√ß√£o de 90,91% do total das exig√™ncias na p√°gina eletr√īnica do munic√≠pio. No per√≠odo de 2015, esse percentual representou 81,82% de dados dispon√≠veis para consulta popular e, para o ano de 2014, apenas 54,55% das exigibilidades foram divulgadas em cumprimento aos preceitos legais mencionados.

Palavras-chave: Transparência governamental. Gestão fiscal. Lei de Acesso à Informação. Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

Nome: Natalia Steinhaus Lima

T√≠tulo: DESEMPENHO ECON√ĒMICO-FINANCEIRO DAS IND√öSTRIAS CAL√áADISTAS DE CAPITAL ABERTO: UMA AN√ĀLISE DO PER√ćODO DE 2010 A 2016

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Daniel Wartchow

Professor Convidado: Elói Almiro Brandt

Data da banca: 12/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 18 pg.

Resumo:

O Brasil tem se destacado no setor cal√ßadista, figurando entre os maiores pa√≠ses produtores, exportadores e consumidores de cal√ßados. Dada a import√Ęncia deste setor para a economia brasileira, considera-se relevante analisar o desempenho econ√īmico-financeiro de empresas cal√ßadistas, das quais algumas est√£o entre as maiores empresas do pa√≠s. Este estudo teve como objetivo principal verificar o desempenho econ√īmico-financeiro das ind√ļstrias cal√ßadistas listadas no setor de Consumo C√≠clico, subsetor Tecidos, Vestu√°rio e Cal√ßados, da B3, buscando responder se estas empresas apresentam desempenho econ√īmico-financeiro semelhante. O m√©todo utilizado foi a pesquisa aplicada e quantitativa, pois √© uma investiga√ß√£o orientada para uma aplica√ß√£o pr√°tica que tem como intuito mensurar um conjunto de vari√°veis. Tamb√©m foram utilizadas a pesquisa descritiva, considerando que o estudo procura descrever as caracter√≠sticas de um fen√īmeno ou fato, relacionado suas vari√°veis, e a pesquisa documental, pois foi realizada atrav√©s das Demonstra√ß√Ķes Financeiras das empresas. A an√°lise de desempenho econ√īmico financeiro das empresas Alpargatas S.A., Cambuci S.A., Grendene S.A. e Vulcabras/Azaleia S.A. foi baseada nos √≠ndices calculados, a partir das Demonstra√ß√Ķes Financeiras de cada empresa, exerc√≠cios de 2010 a 2016. Os indicadores econ√īmico-financeiros utilizados foram os de endividamento, liquidez e rentabilidade. Com a an√°lise e interpreta√ß√£o dos √≠ndices obtidos, verificou-se que a Grendene S.A. n√£o s√≥ exibiu o melhor desempenho econ√īmico-financeiro, como tamb√©m registrou uma vantagem significativa em rela√ß√£o √†s concorrentes. Foi poss√≠vel concluir, ainda, que as quatro empresas estudadas, listadas na B3, embora sejam do mesmo segmento, n√£o apresentaram desempenho econ√īmico-financeiro semelhante.

PALAVRAS-CHAVE: An√°lise econ√īmico-financeira. Setor cal√ßadista. Indicadores. Desempenho.

 

Nome: Roberta Beati

T√≠tulo: AN√ĀLISE DOS CUSTOS DA PRODU√á√ÉO DE FRANGOS: SISTEMA INTEGRADO VERSUS COMPRA DIRETA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Watte

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: 12/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 68 pg.

Resumo:

A avicultura √© uma atividade dependente de avan√ßos tecnol√≥gicos e que exige um grande investimento de recursos, sendo que esta atividade trabalha com margens muito baixas de retorno. A maior parte das aves abatidas √© produzida no sistema de integra√ß√£o vertical, onde a empresa det√©m o controle de todos os elos da cadeia, ou seja, produ√ß√£o, abate, processamento e distribui√ß√£o. O objetivo do estudo √© analisar qual sistema de produ√ß√£o √© mais vantajoso para um frigor√≠fico de frangos, o sistema integrado de produ√ß√£o ou a compra direta de frango para abate. Para tanto, primeiramente foi feita uma pesquisa bibliogr√°fica, onde utilizou-se livros, artigos e revistas para a fundamenta√ß√£o te√≥rica, a pesquisa enquadra-se como descritiva e documental, pois levantou-se os dados do per√≠odo de jan. a jun. de 2017, atrav√©s documentos, planilhas e controles dos custos, fornecidos pelo frigorifico e empresa fornecedora. Foram levantados os custos referente ao frango vivo do 1¬ļ sem de 2017 e posteriormente foi projetado o 2¬ļ sem de 2017 nos dois sistemas. O frigorifico trabalha pelo sistema integrado de produ√ß√£o, ap√≥s os resultados obtidos e a an√°lise realizada, √© poss√≠vel afirmar que a empresa deve manter sua produ√ß√£o atrav√©s do sistema integrado, pois este mostrou-se, exceto em abril e dezembro, menos oneroso em 2017.

Palavras-chave: Avicultura, Frigorifico de frangos, Sistema integrado, Custo frango vivo.

 

Nome: Tamiris de Carvalho Toebe

T√≠tulo: AN√ĀLISE DA RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL DA MINERADORA SAMARCO FRENTE AO ACIDENTE AMBIENTAL DE MARIANA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Data da banca: 04/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 24 pg.

Resumo:

O desempenho das empresas est√° cada vez mais contemplando, al√©m da dimens√£o econ√īmica, a dimens√£o social e ambiental, ou seja, as empresas precisam objetivar seus lucros de forma alinhada com a responsabilidade social. Neste contexto, o presente estudo teve por objetivo identificar as a√ß√Ķes e medidas, relacionadas √† responsabilidade social, que a mineradora Samarco vem tomando frente ao acidente ambiental ocorrido em 2015 com o rompimento da barragem de Fund√£o, em Mariana/MG, assim como demonstrar, por meio da contabilidade ambiental, os reflexos do impacto do acidente nas Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis. Quanto √† metodologia, o estudo √© de natureza descritiva e explorat√≥ria com abordagem qualitativa do problema de pesquisa. Para o levantamento dos dados, utilizou-se de pesquisa bibliogr√°fica e documental. Com base no estudo verificou-se que a Samarco reconheceu obriga√ß√Ķes em decorr√™ncia do acidente ambiental e se comprometeu com um conjunto medidas e a√ß√Ķes de repara√ß√£o e compensa√ß√£o por meio de um Termo de Transa√ß√£o e Ajustamento de Conduta (TTAC). Os resultados obtidos demonstraram a import√Ęncia da responsabilidade social no meio empresarial, de registrar e evidenciar as transa√ß√Ķes que resultaram em impactos ao meio ambiente, assim como dimensionar os efeitos desses impactos nos neg√≥cios da empresa e nas Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis.

Palavras-chave: Responsabilidade social. Passivos ambientais. Mineradora Samarco. Acidente ambiental.

 

Nome: T√°ssia Briana Agne Azevedo

T√≠tulo: LEVANTAMENTO DAS PRINCIPAIS SOLICITA√á√ēES TRABALHISTAS COM BASE NAS SENTEN√áAS DEFERIDAS EM A√á√ēES DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4¬™ REGI√ÉO

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Fernando Batista Bandeira da Fontoura

Professor Orientador: Ana Cristine Heinen

Professor Convidado: Rodrigo Rabuske

Data da banca: 02/12/2017

N√ļmero de p√°ginas: 63 pg.

Resumo:

O passivo trabalhista vem gerando altos custos para as empresas devido ao n√£o investimento em medidas de preven√ß√£o e an√°lise das ocorr√™ncias dos departamentos pessoais. Uma das medidas a serem adotadas √© a introdu√ß√£o da auditoria interna ou externa para minimizar esta realidade. Neste sentido o presente trabalho busca analisar as verbas auferidas nas a√ß√Ķes trabalhistas do Tribunal Regional do Trabalho da 4¬™ Regi√£o verificando de que maneira a auditoria pode reduzir estes custos ou ainda evit√°-los com orienta√ß√Ķes preventivas. Para este estudo foram utilizadas as senten√ßas disponibilizadas no site do Tribunal Regional do Trabalho da 4¬™ Regi√£o, sendo verificadas as verbas solicitadas, as decis√Ķes dos ju√≠zes e os embasamentos e informa√ß√Ķes utilizadas para estas. As an√°lises realizadas foram divididas em verbas salariais principais, verbas salariais secund√°rias, verifica√ß√£o por segmento, verifica√ß√£o por tempo de empresa, buscando analisar de que forma estas informa√ß√Ķes podem ajudar a reduzir o passivo trabalhista. Com as an√°lises conclu√≠das pode-se verificar que na maioria dos casos, em torno de 70%, a auditoria poderia ter reduzido as a√ß√Ķes, ou ainda os custos provenientes das mesmas.

Palavras chave: passivo trabalhista, auditoria, senten√ßas, a√ß√Ķes trabalhistas

 

Nome: Adriane Raquel Henn

Título: O consumo consciente de produtos ecológicos da Fruteira Schulz

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Eloi Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 48

Resumo:

Com a consci√™ncia voltada ao consumo sustent√°vel e com o avan√ßo das percep√ß√Ķes das quest√Ķes ecol√≥gicas e preocupa√ß√Ķes ambientais, as pessoas est√£o valorizando e procurando gradativamente produtos ecol√≥gicos e sustent√°veis. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi verificar a prefer√™ncia dos clientes da Fruteira Schulz em adquirir produtos ecol√≥gicos, bem como sua inclina√ß√£o ao consumo consciente e a disponibilidade de pagar a mais por estes produtos. Para isso foi verificada, por meio da aplica√ß√£o de um question√°rio, a rela√ß√£o dos clientes com o meio ambiente, seus h√°bitos de consumo e suas percep√ß√Ķes com os aspectos relacionados com a pra√ßa de compra dos produtos ecol√≥gicos ou sustent√°veis. O instrumento de coleta foi aplicado junto a 70 clientes da Fruteira Schulz, caracterizando-se como uma pesquisa descritiva de abordagem quantitativa. Os resultados demonstram que os produtos ecol√≥gicos ou sustent√°veis ainda n√£o est√£o na prefer√™ncia de muitos, por√©m pode-se perceber uma inclina√ß√£o crescente por parte dos clientes sobre estes produtos, desde que a divulga√ß√£o esteja presente no ponto de venda e que o valor n√£o seja muito expressivo.

Palavras-chave: Produtos ecológicos. Consumo consciente. Meio Ambiente.

 

Nome: Adriane Beatriz Rech

T√≠tulo: DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL E A IMPORT√āNCIA DA UTILIZA√á√ÉO

DOS CONTROLES INTERNOS EM UMA EMPRESA DE SERVIÇOS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Fernando B. B. Fontoura

Professor Convidado: Eloi Almiro Brandt

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 90

Resumo:

Este estudo visou demonstrar a an√°lise do desenvolvimento organizacional e controles internos utilizados por uma microempresa prestadora de servi√ßos, localizada na cidade de Santa Cruz do Sul, bem como identificar o reflexo da migra√ß√£o da modalidade MEI para modalidade Simples Nacional. Tamb√©m buscou-se verificar a necessidade de adequa√ß√£o de controles internos, pois s√£o fundamentais para assegurar a fidedignidade e integridade dos registros, do mesmo modo que fornecem relat√≥rios financeiro e operacional eficientes para dar suporte nas rotinas desenvolvidas diariamente e para a correta tomada de decis√Ķes. Deste modo, foram utilizadas as metodologias de pesquisa, quanto ao objetivo, pesquisa explicativa e explorat√≥ria; quanto aos procedimentos, foram utilizadas a pesquisa bibliogr√°fica, documental e estudo de caso, e quanto √† abordagem do problema, a pesquisa qualitativa. A coleta de dados foi realizada atrav√©s de diversas visitas √† empresa, na qual foram elaborados questionamentos ao gestor, an√°lise hist√≥rica do desenvolvimento organizacional, e observa√ß√Ķes, para desta forma averiguar a real situa√ß√£o da empresa, bem como o levantamento de todos os custos e despesas, os pre√ßos de vendas praticados, o retorno esperado e c√°lculo do pre√ßo de venda ideal dos servi√ßos. Como principal constructo da pesquisa salienta-se que a empresa teve um crescimento e desenvolvimento baseado na vis√£o empreendedora do gestor, n√£o tendo um monitoramento atrav√©s de controle adequado ao desenvolvimento organizacional. Sugere-se al√©m da leitura estrat√©gica do neg√≥cio, um supervisionamento de controles, sugerido pelo custeio vari√°vel como suporte m√≠nimo, podendo ser replicado em outros casos e ramos da atividade.

Palavras-Chave: Desenvolvimento Organizacional. Controle Interno. Gest√£o de Custos.

 

Nome: Amanda Michele Abich

T√≠tulo: AN√ĀLISE DOS INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE

SOCIAL ADOTADOS PELA EMPRESA DICKOW & CIA LTDA.

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Eloi Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 53

Resumo:

A responsabilidade social e ambiental vem tornando-se um tema relevante no planejamento estrat√©gico das organiza√ß√Ķes, pois seu desempenho nesta √°rea pode vir a comprometer a sua continuidade e rentabilidade. Neste sentido s√£o utilizadas ferramentas para auxiliar as empresas quanto √†s decis√Ķes tomadas neste campo e um dos mecanismos de medi√ß√£o e indu√ß√£o para a responsabilidade social s√£o os Indicadores Ethos para Neg√≥cios Sustent√°veis e Respons√°veis, que buscam avaliar o quanto a responsabilidade social e sustentabilidade est√£o sendo incorporadas √† gest√£o das empresas. Com isso, o presente trabalho buscou diagnosticar e analisar o est√°gio de sustentabilidade e responsabilidade social nos neg√≥cios da empresa Dickow e Cia Ltda. tendo como refer√™ncia os cinco est√°gios propostos pela ferramenta do Instituto Ethos em quatro dimens√Ķes vis√£o e estrat√©gia, governan√ßa e gest√£o, social e ambiental. Em rela√ß√£o a metodologia, o presente trabalho se caracteriza como uma pesquisa descritiva e explorat√≥ria, com abordagem qualitativa. Utilizou-se de uma pesquisa documental e aplica√ß√£o do question√°rio padr√£o do Instituto Ethos para o levantamento de dados. Os resultados demonstraram que a empresa Dickow & Cia Ltda. na maioria dos 47 indicadores alcan√ßou o est√°gio dois de sustentabilidade e responsabilidade social nos neg√≥cios, mas pode-se afirmar que a sustentabilidade e a responsabilidade est√£o incorporadas nas pr√°ticas da empresa, onde ela almeja o crescimento econ√īmico de forma respons√°vel, buscando atrav√©s de melhores pr√°ticas antecipar-se das legisla√ß√Ķes e as exig√™ncias de seus clientes e da sociedade.

Palavras-chave: Responsabilidade Social, Indicadores Ethos, Sustentabilidade Empresarial.

 

Nome: Anderson Daniel Karsburg

T√≠tulo: CONTROLES INTERNOS APLICADOS A OPERA√á√ēES DE CR√ČDITO AGR√ćCOLA

NO SICREDI ‚Äď AN√ĀLISE DAS OPERA√á√ēES DE CR√ČDITO NA AG√äNCIA DE

NOVO CABRAIS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Renê Luiz Seibert

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 125

Resumo:

A presente pesquisa teve como principal objetivo verificar a exist√™ncia de controles internos em opera√ß√Ķes de cr√©dito do setor agr√≠cola no per√≠odo de janeiro a dezembro do ano 2016 e a partir dos dados levantados propor novos controles internos em rela√ß√£o a estas opera√ß√Ķes de cr√©dito na ag√™ncia de uma institui√ß√£o financeira. Neste contexto, a fundamenta√ß√£o te√≥rica proporcionou o conhecimento de conceitos cont√°beis fundamentais como contabilidade, controles internos, auditoria e seus principais objetivos. Em rela√ß√£o a metodologia, trata-se de uma pesquisa descritiva, documental e qualitativa, onde foram descritos os dados levantados a partir de documentos analisados de opera√ß√Ķes de cr√©dito realizadas pela ag√™ncia. Inicialmente levantou-se a rotina da ag√™ncia bem como as t√©cnicas que foram utilizadas para se ter controles internos eficientes e qualificados em rela√ß√£o as opera√ß√Ķes de cr√©dito do setor agr√≠cola. Entre as opera√ß√Ķes de cr√©dito analisadas, observou-se todos os check lists utilizados para cada linha de cr√©dito, realizando um comparativo entre o check list e os documentos utilizados, com o objetivo de identificar as poss√≠veis inconformidades relacionadas entre os check lists e os documentos utilizados em cada opera√ß√£o de cr√©dito analisada. Assim, levantados os dados, observou-se que os controles internos existentes em rela√ß√£o as opera√ß√Ķes de cr√©dito do setor agr√≠cola s√£o controles eficientes e qualificados, mas que necessitam estar em constante aprimoramento, trazendo cada vez maior seguran√ßa para a Cooperativa em rela√ß√£o ao cr√©dito ofertado. De acordo com os resultados obtidos, sugere-se uma melhor adequa√ß√£o dos atuais controles internos existentes em rela√ß√£o a rotina das atividades relacionadas as opera√ß√Ķes de cr√©dito da ag√™ncia.

Palavras-chave: Cooperativa. Controles Internos. Normativos de Cr√©dito. Opera√ß√Ķes de Cr√©dito.

 

Nome: Angélica Maria Nunes Silva

T√≠tulo: REALIZAR UMA PER√ćCIA CONT√ĀBIL NA √ĀREA C√ćVEL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Rodrigo Rabuske

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 95

Resumo:

A contabilidade tem por objeto o patrim√īnio, o qual tamb√©m √© motivo de conflitos de ordem social, e quando estes n√£o s√£o solucionados amigavelmente, a parte que se sente prejudicada ingressa via judicial, buscando seus direitos. Incumbe ao juiz proferir senten√ßa justa a causa, mesmo que n√£o seja de sua especialidade as particularidades da ci√™ncia cont√°bil. Neste contexto, o magistrado pode utilizar-se dos conhecimentos t√©cnicos e cient√≠ficos nomeando um especialista na √°rea, que materializa seu ju√≠zo atrav√©s da emiss√£o do laudo pericial cont√°bil, diplomado como prova judicial, no qual esclarece o objeto da lide. Assim sendo, o presente estudo teve como objetivo a realiza√ß√£o de uma per√≠cia cont√°bil na √°rea c√≠vel, √Ęmbito do Poder Judici√°rio, o processo trata da liquida√ß√£o de senten√ßa por arbitramento advindo do tr√Ęnsito em julgado de uma a√ß√£o de revis√£o de contrato banc√°rio, sobrevindo de contrato de aliena√ß√£o fiduci√°ria de um ve√≠culo, onde a parte autora alegou √† exist√™ncia de diversas irregularidades e cl√°usulas impostas pelo banco r√©u de forma abusiva. Na execu√ß√£o dos trabalhos utilizou-se da metodologia descritiva para relatar os fatos, no que concerne a procedimentos, valeu-se de pesquisa documental e empregou-se a metodologia qualitativa na abordagem do problema atrav√©s de analises mais aprofundadas dos dados. Os resultados ratificam a import√Ęncia da per√≠cia cont√°bil, quando a lide enseja c√°lculos financeiros. Os crit√©rios de c√°lculo foram determinados em acord√£o judicial, apurando-se saldo credor em favor da autora Mariazinha Esperta, no valor de R$ 7.805,31 pelo M√©todo Price, e alternativamente, R$ 10.063,55 pelo M√©todo de Gauss.

Palavras chaves: Perícia Contábil. Laudo Pericial. Liquidação de Sentença.

 

Nome: Angélica Teresinha Engster

T√≠tulo: PROJE√á√ÉO DE FLUXO DE CAIXA EM EMPRESA DE ATIVIDADE GR√ĀFICA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Vilmar Thomé

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 61

Resumo:

O fluxo de caixa √© um mecanismo que possibilita o acompanhamento do fluxo financeiro da empresa, trazendo uma vis√£o relativa a aloca√ß√£o adequada dos recursos financeiros. A implanta√ß√£o do fluxo de caixa identifica a disposi√ß√£o das receitas que mais ocasionam o ingresso de recursos na empresa, assim como os custos e despesas que mais despendem esses recursos. Baseado em um estudo de caso abordado atrav√©s de pesquisa explorat√≥ria, elaborou-se a proje√ß√£o para o fluxo de caixa do exerc√≠cio de 2017 de uma empresa gr√°fica com a finalidade de identificar previamente a disposi√ß√£o dos recursos utilizados para este exerc√≠cio, assim como a disponibilidade para novos investimentos. Considerando a situa√ß√£o financeira apresentada nas proje√ß√Ķes indicou-se que sejam implantados controles rigorosos para otimizar a utiliza√ß√£o dos recursos, bem como a busca dos mesmos atrav√©s de novos meios e a redu√ß√£o dos custos para que se possa ter um equil√≠brio financeiro para os exerc√≠cios seguintes.

Palavras-chave: Planejamento Financeiro. Fluxo de Caixa. Orçamento

 

Nome: B√°rbara Roberta Wollmann

T√≠tulo: PERICIA CONT√ĀBIL: ELABORA√á√ÉO DE UM LAUDO PERICIAL CONT√ĀBIL NA

√ĀREA C√ćVEL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Vilmar Thomé

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 82

Resumo:

A per√≠cia √© um dos meios de prova admitidos no direito, destinado a levar ao juiz elementos instrut√≥rios sobre algum fato que dependa de conhecimentos t√©cnicos, revelando a verdade de um fato materializado atrav√©s do laudo pericial cont√°bil. Nesse contexto, o presente trabalho teve como objetivo a realiza√ß√£o de um trabalho pericial no √Ęmbito do Poder Judici√°rio, na √°rea c√≠vel, tendo como processo uma a√ß√£o de liquida√ß√£o de senten√ßa advinda do tr√Ęnsito em julgado de uma a√ß√£o na esfera criminal, que sobreveio de um desentendimento acumulado de agress√£o. Como procedimento metodol√≥gico utilizou-se a an√°lise documental, observando tamb√©m as Normas Brasileiras de Contabilidade, TP 01 - Norma T√©cnica e PP 01 ‚Äď Norma Profissional, bem como, o Novo C√≥digo de Processo Civil, caracterizando-se este estudo como uma pesquisa descritiva e qualitativa. Os resultados confirmam que o Laudo Pericial Cont√°bil √© um instrumento imprescind√≠vel, para auxiliar os Ju√≠zes em diferentes lit√≠gios, seja na elucida√ß√£o de fatos, no arbitramento de valores, ou no subs√≠dio da composi√ß√£o amig√°vel. Quando o lit√≠gio remonta a uma liquida√ß√£o de senten√ßa com o objetivo de apura√ß√£o de lucros cessantes, os efeitos obtidos da elabora√ß√£o do laudo pericial refletir√£o principalmente na determina√ß√£o de valores e contribuir√£o para a solu√ß√£o do feito atrav√©s do respeit√°vel trabalho do perito contador. O presente trabalho aborda dois m√©todos de c√°lculo para apura√ß√£o de lucros cessantes, no primeiro m√©todo apurou-se o valor de R$ 109.803,25 e pelo segundo m√©todo o valor de R$ 71.195,31.

Palavras chaves: Perícia Contábil. Perito Contador. Laudo Pericial. Lucros Cessantes.

 

Nome: Betina Brust

T√≠tulo: AN√ĀLISE DA VIABILIDADE ECON√ĒMICA E FINANCEIRA EM UM AMBIENTE DE

COWORKING

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Clari Schuh

Professor Convidado: Melissa Teresa Kanitz

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 65

Resumo:

O coworking √© um modelo de trabalho que se baseia no compartilhamento de espa√ßos e recursos de um escrit√≥rio entre diversos profissionais. O estudo objetivou analisar a viabilidade econ√īmico-financeira da implanta√ß√£o de um espa√ßo compartilhado de coworking na cidade de Santa Cruz do Sul ‚Äď RS. O estudo se classifica como explorat√≥rio em rela√ß√£o ao objetivo, estudo de caso em rela√ß√£o aos procedimentos, e qualitativa em rela√ß√£o ao problema de pesquisa. Para o desenvolvimento deste trabalho foram realizadas as proje√ß√Ķes das receitas, custos e despesas, dados estes obtidos atrav√©s de pesquisa realizada nos espa√ßos de coworking no RS, servindo de base para a elabora√ß√£o do fluxo de caixa, demonstra√ß√£o do resultado, margem de contribui√ß√£o e pontos de equil√≠brio e posteriormente c√°lculo do Payback, VPL e TIR, indicadores estes utilizados para avaliar a viabilidade do estudo. Os resultados apontam que o estudo apesar de apresentar algumas limita√ß√Ķes √© vi√°vel, ficando como sugest√£o para os pr√≥ximos trabalhos a continuidade das proje√ß√Ķes com o objetivo de verificar at√© que ponto as caracter√≠sticas demogr√°ficas influenciam na viabilidade econ√īmica e financeira do projeto.

Palavras-Chaves: Coworking. Viabilidade Econ√īmica e Financeira. Novas formas de trabalho.

 

Nome: Bruna Silva da Rosa

Título: PLANEJAMENTO TRIBUTARIO: ESTUDO DA FORMA MAIS ADEQUADA DE

TRIBUTAÇÃO PARA UMA EMPRESA DE COMERCIO CALÇADISTA COM

ÊNFASE NOS TRIBUTOS FEDERAIS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Jaqueline da Silveira

Professor Convidado: Ricardo André Machado

 

 

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 69

Resumo:

A contabilidade √© de extrema import√Ęncia para a tomada de decis√Ķes nas empresas, no Brasil a alta carga tribut√°ria muitas vezes interfere nos resultados finais. Com o prop√≥sito de enfrentar a concorr√™ncia e se manter no mercado, as empresas buscam formas para reduzir seus custos e obter lucro. O planejamento tribut√°rio tem como objetivo, diminuir os custos atrav√©s da redu√ß√£o de impostos, que dever√° refletir positivamente nos resultados da empresa, auxiliando os empres√°rios a ver os benef√≠cios de um correto enquadramento e de forma detalhada os resultados da sua empresa. O objetivo deste trabalho visou apurar os tributos no √Ęmbito federal nas tr√™s modalidades de tributa√ß√£o, Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, e verificar se a atual tributa√ß√£o √© a mais indicada para a empresa no ano de 2016. Este estudo se deu atrav√©s da pesquisa bibliogr√°fica e documental, quanto ao tipo √© descritiva/explicativa e quanto a abordagem do problema √© de caracter√≠stica qualitativa. O estudo foi aplicado em uma empresa do ramo comercial de cal√ßados optante pelo Simples Nacional. Ap√≥s as apura√ß√Ķes realizadas, concluiu-se que a modalidade de tributa√ß√£o que a empresa tributa √© a mais vantajosa.

Palavras-chave: planejamento tribut√°rio; simples nacional; lucro presumido e lucro real.

 

Nome: Camila Claudia dos Santos

T√≠tulo: AUDITORIA TRIBUT√ĀRIA EM UMA MICROCERVEJARIA LOCALIZADA EM

SANTA CRUZ DO SUL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Laércio Rogério Friedrich

Professor Convidado: Marco Antonio Victor Simch

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 80

Resumo:

A eficiente fiscaliza√ß√£o tribut√°ria por parte dos √≥rg√£os respons√°veis vem deixando as empresas em alerta. A agilidade das autua√ß√Ķes, o detalhamento de informa√ß√Ķes exigidas e a aplicabilidade das complexas regras tribut√°rias, principalmente na ind√ļstria cervejeira, s√£o fatores importantes para que a organiza√ß√£o busque uma ferramenta de preven√ß√£o de riscos fiscais. √Č nesse cen√°rio que a auditoria tribut√°ria age, evitando penalidades e buscando um alto n√≠vel de conformidade. O presente estudo teve como objetivo o planejamento e a execu√ß√£o de uma auditoria tribut√°ria em uma micro cervejaria localizada em Santa Cruz do Sul ‚Äď RS, com base em dados do √ļltimo trimestre de 2016. O alcance do objetivo ocorreu por meio de pesquisa documental, com uma abordagem qualitativa e descritiva quanto ao objeto do estudo. Para a realiza√ß√£o do trabalho seguiu-se legisla√ß√Ķes espec√≠ficas, principalmente do ramo cervejeiro, e norma t√©cnica de auditoria e contabilidade com √™nfase em procedimentos de auditoria interna. Inicialmente elaborou-se um plano de auditoria, que consistiu na realiza√ß√£o de an√°lises de documenta√ß√Ķes, obriga√ß√Ķes acess√≥rias, processos e benef√≠cios utilizados, correlacionando-os com a legisla√ß√£o aplic√°vel. Tais documentos foram selecionados por amostragem, considerando um risco toler√°vel de 10%. O resultado obtido foi significativo, representado 73% de diverg√™ncias nas opera√ß√Ķes com sa√≠das, 38% nas opera√ß√Ķes com entradas e 19% nas presta√ß√Ķes de servi√ßo, dividindo-se em diverg√™ncias pass√≠veis de multa como tamb√©m benef√≠cios n√£o utilizados, os quais foram relatados √† empresa com sugest√Ķes de corre√ß√£o por meio do relat√≥rio de auditoria interna.

Palavras chaves: micro cervejaria; auditoria tributária; relatório de auditoria interna.

 

Nome: Carlos Giovani do Amaral

T√≠tulo: AN√ĀLISE DE VIABILIDADE ECON√ĒMICA E FINANCEIRA PARA IMPLANTA√á√ÉO

DE UMA ARENA DE FUTEBOL SOCIETY JUNTAMENTE A UM PUB NA CIDADE

DE SANTA CRUZ DO SUL-RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 83

Resumo:

Este trabalho tem como objetivo verificar se com um montante de R$200.000,00 √© poss√≠vel a implanta√ß√£o de uma arena de futebol Society juntamente a um pub na cidade de Santa Cruz do Sul-RS, com viabilidade de recupera√ß√£o do investimento em um prazo de tr√™s anos. O estudo se caracteriza como uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa do problema, sendo em rela√ß√£o aos procedimentos uma pesquisa bibliogr√°fica, inicia pelo levantamento de todo o investimento necess√°rio para o pleno funcionamento da empresa, posteriormente a proje√ß√£o de receitas custos e despesas para um per√≠odo de tr√™s anos e posteriormente a elabora√ß√£o da demonstra√ß√£o de resultado e da demonstra√ß√£o de fluxo de caixa, permitindo o c√°lculo do valor presente l√≠quido, da taxa interna de retorno e do Payback. Concluindo atrav√©s dos resultados obtidos que a implanta√ß√£o da empresa em quest√£o como um todo n√£o √© vi√°vel para o per√≠odo de tr√™s anos, pois, embora tenha mostrado viabilidade econ√īmica apresentando lucro nos tr√™s anos projetados, os resultados das ferramentas de an√°lise de investimentos foram insatisfat√≥rios para um prazo de tr√™s anos, resultando em um valor presente l√≠quido negativo, n√£o atingindo uma taxa interna de retorno e apresentando uma insufici√™ncia de caixa para atingir o Payback descontado.

Palavras chaves: Viabilidade econ√īmica e financeira, arena de futebol, pub

 

Nome: Caroline Hermes

T√≠tulo: 25 ANOS DE INCENTIVO √Ä CULTURA: UMA AN√ĀLISE DA LEI ROUANET

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 60

Resumo:

A Lei Rouanet √© um mecanismo de incentivo √† cultura, com o objetivo de impulsionar a iniciativa privada para o desenvolvimento da cultura no Pa√≠s. O presente estudo teve como objetivo geral, a identifica√ß√£o e an√°lise da evolu√ß√£o da Lei, dos projetos aprovados e capta√ß√Ķes de recursos, nos √ļltimos cinco anos, bem como, verificar quais regi√Ķes, estados e munic√≠pios do RS receberam mais benef√≠cios e identificar as √°reas e segmentos culturais que obtiveram maior capta√ß√£o. Para o estudo desenvolveu-se uma pesquisa bibliogr√°fica e documental com caracter√≠stica descritiva explorat√≥ria, quanto aos objetivos. O levantamento dos dados foi realizado junto ao banco de dados 'Salic', do Minist√©rio da Cultura. Verificou-se que a Lei Rouanet, conseguiu atingir mais de R$ 1 bilh√£o de arrecada√ß√£o nos √ļltimos anos. Por√©m ainda h√°, um grande volume de projetos aprovados, que n√£o conseguem capta√ß√£o, sendo que nos √ļltimos cinco anos, apenas 57,04% conseguiram recursos para seus projetos. Outro problema visualizado, foi a centraliza√ß√£o de recursos, no qual a regi√£o Sudeste √© respons√°vel por 80% das capta√ß√Ķes. A cidade Porto Alegre √© respons√°vel por mais da metade das capta√ß√Ķes no estado do RS. Em termos de segmento cultural, verificou-se que as Artes C√™nicas e a M√ļsica s√£o respons√°veis por quase metade das capta√ß√Ķes. Salienta-se a necessidade de revis√£o da Lei no que refere-se ao incentivo √† artistas de menor visibilidade, pois os mesmos n√£o conseguem competir com grandes projetos.

Palavras-chave: Lei Rouanet. Captação de recursos. Projetos culturais.

 

Nome: Clênio Alberto Konzen

Título: RENTABILIDADE DO TABACO VIRGINIA E BURLEY EM UMA PROPRIEDADE

RURAL DO RIO GRANDE DO SUL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Fernando B. B. Fontoura

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 84

Resumo:

O presente trabalho tem como principal prop√≥sito a an√°lise dos custos, viabilidade financeira e rentabilidade do tabaco Virginia e Burley na √°rea rural, que tem relevante destaque para a tomada de decis√£o, apontando sua import√Ęncia como instrumento eficaz de gest√£o e assim ajudando o produtor no entendimento dos verdadeiros custos de cada cultura e auxiliando no gerenciamento de sua propriedade rural. A metodologia usada quanto aos objetivos √© uma pesquisa descritiva, documental e qualitativa identificando, relatando e comparando, valendo-se de materiais que ainda n√£o receberam nenhuma an√°lise aprofundada e concebendo analises mais profundas em rela√ß√£o ao estudo. Neste contexto o presente trabalho de conclus√£o de curso apresenta as etapas para apurar o lucro ou preju√≠zo no cultivo do tabaco Burley e Virginia e sua an√°lise de viabilidade, os dados foram coletados atrav√©s de informa√ß√Ķes obtidas junto ao produtor rural. Diante dos dados coletados, iniciou-se o levantamento dos bens da propriedade, o c√°lculo de sua deprecia√ß√£o, a apura√ß√£o dos custos com insumos e m√£o-de-obra, bem como as despesas com combust√≠vel, lenha e energia el√©trica, permitindo a elabora√ß√£o do demonstrativo do resultado do exerc√≠cio. Calculou-se o Payback, o Valor presente l√≠quido e a Taxa interna de retorno realizando assim a an√°lise da viabilidade financeira dos investimentos.

Palavras-chave: Custos de Produção, Propriedade Rural, Rentabilidade e Viabilidade.

 

Nome: Daniele Mayra Klaus

T√≠tulo: AN√ĀLISE DO DESEMPENHO ECON√ĒMICO-FINANCEIRO APRESENTADO POR

COMPANHIAS DE CAPITAL ABERTO DO SETOR DE ENERGIA EL√ČTRICA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Melissa Teresa Kanitz

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 120

Resumo:

Devido a maior competitividade no cen√°rio econ√īmico, as empresas buscam cada vez mais trabalhando tanto para a otimiza√ß√£o de recursos, quanto para bem estar econ√īmico e social da comunidade em que est√° inserida, desenvolvendo atividades no √Ęmbito da sustentabilidade. Atrav√©s das demonstra√ß√Ķes cont√°beis √© poss√≠vel analisar e compreender o papel da Companhia dentro do mercado. Desta forma, este trabalho teve como objetivo realizar a an√°lise das demonstra√ß√Ķes financeiras das empresas do setor de energia el√©trica que permaneceram no √ćndice de Sustentabilidade Empresarial - ISE nos √ļltimos cinco anos. As an√°lises ocorreram com base no Balan√ßos Patrimoniais e Demonstra√ß√Ķes de Resultado dos Exerc√≠cios publicados pela CVM, entre os anos de 2011 √† 2015. Foram realizadas as an√°lises horizontal e vertical, al√©m dos √≠ndices de liquidez, rentabilidade e estrutura de capital. Atrav√©s dos resultados obtidos, pode-se constatar que entre as empresas analisadas, cada uma se destacou em diferentes √≠ndices econ√īmico-financeiros, o que ressalta a import√Ęncia da an√°lise atrav√©s de variados indicadores. Contudo, a companhia que apresentou um melhor desempenho de forma geral, foi a empresa CEMIG, sendo que obteve melhores resultados na quest√£o de √≠ndices de rentabilidade e EBTIDA.

Palavras-chaves: An√°lise econ√īmica; An√°lise financeira; Demonstra√ß√Ķes cont√°beis

 

Nome: Eduardo Severo

Título: FINANÇAS PESSOAIS: UM ESTUDO COM ALUNOS DO CURSO DE CIÊNCIAS

CONT√ĀBEIS DA UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL ‚Äď UNISC

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Clari Schuh

Professor Convidado: Melissa Teresa Kanitz

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 53

Resumo:

O comportamento financeiro √© um assunto que muito vem sendo estudado na atualidade. Com o crescimento do consumismo e do capitalismo saber lidar com o comportamento diante de diversas situa√ß√Ķes √© considerado essencial na atualidade. As finan√ßas pessoais consistem na maneira em que o indiv√≠duo gerencia sua renda, para isso √© fundamental o controle da mesma, elencando suas reais necessidades para n√£o cair em d√≠vidas desnecess√°rias. A pesquisa objetivou investigar e analisar o comportamento dos alunos do curso de Ci√™ncias Cont√°beis da UNISC de Santa Cruz do Sul, no que diz respeito √†s suas finan√ßas pessoais. A pesquisa caracterizase como descritiva com abordagem quantitativa e em rela√ß√£o aos procedimentos como survey. Para coleta dos dados foi utilizado question√°rio elaborado na plataforma onlineGoogle docs¬ģ e enviado atrav√©s de e-mail para todos os graduandos do curso de Ci√™ncias Cont√°beis, foram obtidos 139 question√°rios respondidos e v√°lidos, os dados foram tabulados e analisados. Os resultados apontam que de uma forma geral a maioria dos universit√°rios disp√Ķem de um controle eficaz dos seus recursos, mas por outro lado uma minoria afirmou utilizar aplicativos para essa finalidade, o que poderia trazer benef√≠cios as suas vidas financeiras. Entretanto √© necess√°ria a utiliza√ß√£o de iniciativas focadas em planejamento financeiro pessoal buscando atingir desde os n√≠veis fundamentais de ensino at√© as gradua√ß√Ķes, para que dessa forma seja poss√≠vel que todos tenham acesso a essa importante ferramenta.

Palavras-chave: Finanças Pessoais. Comportamento Financeiro. Comportamento de Controle.

 

Nome: Eriele Déia Petry

T√≠tulo: AN√ĀLISE DAS VANTAGENS SOCIET√ĀRIAS E TRIBUT√ĀRIAS DO

PLANEJAMENTO SUCESS√ďRIO A PARTIR DA CONSTITUI√á√ÉO DE HOLDINGS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Clari Schuh

Professor Convidado: Ana Cristine Heinen

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 93

Resumo:

Diante dos problemas enfrentados pelas empresas familiares com rela√ß√£o √† descontinuidade dos neg√≥cios ap√≥s o afastamento de seus fundadores, este trabalho tem como objetivo demonstrar as vantagens societ√°rias e tribut√°rias da constitui√ß√£o de holdings atendendo ao planejamento sucess√≥rio. Como metodologia de estudo, foi realizada uma pesquisa explorat√≥ria descritiva, a partir da aplica√ß√£o de um estudo de caso, pesquisa documental e levantamento, com abordagem qualitativa. Para o desenvolvimento deste trabalho, utilizaram-se as informa√ß√Ķes societ√°rias e cont√°beis do grupo empresarial ABC. Desta forma, atrav√©s dos dados dispostos nos contratos sociais foram realizadas as an√°lises das vantagens societ√°rias, e com base nas demonstra√ß√Ķes cont√°beis foram calculadas as economias de impostos obtidas no per√≠odo de 2012 a 2016, em conformidade com as legisla√ß√Ķes fiscais vigentes. Como resultados, constatou-se que a constitui√ß√£o das holdings promoveu a antecipa√ß√£o e simplifica√ß√£o do processo sucess√≥rio, a prote√ß√£o do patrim√īnio familiar, a preven√ß√£o de conflitos futuros, a agilidade e menores gastos com a transmiss√£o dos bens em vida, al√©m da economia de R$ 1.327.838,95 com a holding pura e R$ 287.263,72 nas holdings familiares, totalizando uma economia de R$ 1.615.102,67 em impostos apurados durante os cinco exerc√≠cios para o Grupo ABC. Por fim, pode-se concluir que as holdings apresentam relevantes benef√≠cios para as empresas, ficando como sugest√£o de pesquisa a an√°lise e apura√ß√£o das vantagens tribut√°rias com rela√ß√£o √†s pessoas f√≠sicas.

Palavras-chave: Holding. Empresa familiar. Planejamento sucessório.

 

Nome: Ewerton Luiz Iochims Rohr

T√≠tulo: AN√ĀLISE DE VIABILIDADE ECON√ĒMICA E FINANCEIRA

PARA ABERTURA DE UMA PANIFICADORA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 92

Resumo:

O objetivo de um investimento, monet√°rio ou material, √© que ele seja aplicado em algo que resulte num retorno, podendo ser a curto, m√©dio ou longo prazo. Os investimentos que s√£o adquiridos por meio de aplica√ß√Ķes podem trazer retornos satisfat√≥rios ou insatisfat√≥rios dependendo do perfil do investidor: conservador, moderado ou arrojado. Aqueles que possuem este interesse e de correr riscos, partem para o empreendedorismo. Neste caso, o investidor al√©m de estar dispondo de capital ou bens, deve contar com aux√≠lio de diversas informa√ß√Ķes e de outros meios para que seu empreendimento d√™ certo, e em breve, gerando renda e lucro. √Č baseado neste esp√≠rito de empreendedorismo que este trabalho abordar√° a iniciativa de aplicar um determinado valor e demais bens, para que seja poss√≠vel a abertura de uma panificadora na cidade de Santa Cruz do Sul/RS. Para verificar se os dados que foram disponibilizados pelo investidor teriam retorno, confeccionou-se tr√™s cen√°rios distintos, sendo o primeiro realista, com dados oriundos dele, e os demais com expectativa de crescimento econ√īmico. Al√©m disto, analisaram-se os custos iniciais deste projeto para que fosse poss√≠vel sua implementa√ß√£o. Para isso, as classifica√ß√Ķes metodol√≥gicas utilizadas fazem parte do meio do empreendedor, como Custos Fixos e Vari√°veis, Margem de Contribui√ß√£o e Pre√ßo de Venda. Al√©m disso, para que o levantamento pudesse ser alcan√ßado, a pesquisa foi tratada como Descritiva e Qualitativa, constatando que o investimento √© vi√°vel por√©m a longo prazo devido os cen√°rios gerados terem alcan√ßados baixos retornos dentro do objetivo que seria a m√©dio prazo.

Palavras-chave: Investimento, Empreendedorismo, Custos, Retorno de Investimento.

 

Nome: Fernanda dos Santos de Carvalho

Título: ADEQUAÇÃO DA ISO 9001:2008 À ISO 9001:2015 EM UMA EMPRESA DO

SETOR METAL√öRGICO COM √äNFASE NA MELHORIA CONT√ćNUA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas:68

Resumo:

No cen√°rio atual as organiza√ß√Ķes est√£o sempre em busca de estrat√©gias que garantam sua melhoria e continuidade em um mercado que est√° cada vez mais competitivo. A gest√£o da qualidade tem sido um dos meios mais utilizados pelas empresas que buscam cada vez mais conformidades nos produtos e servi√ßos e atendam as expectativas dos clientes. Sendo assim, as organiza√ß√Ķes adotam um sistema de gest√£o da qualidade baseado na NBR ISO 9001 que √© a norma mais reconhecida no sistema de gest√£o do mundo e √© utilizada por boa parte das organiza√ß√Ķes. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo verificar a adequa√ß√£o da ISO 9001:2008 √† ISO 9001:2015 em uma empresa do ramo metal√ļrgico com √™nfase no processo de melhoria cont√≠nua. Como metodologia realizou-se uma pesquisa descritiva, documental e qualitativa. Para isso, os dados foram coletados atrav√©s de documenta√ß√£o da empresa e entrevistas com a gest√£o. Os resultados apontaram que a empresa est√° ciente de que ocorreram altera√ß√Ķes na norma e foram evidenciadas 14 mudan√ßas previstas em fun√ß√£o da adequa√ß√£o. Ainda, a empresa prop√īs a implanta√ß√£o de mais a√ß√Ķes e projetos de melhorias que n√£o foram totalmente definidos pela empresa e a reorganiza√ß√£o de alguns setores.

Palavras ‚Äď Chave: Gest√£o da qualidade. NBR ISO 9001:2015. Melhoria continua.

 

Nome: Graziele Francine da Silva

T√≠tulo: AN√ĀLISE DE VIABILIDADE NA IMPLEMENTA√á√ÉO DE UMA GRANJA DE

SUINOS PARA O FRIGOR√ćFICO RIO PARDINHO LTDA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 51

Resumo:

An√°lise de viabilidade √© uma ferramenta para verificar o mercado na abertura de um neg√≥cio. As organiza√ß√Ķes quando pretendem fazer a abertura de outro segmento que complete o seu atual, n√£o fazem uma an√°lise de viabilidade. Com um enfoque no fluxo de caixa, se buscou analisar, verificar como desenvolver de forma eficaz a ser √ļtil na tomada de decis√£o dos seus gestores. Atrav√©s da realiza√ß√£o desta pesquisa, os dados necess√°rios foram coletados para realiza√ß√£o de um estudo de caso de uma pesquisa descritiva, em uma ind√ļstria aliment√≠cia. Realizou se a proje√ß√£o do fluxo de caixa, consequentemente a Demonstra√ß√£o do Resultado do Exerc√≠cio e balan√ßo patrimonial, objetivando fazer uma an√°lise mais completa da empresa. Com base nos dados verificou se que a empresa ter√° condi√ß√Ķes, de obter lucro e recuperar o valor investido j√° no primeiro ano de abertura. Mas, a empresa n√£o optou em fornecer 100% da mat√©ria prima que necessita mensalmente.

Palavras-chaves: Fluxo de caixa ‚Äď An√°lise viabilidade.

 

Nome: Inara Beise

T√≠tulo: AN√ĀLISE DE RECURSOS FINANCEIROS EM UMA FILIAL DE EMPRESA

COMERCIAL VAREJISTA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Marco Antonio Victor Simch

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 70

Resumo:

As mudan√ßas que est√£o acontecendo no contexto pol√≠tico do Brasil afetam diretamente o ambiente econ√īmico e financeiro, onde a competitividade acaba estando presente em v√°rios cen√°rios, exigindo das empresas uma melhor efici√™ncia na gest√£o dos seus recursos. As empresas, independente do porte s√£o movidas dos recursos financeiros, e para isso √© importante ter informa√ß√Ķes e ferramentas que possam ser √ļteis em uma vis√£o ampla e precisa das finan√ßas, a fim de analisar os fatos ocorridos para a tomada de decis√Ķes. O presente estudo teve como foco a unidade de neg√≥cio da Agro-Comercial AFUBRA Ltda, de Candel√°ria/RS tendo como objetivo principal identificar os processos de entradas e sa√≠das de recursos financeiros, visando √† gest√£o do fluxo de caixa. Para responder ao problema de pesquisa realizou-se uma pesquisa do tipo estudo de caso, utilizando as metodologias de pesquisa descritiva e qualitativa. Desse modo, foi analisado o fluxo das receitas e despesas da empresa, tomando conhecimento tamb√©m das pr√°ticas comerciais adotadas por ela, a fim de aprofundar o estudo acerca do fluxo financeiro. Ap√≥s foi realizada uma avalia√ß√£o dos ciclos financeiros por segmentos de neg√≥cio a fim de estudar o prazo m√©dio de pagamento e recebimento. Em termos de resultados, o estudo evidenciou que a empresa atenta para sua liquidez e, a proposta de indicadores de performance ir√° contribuir como ferramenta gerencial na gest√£o do fluxo de caixa. Por fim, sugere-se a ado√ß√£o dos indicadores suscitados nesse trabalho, podendo ser estendido a outros, nas outras unidades de neg√≥cio da empresa objeto de estudo.

Palavras-chave: Fluxo de caixa. Recursos financeiros. Indicadores

 

Nome: J√ļlio Arthur Frantz

T√≠tulo: RECONHECIMENTO DOS ATIVOS IMOBILIZADOS E INTANG√ćVEIS DAS DEMONSTRA√á√ēES CONT√ĀBEIS DAS SOCIEDADES AN√ĒNIMAS DE SANTA CRUZ DO SUL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 49

Resumo:

O presente estudo buscou verificar se as empresas de Santa Cruz do Sul, Sociedades An√īnimas, obrigadas a publicar suas Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis est√£o observando as novas normas convergidas aos padr√Ķes internacionais do processo de converg√™ncia em referentes ao reconhecimento e evidencia√ß√£o dos ativos intang√≠vel e imobilizado no per√≠odo de 2014 a 2016. A partir da promulga√ß√£o das leis n. 11.638/07 e 11.941/09, a √°rea cont√°bil buscou a harmoniza√ß√£o das normas cont√°beis brasileiras aos padr√Ķes internacionais das IFRS. Pela problem√°tica apresentada, o presente estudo se classifica como uma pesquisa explorat√≥ria com abordagem qualitativa. A metodologia utilizada para o levantamento das informa√ß√Ķes foi √† pesquisa documental, no qual foram analisadas as Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis publicadas pelas empresas do estudo. Os resultados obtidos evidenciaram que as publica√ß√Ķes das Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis da empresa Mercur S.A. no per√≠odo em quest√£o est√£o alinhadas as normas internacionais de contabilidade, referentes ao reconhecimento e evidencia√ß√£o dos ativos intang√≠vel e imobilizado. Verificou-se que a Excelsior S.A. passou a adotar os padr√Ķes internacionais referentes ao reconhecimento e evidencia√ß√£o dos ativos intang√≠vel e imobilizado na publica√ß√£o de 2016 e a empresa Mor S.A. segue parcialmente o reconhecimento dos ativos imobilizados e intang√≠veis pelas normas internacionais. Conclui-se, que apesar da evolu√ß√£o das normas cont√°beis, no que diz respeito ao tratamento de ativos imobilizado e intang√≠veis, permanece o desafio quanto √† publica√ß√£o adequada desses respectivos grupos para usu√°rios externos.

Palavras Chave: Normas Internacionais de Contabilidade. IFRS. Ativo Imobilizado. Ativo Intangível.

 

 

 

Nome: Letícia Nunes de Oliveira

Título: OTIMIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DOS PROCESSOS E FLUXOS NO CAIXA DO

HOSPITAL SANTA CRUZ

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Melissa Teresa Kanitz

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 40

Resumo:

Os fluxos e processos do caixa, al√©m de uma necessidade gerencial que d√° suporte na tomada de decis√Ķes, para que sejam intensificados e realizados com √™xito, precisam, ainda, de padroniza√ß√£o e normatiza√ß√£o, assim como a defini√ß√£o de par√Ęmetros, possibilitando avan√ßo na qualidade e efici√™ncia de todas as etapas do trabalho dos operadores de caixa. Al√©m de otimizar os resultados e verificar poss√≠veis inconsist√™ncias, a revis√£o dos processos torna a opera√ß√£o mais segura. Neste contexto, o presente trabalho apresenta como objetivo a revis√£o dos processos realizados no setor de caixa do Hospital Santa Cruz verificando poss√≠veis inconsist√™ncias e modifica√ß√Ķes. Para isso utilizou-se de uma metodologia qualificativa, onde foi apurado todas as informa√ß√Ķes do fluxo atualmente utilizado no caixa seguido de uma revis√£o de sua conformidade, com intuito de identificar altera√ß√Ķes e poss√≠veis falhas, finalizando com a descri√ß√£o dos processos atualmente utilizados. Como sugest√£o de melhoria, prop√īs-se que sejam atualizadas as descri√ß√Ķes dos processos e atividades no sistema de gest√£o de processos, assim como a atualiza√ß√£o do fluxograma. Al√©m disso, orienta-se que esta atualiza√ß√£o seja disponibilizada a todos operadores de caixa, e aos demais envolvidos no processo.

Palavra-chave: Fluxos, processos, revis√£o.

 

Nome: Luiza Silveira Rosa

T√≠tulo: AN√ĀLISE DO PASSIVO TRABALHISTA EM UMA IND√öSTRIA DO VESTU√ĀRIO

DO VALE DO RIO PARDO

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Ana Cristine Heinen

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 18

Resumo:

Com as mudan√ßas recentes das normas trabalhistas e mediante tantas discuss√Ķes com rela√ß√£o a novos projetos de legisla√ß√£o federal, existe a necessidade de acompanhamento tempestivo para evitar c√°lculos e provis√Ķes deste passivo com inconformidades. A relev√Ęncia desta especialidade intensifica-se por representar parte importante das obriga√ß√Ķes de uma empresa. Nesse contexto, o estudo teve como objetivo analisar o passivo trabalhista em uma ind√ļstria do vestu√°rio do vale do Rio Pardo. √Č uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa do problema. O instrumento de coleta de dados foi documental. Ap√≥s os c√°lculos, apurou-se um passivo trabalhista, tratando da multa rescis√≥ria, um montante de R$ 102.546,18 e R$ 86.009,43 do total da remunera√ß√£o bruta a ser pago aos funcion√°rios. Verificou-se que algumas das pr√°ticas adotadas na empresa, n√£o estavam de acordo com a Legisla√ß√£o. Os resultados encontrados evidenciam que a empresa n√£o est√° provisionando o passivo contingente em rela√ß√£o as verbas trabalhistas, a exemplo do aviso pr√©vio indenizado com acr√©scimo de dias ap√≥s legisla√ß√£o de 2011, assim como a indeniza√ß√£o de multa sobre o FGTS. Desta forma, por meio das an√°lises realizadas tornou-se necess√°rio propor uma pol√≠tica para adequa√ß√£o do desempenho dos seus m√©todos para proporcionar uma boa funcionalidade ao departamento, o que proporciona √† empresa estar preparada para poss√≠veis desembolsos futuros e estar cumprindo corretamente suas obriga√ß√Ķes.

Palavras-chave: Passivo cont√°bil; ind√ļstria do vestu√°rio; pr√°tica trabalhista.

 

 

Nome: Marinél Rodrigues Garcia

T√≠tulo: AN√ĀLISE DO DESEMPENHO ECON√ĒMICO E FINANCEIRO DA SAFRA

DE SOJA 2015/2016 EM UMA PROPRIEDADE RURAL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Melissa Teresa Kanitz

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 94

Resumo:

O prop√≥sito dessa an√°lise foi buscar mais conhecimento na √°rea da contabilidade rural, visto que √© pouco conhecido esse setor pela √°rea cont√°bil. Por meio de um estudo de caso, em uma propriedade situada na cidade de Vera Cruz ‚Äď RS, procurou-se realizar o levantamento da safra de soja de 2015/2016 e as despesas e custos fixos, para assim chegar-se no lucro da safra. Por meio de pesquisa explorat√≥ria, descritiva, bibliogr√°fica, documental com abordagem qualitativa, buscou-se efetivar um levantamento inicial dos bens, direitos e das obriga√ß√Ķes da propriedade e com esses dados obtidos, levantou-se o balan√ßo patrimonial inicial. As opera√ß√Ķes realizadas foram referentes ao per√≠odo de novembro de 2015 a abril de 2016. Deste modo, originando o Balan√ßo Patrimonial e a Demonstra√ß√£o de Resultado do Exerc√≠cio. Ap√≥s foi gerado a an√°lise das Demonstra√ß√Ķes cont√°beis da propriedade e dos √≠ndices de custos, concluindo com a an√°lise do desempenho econ√īmico e financeiro da safra na propriedade rural em quest√£o, com resultados positivos refor√ßando a tend√™ncia de uma situa√ß√£o tranquila para a pr√≥xima safra. Espera-se que o presente trabalho sirva de aux√≠lio aos produtores para um melhor gerenciamento de sua propriedade e na tomada de decis√Ķes para as pr√≥ximas safras.

Palavras‚Äďchave: Contabilidade rural. Safra de soja. An√°lise das Demonstra√ß√Ķes cont√°beis. √ćndices de Custos.

 

Nome: Marlon Nunes Louzada

T√≠tulo: A IMPORT√āNCIA DO USO DOS DERIVATIVOS NA GEST√ÉO DE RISCOS EM

OPERA√á√ēES EXPOSTAS √Ä VARIA√á√ÉO CAMBIAL

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Melissa Teresa Kanitz

Professor Convidado: Marco Antonio Victor Simch

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 43

Resumo:

No ano de 2015 teve in√≠cio no Brasil um per√≠odo de desvaloriza√ß√£o do real frente √†s moedas estrangeiras, em especial o d√≥lar americano, que, em 21 janeiro de 2016 fechou o dia cotado √† 4,1631 reais. Com isso, um grande n√ļmero de empresas brasileiras registrou preju√≠zos por terem d√≠vidas expostas √† varia√ß√£o cambial com vencimento nesse per√≠odo. Em virtude disso, o objetivo do presente trabalho foi demonstrar como a utiliza√ß√£o de opera√ß√Ķes de hedge com derivativos poderia ter reduzido as perdas dessas empresas. Para tanto, foi simulado um financiamento para aquisi√ß√£o de uma m√°quina que aumentaria em 15% a capacidade produtiva anual de uma empresa fict√≠cia. Esse financiamento foi simulado para ser liquidado em um per√≠odo de dezoito meses, cujos pagamentos foram projetados atrav√©s de cinco diferentes fluxos de caixa, sendo um em que foi desconsiderada a varia√ß√£o cambial, outro considerando a total exposi√ß√£o da opera√ß√£o √† varia√ß√£o cambial ocorrida no per√≠odo e outros tr√™s utilizando diferentes derivativos para realizar o hedge. Uma vez projetados, tais fluxos foram analisados para que fosse poss√≠vel identificar qual derivativo utilizado gerou maior economia para a opera√ß√£o, demonstrando assim a import√Ęncia que a utiliza√ß√£o de derivativos possui na gest√£o de riscos cambiais. Ao final das an√°lises identificou-se que no cen√°rio realizado e proje√ß√Ķes simuladas os tr√™s diferentes derivativos resultaram em economia para a opera√ß√£o, sendo o swap cambial aquele te teve melhor resultado.

Palavras-Chave: Gestão de Riscos; Variação Cambial; Derivativos; Hedge.

 

Nome: Micael de Mello Silveira

Título: Análise dos reflexos da obrigatoriedade do e-social doméstico em escritórios Contábeis

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Ana Cristine Heinen

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 20

Resumo:

O eSocial, √© atualmente o projeto de maior complexidade do Governo Federal, no √Ęmbito da √°rea trabalhista. Objetiva colher dados sobre a popula√ß√£o assalariada do Pa√≠s, de forma a criar um banco de dados, a partir do qual seja capaz o reconhecimento do cen√°rio do mercado de trabalho e suas transforma√ß√Ķes. No entanto, como qualquer outro sistema em fase de implementa√ß√£o, e dada a sua complexidade, necessita de estudo e an√°lise. Por isso, o objetivo deste estudo foi analisar as estrat√©gias de mudan√ßas na pr√°tica trabalhista realizada pelos escrit√≥rios cont√°beis, a partir das dificuldades durante a fase de implanta√ß√£o do eSocial dom√©stico. √Č uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa do problema. Os dados foram levantados mediante entrevistas junto a gestores e funcion√°rios da √°rea trabalhista de tr√™s escrit√≥rios de contabilidade. Com base nos dados levantados, foi observado que s√£o necess√°rias melhorias significativas em rela√ß√£o √† efici√™ncia e agilidade do sistema, pois este em devidos momentos n√£o apresenta a fluidez necess√°ria. Ainda sobre os dados obtidos, foi observado que houve uma expressiva melhora na plataforma, tanto pela implementa√ß√£o de novas fun√ß√Ķes como pela melhoria nas antigas. Fato observado tamb√©m, √© que n√£o foi un√Ęnime a decis√£o de fazer um planejamento no in√≠cio do sistema, sendo que um dos entrevistados n√£o comentou sobre cursos e treinamentos desenvolvidos na sua institui√ß√£o. Com a metodologia de entrevista utilizada, foram encontrados pontos a serem melhorados tanto pelos escrit√≥rios cont√°beis como por parte do Governo.

Palavras-chave: eSocial doméstico - Escritório de contabilidade - prática trabalhista

 

Nome: Nemora Brizolla Vieira

Título: PLANEJAMENTO TRIBUTARIO: ESTUDO EM UMA EMPRESA DE COMERCIO

VAREJISTA DE COMBUST√ćVEIS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Clari Schuh

Professor Convidado: Melissa Teresa Kanitz

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 71

Resumo:

A carga tribut√°ria no Brasil √© um dos custos mais expressivos nas empresas, as quais est√£o encontrando dificuldades para manter-se num mercado t√£o competitivo. Isso comprova a import√Ęncia do planejamento tribut√°rio nas organiza√ß√Ķes e os benef√≠cios que um correto enquadramento tribut√°rio origina para uma boa gest√£o econ√īmica e financeira nas empresas. Para o planejamento tribut√°rio adequado √© preciso amplo conhecimento da legisla√ß√£o, evidenciando a import√Ęncia do profissional cont√°bil na gest√£o das organiza√ß√Ķes. Neste contexto, o objetivo do estudo foi verificar qual o tipo de tributa√ß√£o no √Ęmbito Federal representa menor √īnus tribut√°rio para a empresa ABC, levando em considera√ß√£o os dados de 2016. Em termos metodol√≥gicos, a pesquisa se classifica como explicativa em rela√ß√£o ao objetivo, quanto ao levantamento de dados foi documental, e a abordagem do problema foi qualitativa. Deste modo, foram levantados os dados junto a empresa e escrit√≥rio cont√°bil, e calculados os tributos pelo Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real. Os resultados evidenciam que o regime de tributa√ß√£o menos oneroso para a empresa baseado nos dados de 2016 √© o Lucro Real. No entanto nas proje√ß√Ķes para 2018 √© o Lucro Presumido. Conclui-se que a empresa precisa revisar anualmente a escolha do regime tribut√°rio, pois pode mudar o cen√°rio para a escolha do regime tribut√°rio menos oneroso.

Palavra-chave: Lucro Real. Lucro Presumido. Simples Nacional. Planejamento Tribut√°rio.

 

 

Nome: Patrícia Riéle Schuh

T√≠tulo: PLANEJAMENTO TRIBUT√ĀRIO APLICADO A UMA EMPRESA COMERCIAL E

PRESTADORA DE SERVIÇOS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Daniel Wartchow

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 107

Resumo:

A carga tributária atualmente tem se mostrado bastante elevada, o que faz com que as empresas paguem uma parcela significativa de impostos. Diante da situação, os profissionais da área da contabilidade necessitam de alternativas legais, elaborando, portanto, um planejamento tributário para encontrar alternativas dentro da legislação que venham a minimizar os custos de tributos nas empresas. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo principal elaborar um planejamento tributário aplicado a uma empresa comercial e prestadora de serviços para assim poder indicar a melhor opção de tributação para a mesma. Para este estudo foi necessário realizar uma pesquisa bibliográfica sobre a legislação tributária, especificamente as formas de tributação, e solicitar os documentos necessários junto ao escritório de contabilidade da empresa. Com a posse dos documentos, foram realizados cálculos dos tributos pelo Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro Real Trimestral e Lucro Real Anual. Para finalizar realizou-se uma análise comparativa dos resultados apurados, onde conclui-se que o sistema tributário menos oneroso para a empresa é o Simples Nacional, no qual está atualmente enquadrada. Porém, é aconselhável que a empresa realize um planejamento tributário no final de cada ano, pois a tributação se modifica constantemente.

Palavras-chave: Planejamento tribut√°rio. Tributos. Enquadramento tribut√°rio.

 

Nome: Rodrigo Fagundes da Rosa

T√≠tulo: AN√ĀLISE DA RENTABILIDADE ENTRE PRODU√á√ÉO DE SOJA E DE TABACO

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Fernando B. B. Fontoura

Professor Convidado: Eduardo Fernando Watte

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 56

Resumo:

O presente trabalho tem como objetivo analisar a rentabilidade entre a cultura da soja e do tabaco em uma propriedade rural, na safra 2016/17 onde a cultura do tabaco foi cultivada em uma área de 3 ha, cerca de 45.000 pés, enquanto a área em comparação é de 20 ha que é cultivado a soja, foram avaliados todos os seus custos, desde os custos dos insumos, manutenção das culturas até a colheita e faturamento dos mesmos. A pesquisa foi realizada em uma propriedade rural de forma qualitativa com levantamento documental dos dados empíricos. Após analizar todos os pontos destes cultivares para que tenha sido possível identificar os custos de produção dessas culturas, foi demonstrado em qual setor os custos foram mais elevados e em qual foram mais vantajosos, sendo assim, evidenciando qual maneira deve ser feita a apuração dos custos da plantação, desde o preparo das terras, as forrageiras, insumos utilizados, mão de obra direta, terceirizada entre outras. O tabaco apresenta um alto custo com mão de obra, enquanto a soja apresenta um alto custo direto que se refere a insumos em geral, assim como de um imobilizado superior ao do tabaco, logo a depreciação também será maior, assim como a exaustão da terra em que é feito o plantio da mesma, que abrange 20 ha contra 3 há de tabaco ou seja, a exaustão é calculada pela quantidade de terras em uso, isso pode ser um ponto fraco da cultura da soja em relação ao tabaco no resultado final.

Palavras-chave: Soja. Tabaco. Agricultura. Rentabilidade. Custos.

 

Nome: R√ļlika Cordeiro Felipe

T√≠tulo: APROPRIA√á√ÉO DAS TICS PARA GEST√ÉO FINANCEIRA NA AGRICULTURA FAMILIAR NO MUNIC√ćPIO DE SINIMBU-RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Fernando B. B. Fontoura

Professor Convidado: Cidonea Machado

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 20

Resumo:

Este estudo investiga quais s√£o as TICs de utiliza√ß√£o cotidiana em pequenas propriedades do meio rural, que podem ser apropriadas √† gest√£o financeira no contexto produtivo da agricultura familiar. Inicialmente, identificou-se o perfil socioecon√īmico dos agricultores familiares do munic√≠pio de Sinimbu, verificando a disponibilidade e o uso das TICs no cotidiano, dando √™nfase √† identifica√ß√£o das pr√°ticas de gest√£o financeira nas propriedades. O levantamento dos dados foi realizado com base numa amostra por acessibilidade, composta por 30 propriedades rurais do munic√≠pio de Sinimbu-RS. Os resultados apontaram que a totalidade dos agricultores familiares entrevistados fazem uso das TICs no dia a dia. Todavia, n√£o dominam os recursos das TICs para fins de gest√£o e de controle, desconhecendo suas potencialidades. Tamb√©m, constatou-se que uma das ferramentas tecnol√≥gicas mais recorrente nos espa√ßos rurais do munic√≠pio alvo √© o smartphone.

Palavras-chave: TICs; Gest√£o Rural; Agricultura Familiar.

 

Nome: Sabine Hentschke

T√≠tulo: AN√ĀLISE DO PROCESSO DE INVENT√ĀRIO DE ESTOQUES EM UMA EMPRESA

COMERCIAL VAREJISTA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Marco Antonio Victor Simch

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 61

Resumo:

Nas empresas comerciais, os valores de estoques s√£o representativos e por isso demandam de permanente controle interno. No entanto, n√£o basta √† empresa ter controles internos sem que haja exames peri√≥dicos realizados pela auditoria interna para verificar se os mesmos est√£o sendo praticados de forma correta pelos funcion√°rios da empresa e se s√£o adequados para a mitiga√ß√£o de riscos, pois a aus√™ncia destes pode expor a empresa a in√ļmeras perdas. Para tanto, este trabalho tem como objetivo analisar o processo de invent√°rio de estoques em uma empresa comercial varejista, verificando se √© adequado para mitiga√ß√£o de riscos de fraude e erros de estoque. Portanto, para o desenvolvimento deste trabalho buscou-se a fundamenta√ß√£o te√≥rica elaborada atrav√©s da pesquisa bibliogr√°fica. A pesquisa foi classificada como descritiva com o uso do m√©todo qualitativo. O procedimento t√©cnico adotado √© o estudo de caso, possibilitando avaliar os controles internos no processo de invent√°rio de estoque, atrav√©s da participa√ß√£o pr√°tica da contagem na Agro-Comercial Afubra. A an√°lise dos dados permitiu concluir que, a empresa adota sistemas de controle interno sendo o invent√°rio rotativo um importante instrumento para o controle de estoque mitigando riscos de fraude e erros, salvaguardando os ativos da empresa. O estudo ainda possibilitou a sugest√£o de melhorias para um maior controle de estoques.

Palavras-chave: Estoques. Auditoria Interna. Controles Internos. Invent√°rio Rotativo.

 

Nome: Scheila Beatriz Dorfey

Título: ELABORAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE CONTROLES FINANCEIROS E GERENCIAIS EM UMA EMPRESA COMERCIAL, COM ÊNFASE NO FLUXO DE CAIXA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 105

Resumo:

 

¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† O estudo aborda a utiliza√ß√£o de controles financeiros e gerenciais, fluxo de caixa como importante instrumento de acompanhamento na gest√£o das empresas. A √°rea financeira √© de extrema import√Ęncia para toda empresa. Ter conhecimento das contas a pagar e a receber da empresa e control√°-las √© vital para manter o financeiro da empresa em bom estado. Todo empreendedor deve estar ciente de que toda a√ß√£o realizada na empresa reflete no desempenho econ√īmico da organiza√ß√£o. Sendo que o uso de ferramentas dispon√≠veis em meio eletr√īnico auxilia no desenvolvimento dos controles, bem como no acompanhamento dos dados gerados pelos mesmos. O objetivo principal deste trabalho foi analisar e verificar se os controles gerenciais existentes na empresa Foto Leipelt, no per√≠odo do ano de 2016, atendem as necessidades de informa√ß√Ķes da gest√£o na tomada de decis√Ķes. Ap√≥s um per√≠odo de pesquisa e entrevista junto aos gestores da empresa, identificou-se a necessidade da elabora√ß√£o e implanta√ß√£o dos controles de contas a receber, contas a pagar, caixa di√°rio/mensal e fluxo de caixa, sendo que o √ļnico que a empresa j√° possu√≠a √© o controle de caixa que era feito manualmente. Ao analisar o ciclo financeiro da empresa observou-se que apesar de n√£o manter controles gerenciais eficazes, o resultado encontrado foi muito satisfat√≥rio. Por√©m reconheceu-se a necessidade de dispor de controles adequados e de f√°cil an√°lise, auxiliando diretamente na tomada de decis√Ķes.

Palavras-Chaves: Controles gerenciais e financeiros, fluxo de caixa

 

 

Nome: Stéfani Iser

Título: MODELO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA PARA UMA COOPERATIVA DE

AGRICULTORES FAMILIARES

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Laércio Rogério Friedrich

Professor Convidado: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 52

Resumo:

Considerando o cen√°rio de desenvolvimento das Sociedades Cooperativas, a necessidade da profissionaliza√ß√£o dos gestores e dos modelos de gest√£o se fazem relevantes e neste contexto a governan√ßa corporativa se torna fundamental para continuidade e √™xito das mesmas buscando implementar uma gest√£o baseada em seus princ√≠pios. O presente trabalho teve como objetivo verificar as pr√°ticas atuais da Cooperativa e propor um modelo de Governan√ßa com base no Guia do IBGC para a Cooperativa de Agricultores Familiares de Vera Cruz. Trata-se de um estudo de caso, com abordagem descritiva e qualitativa, no qual foram feitas entrevistas semi estruturadas e aplicado question√°rio com o Presidente, Secret√°rio e dois membros do Conselho Fiscal. Como resultado deste estudo constatou-se que a Cooperativa j√° vem utilizando ferramentas b√°sicas de governan√ßa, como o conselho fiscal e conselho de administra√ß√£o, buscando uma gest√£o transparente e igualit√°ria entre todos os associados. Analisando resultados, conclui-se que a ado√ß√£o das pr√°ticas de governan√ßa corporativa tem importante papel na constru√ß√£o de uma gest√£o correta e transparente, al√©m de que se aplicadas corretamente proporcionam uma maior credibilidade. E como sugest√£o a esta estrutura surge o conselho consultivo, onde os membros com capacidade t√©cnica sugerem melhorias, e auxiliam nas tomadas de decis√Ķes, contribuindo com a continuidade e longevidade da mesma.

Palavras-chave: Governança cooperativa. Sociedades Cooperativas. Práticas de Governança.

 

Nome: Suellen Simone Jumes

T√≠tulo: O IMPACTO DA ALTERA√á√ÉO DAS AL√ćQUOTAS DA DESONERA√á√ÉO DA

FOLHA DE PAGAMENTO NA CARGA TRIBUT√ĀRIA DAS EMPRESAS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Daniel Wartchow

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 15

Resumo:

Visando amenizar uma das maiores preocupa√ß√Ķes das empresas brasileiras, a elevada carga tribut√°ria, em 2011 o governo federal brasileiro editou a Medida Provis√≥ria n. 540/2011, posteriormente convertida em lei, a Lei n. 12.546/2011. Esta lei, entre outras medidas, alterou a incid√™ncia das contribui√ß√Ķes previdenci√°rias devidas pelas empresas de alguns setores, o que ficou conhecido como desonera√ß√£o da folha de pagamento. O objetivo do trabalho visa analisar o impacto da altera√ß√£o das al√≠quotas da contribui√ß√£o previdenci√°ria sobre a receita bruta na carga tribut√°ria das empresas dos seguintes setores desonerados: Tecnologia da Informa√ß√£o, Hotelaria e Constru√ß√£o Civil. A fim de atingir este objetivo foi realizada uma pesquisa bibliogr√°fica e uma pesquisa descritiva. Concluiu-se que, houve um aumento no percentual de tributos federais recolhidos pelas empresas dos setores de TI e hotelaria em 2016, devido ao aumento da al√≠quota da contribui√ß√£o previdenci√°ria neste per√≠odo, enquanto que, no setor de constru√ß√£o civil, n√£o houve este aumento. Por fim, sugere-se que seja realizado novo levantamento, com dados de 2017, devido a Medida Provis√≥ria n. 774/2017 ter revogado a Lei 12.546 para a maior parte dos setores a partir de 1¬ļ de julho de 2017, inclusive para os setores de tecnologia da informa√ß√£o e setor hoteleiro, analisados nesse estudo.

Palavras-chave: Carga tributária. Desoneração da folha de pagamento. Empresas brasileiras

 

Nome: Susian Analine Bresler

T√≠tulo: VIABILIDADE ECON√ĒMICA E FINANCEIRA PARA IMPLANTA√á√ÉO DA FLORICULTURA GARDEN BLUE

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Eduardo Fernando Watte

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 84

Resumo:

Devido ao grande √≠ndice de empresas que encerram suas atividades em menos de tr√™s anos no Pa√≠s, percebe-se a grande necessidade de se realizar um planejamento eficiente para se empreender em qualquer tipo de oportunidade e investir em algum mercado de trabalho que lhe traga retorno financeiro bem como satisfa√ß√£o de trabalhar com o que se gosta. Estudar a viabilidade econ√īmica e financeira para se implantar uma floricultura na cidade de Ven√Ęncio Aires foi o objetivo deste trabalho. Para este estudo de viabilidade, o principal questionamento foi: qual √© o investimento necess√°rio, tanto de recursos pr√≥prios e se necess√°rio de terceiros, para abrir uma floricultura em Ven√Ęncio Aires, com proje√ß√£o para recuperar o investimento inicial nos cinco primeiros anos? Como este trabalho √© um plano de neg√≥cio, com pesquisa explorat√≥ria de forma qualitativa e para obter estas informa√ß√Ķes realizou-se uma pesquisa de mercado para coletar dados e assim obter tais informa√ß√Ķes, al√©m de identificar poss√≠veis consumidores e suas necessidades no mesmo munic√≠pio, bem como estimar volume de vendas durante determinado per√≠odo. Para demonstrar em c√°lculos os √≠ndices de viabilidade foram realizados or√ßamentos necess√°rios, DRE e fluxo de caixa projetados, bem como apresentou-se os resultados de margem de contribui√ß√£o, Payback e lucratividade. E com os resultados apresentados, o projeto tornou-se vi√°vel j√° no primeiro ano de atividade e com retorno previsto de capital investido no terceiro ano, mesmo que o ponto de equil√≠brio econ√īmico demonstrou que n√£o se atingiu o lucro esperado.

Palavras-chave: Viabilidade. Pesquisa. Investimento.

 

Nome: Tailyn Darleane Lemos Moraes dos Santos

T√≠tulo: AN√ĀLISE DA PARTICIPA√á√ÉO PER CAPITA DOS EMPREGADOS NA GERA√á√ÉO E DISTRIBUI√á√ÉO DO VALOR ADICIONADO EM EMPRESAS BRASILEIRAS COM √ćNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE)

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 39

Resumo:

O presente trabalho teve como objetivo analisar a participa√ß√£o per capita dos empregados na gera√ß√£o e distribui√ß√£o do valor adicionado das empresas brasileiras com ISE no BM&FBovespa, e verificar se a mesma se diferencia entre os anos de 2014 a 2016 e entre os diferentes setores presentes no ISE. O delineamento metodol√≥gico remeteu a uma pesquisa descritiva explorat√≥ria, com abordagem quantitativa do problema de pesquisa. Para o levantamento dos dados utilizou-se a pesquisa documental com consulta as DVA‚Äôs das empresas brasileiras com ISE, obtidas junto ao site da Comiss√£o de Valores Monet√°rios (CVM). Tamb√©m foram consultados os Relat√≥rios de Sustentabilidade das empresas com ISE para o levantamento do n√ļmero de empregados. Os dados foram apurados e analisados com o aux√≠lio do Excel. Os resultados demonstraram valores expressivos na participa√ß√£o per capita dos funcion√°rios na gera√ß√£o e distribui√ß√£o do valor adicionado em algumas das empresas analisadas. As tr√™s empresas que mais se destacaram na participa√ß√£o per capita dos funcion√°rios na gera√ß√£o foram: Cielo, com R$ 4.289.859,29 no ano de 2015, e R$ 4.400.465,02 em 2016; Engie, com Engie, com R$ 3.632.724,55 em 2015 e R$ 3.609.588,31 em 2016; e, AES Tiet√™, com R$ 4.412.507,94 em 2015 e R$ 2.959.994,38 no ano de 2016. Na distribui√ß√£o do valor adicionado aos empregados os valores apresentaram uma varia√ß√£o entre R$ 38.594,36 e R$ 309.102,75 no ano de 2016. Para estudos futuros sugere-se uma investiga√ß√£o mais aprofundada do valor adicionado per capita destinado aos funcion√°rios.

Palavras-chave: √ćndice de Sustentabilidade. Demonstra√ß√£o do Valor Adicionado. Distribui√ß√£o per capita do valor adicionado.

 

Nome: Thiago Vicente Back

T√≠tulo: ANALISE DE VIABILIDADE EC√ĒNOMICA E FINANCEIRA PARA A INSTALA√á√ÉO

DE UM ESCRIT√ďRIO DE CONTABILIDADE NO MUNIC√ćPIO DE VERA CRUZ -RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Laércio Rogério Friedrich

Professor Convidado: Fernando B. B. Fontoura

Data da banca: julho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 76

Resumo:

Em um mercado altamente competitivo, altos juros, infla√ß√£o, custos e despesas sem planejamento, s√£o componentes que quando combinados podem afetar as organiza√ß√Ķes de uma maneira negativa, fazendo com que, empresas mal estruturadas encerrem suas atividades precocemente, pelo fato de n√£o atingirem o retorno desejado, com o intuito de minimizar estes riscos, este trabalho objetiva, analisar a viabilidade econ√īmica e financeira de implanta√ß√£o de um escrit√≥rio cont√°bil no munic√≠pio de Vera Cruz/RS. Como estrat√©gia metodol√≥gica foi utilizado neste estudo descritivo, qualitativo, procedimentos cient√≠ficos, aprofundamento bibliogr√°fico e estudo de caso. Primeiramente foi realizada uma pesquisa na cidade visando identificar a demanda de mercado, valor de honor√°rios praticados, as principais receitas, despesas e custos inerentes ao presente projeto, o investimento inicial necess√°rio e o fluxo de caixa projetado para o per√≠odo de tr√™s anos. Pode-se concluir que o projeto em estudo, dentro dos dados elaborados e par√Ęmetros definidos, se torna vi√°vel para o per√≠odo de tr√™s anos, o que pode ser considerado um resultado positivo, que segundo as proje√ß√Ķes se dar√° de forma mais ampla nos exerc√≠cios seguintes, refor√ßando a viabilidade do investimento.

Palavras-Chaves: Investimento. Mercado Cont√°bil. Viabilidade Econ√īmica e Financeira.

 

Nome: Valira Fiuza de Oliveira

T√≠tulo: HOLDING COMO ESTRAT√ČGIA DE PLANEJAMENTO SUCESS√ďRIO E TRIBUT√ĀRIO EM UMA PEQUENA EMPRESA FAMILIAR DA CIDADE DE CANDEL√ĀRIA-RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Laércio Rogério Friedrich

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 23

Resumo:

Este trabalho alicer√ßa-se no objetivo geral de analisar a viabilidade da constitui√ß√£o de uma holding como estrat√©gia de planejamento sucess√≥rio e tribut√°rio em uma pequena empresa familiar, frente aos dois m√©todos mais conhecidos e utilizados geralmente para a realiza√ß√£o da sucess√£o: a sucess√£o leg√≠tima e a sucess√£o testament√°ria. Quanto √† metodologia, o trabalho configura-se como uma pesquisa descritiva qualitativa. Valendo-se de pesquisa bibliogr√°fica e documental, estudo de caso e entrevista n√£o estruturada para os procedimentos, buscou-se simular um processo de sucess√£o diante de cada alternativa, baseado nos dados de determinado patrim√īnio familiar, incluindo uma empresa, da cidade de Candel√°ria-RS. Essa an√°lise levou a resultados positivos, demonstrando que embora o processo de sucess√£o realizado a partir da constitui√ß√£o de uma holding familiar, neste caso, seja o mais caro a se realizar, diante dos custos tribut√°rios futuros o investimento inicial rapidamente compensaria-se. Outro aspecto positivo a ser mensurado frente ao investimento inicial √© o fato das prefer√™ncias do titular estarem asseguradas bem como diversas vantagens como uma maior seguran√ßa e alternativas de diversifica√ß√£o de atividades. Evidenciou-se tamb√©m a import√Ęncia do planejamento sucess√≥rio e tribut√°rio, apresentados os resultados da an√°lise.

Palavras-chave: Planejamento sucessório; Sucessão; Empresa familiar; Holding.

 

Nome: Vanessa Heloisa Bolduan

Título: GOVERNANÇA CORPORATIVA PARA O TERCEIRO SETOR

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: junho de 2017

N√ļmero de p√°ginas: 40

Resumo:

Este trabalho dedicou-se a estudar e relatar as boas pr√°ticas de governan√ßa para organiza√ß√Ķes do terceiro setor, demonstrando os benef√≠cios gerados para as entidades que adotam estas pr√°ticas, gerando mais valor e credibilidade para as organiza√ß√Ķes. A metodologia do estudo remeteu a uma pesquisa descritiva explorat√≥ria com uma abordagem qualitativa do problema. Foi realizado um estudo das principais pr√°ticas de governan√ßa para as organiza√ß√Ķes do terceiro setor, com base no guia de melhores pr√°ticas para o terceiro setor, lan√ßado pelo Instituto Brasileiro de Governan√ßa Corporativa (IBGC) em 2016. O levantamento de dados foi feito com base na pesquisa documental junto √† Liga Feminina de Combate ao C√Ęncer de Santa Cruz do Sul, uma associa√ß√£o do terceiro setor. Em termos de resultado observou-se que desde seu primeiro estatuto a associa√ß√£o em quest√£o j√° observa algumas das principais pr√°ticas de governan√ßa presentes no guia. Ap√≥s a altera√ß√£o realizada no seu estatuto, em 2015, um dos principais t√≥picos observados que ainda n√£o est√° presente na Liga √© a auditoria independente, que √© respons√°vel pela an√°lise das Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis elaboradas pela associa√ß√£o, visando maior credibilidade e confiabilidade dos associados e interessados.

Palavras-chave: Terceiro Setor. Governan√ßa. Liga Feminina de Combate ao C√Ęncer de SCS.

 

Nome: Aline Farias Marchi

T√≠tulo: ¬†Compara√ß√£o dos ciclos econ√īmico, financeiro e operacional de uma rede de Farm√°cias de Santa Cruz do Sul ‚Äď um estudo de caso na LGV FARM√ĀCIAS LTDA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Egardo Kuetzer

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 164 p.

Resumo:

Este estudo tem como objetivo identificar e comparar o ciclo operacional, ciclo financeiro e ciclo econ√īmico de uma empresa de m√©dio porte do com√©rcio varejista de medicamentos de Santa Cruz do Sul, tendo a matriz nesta cidade e suas filiais nas cidades de Igrejinha e Tr√™s Coroas, todas no estado do Rio Grande do Sul. A tipologia de pesquisa quanto aos objetivos utilizou-se a pesquisa descritiva, quanto aos procedimentos, o estudo de caso, levantamento de dados e a pesquisa documental e quanto a abordagem a pesquisa qualitativa. Para conscientizar os gestores da import√Ęncia da an√°lise das atividades e do ciclo operacional, ciclo econ√īmico e ciclo financeiro, como instrumentos de melhoria nos v√°rios setores operacionais visando diminuir a utiliza√ß√£o do capital de giro da empresa. Foram levantadas as informa√ß√Ķes de invent√°rio de estoques e relat√≥rios para calcular os √≠ndices de atividade dos produtos selecionados. E por meio dos dados coletados e analisados identificou-se diferen√ßas entre as lojas em alguns ciclos. Desta forma o estudo permitiu a compreens√£o gerencial que se deve dar para a an√°lise detalhada dos ciclos operacional, financeiro e econ√īmico para auxiliar na administra√ß√£o financeira da empresa.

Palavras-chave: Empresa de m√©dio porte, Ciclo operacional, Ciclo financeiro, Ciclo econ√īmico, √ćndices de atividade.

 

Nome: Jordana Jappe

T√≠tulo: ¬†Viabilidade econ√īmica e financeira para implanta√ß√£o de um mini frigor√≠fico em uma propriedade no munic√≠pio de Herveiras/ RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Eduardo Fernando Watte

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 62 p.

Resumo:

A contabilidade √© uma ferramenta de gest√£o essencial para implanta√ß√£o de novos empreendimentos e fundamental para a agricultura e pecu√°ria, auxiliando assim para verificar novos investimentos. Neste contexto o presente trabalho teve como objetivo principal a viabilidade de implanta√ß√£o de um mini frigorifico na cidade de Herveiras/RS, onde foi realizado uma proje√ß√£o de investimento com base em tr√™s anos, com tr√™s cen√°rios sendo um realista baseado na pesquisa de mercado que foi realizado para verificar a possibilidade de colocar o mini abate-frigorifico, outro otimista e pessimista para poder verificar a viabilidade do investimento.¬† A propriedade analisada faz seus registros cont√°beis, e anota√ß√Ķes, mas n√£o mensuram o lucro efetivo, n√£o possuem um planejamento para a √°rea da pecu√°ria. A metodologia utilizada para a realiza√ß√£o desta pesquisa se caracteriza como um estudo descritivo com abordagem qualitativa e levantamento de dados da propriedade. Os dados coletados foram registrados e organizados em planilhas de Excel. Atrav√©s destes dados foi poss√≠vel analisar e interpretar as informa√ß√Ķes obtidas. Apresentou dois fluxos de caixa positivos, e um negativo dos cen√°rios projetados, mas mesmo assim os resultados foram satisfat√≥rios. Por fim, pode se concluir que a propriedade objetivo de estudo, apresentou um desempenho econ√īmico e financeiro se colocasse um mini frigorifico, teve dois cen√°rios da proje√ß√£o que deu positivo.

Palavras-chave: Pecuária; Frigorífico; gado de corte; carne para revenda.

 

Nome: Débora Cristine Telöken 

Título:  Gestão de custos e análise de preços: estudo no setor de padaria em empresa do ramo supermercadista

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 85 p.

Resumo:

O objetivo desse estudo consistiu na proposta de aplica√ß√£o do m√©todo de custeio vari√°vel no Supermercado Jung & Horn Ltda, visando apurar os custos de fabrica√ß√£o dos produtos relevantes durante tr√™s meses, para verificar se o pre√ßo praticado pela empresa gera resultado positivo. Para a execu√ß√£o do estudo foram identificados os produtos que trouxeram maior retorno financeiro para a empresa, acompanhando-os durante o processo produtivo, onde foi apurado o consumo de mat√©ria-prima e o tempo de produ√ß√£o. Tamb√©m realizou-se o levantamento dos custos fixos, c√°lculo da margem de contribui√ß√£o, mark-up e analisou-se os resultados obtidos. A metodologia quanto aos objetivos consiste na pesquisa descritiva, quanto aos procedimentos caracteriza-se como pesquisa documental e levantamento ou survey e quanto √† abordagem do problema classifica-se como qualitativa. Este estudo mostra a import√Ęncia da forma√ß√£o do pre√ßo de venda, demonstrando que a maioria dos produtos ultrapassou o pre√ßo de venda ideal, gerando para a empresa um lucro maior que o esperado. Em alguns produtos constatou-se que o pre√ßo praticado foi inferior ao pre√ßo ideal para gerar a margem de lucro de 10%, por√©m foi suficiente para cobertura dos custos e despesas de fabrica√ß√£o. Somente em tr√™s produtos analisados o pre√ßo praticado n√£o foi suficiente para colaborar na cobertura dos custos e despesas fixas da empresa e proporcionar o lucro esperado. Por fim, verificou-se que a receita auferida com o total dos produtos vendidos foi suficiente para cobertura dos custos e despesas fixas do setor de padaria e ainda proporcionar lucro no per√≠odo.

Palavras-chave: Contabilidade, Custos, Métodos de Custeio, Formação de preços

 

Nome: Camila Carvalho Bri√£o

T√≠tulo: ¬†Convers√£o das demonstra√ß√Ķes cont√°beis para moeda estrangeira em uma ind√ļstria do ramo do tabaco e a conson√Ęncia com a NBC TG 02

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Convidado: Eduardo Fernando Watte

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 74 p.

Resumo:

Considerando que as demonstra√ß√Ķes cont√°beis s√£o um dos principais instrumentos de dissemina√ß√£o de informa√ß√Ķes de qualquer empresa, tanto por seus administradores, quanto para os atuais e potenciais investidores, a necessidade de comparar estas informa√ß√Ķes fez surgir a Convers√£o de Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis. Baseado no contexto, o presente estudo apresentou como objetivo principal a verifica√ß√£o na pr√°tica do processo de convers√£o das demonstra√ß√Ķes cont√°beis para moeda estrangeira em uma ind√ļstria do ramo do tabaco e a conson√Ęncia com a NBC TG 02. Para alcan√ßar os objetivos propostos, a metodologia utilizada na pesquisa foi descritiva, bibliogr√°fica, documental e qualitativa. Dessa forma, os dados foram obtidos atrav√©s de raz√Ķes cont√°beis e demais relat√≥rios no per√≠odo de 2015, entrevistas informais com o gestor e, levantamento bibliogr√°fico acerca do assunto. A matriz da empresa, foco do estudo, √© localizada no exterior e 95% de sua produ√ß√£o s√£o exportadas. Concluiu-se que o processo de convers√£o da empresa segue as regras da norma cont√°bil americana, o FAS 52, onde os crit√©rios e procedimentos exigidos em rela√ß√£o a taxas cambiais, m√©todos de convers√£o e moeda funcional, entre outros, s√£o semelhantes √† norma brasileira NBC TG 02. Percebeu-se no decorrer do estudo que a aplica√ß√£o de determinado m√©todo vai depender do sistema de contabilidade que a empresa possui e da posi√ß√£o da empresa, ou seja, se √© uma subsidi√°ria de empresa estrangeira, instalada no Brasil, ou uma empresa brasileira com investimentos ou subsidi√°rias no exterior, salientando que para ambos os casos, deve-se aplicar as normas vigentes.

Palavras-chave: Convers√£o de Demonstra√ß√Ķes Cont√°beis. NBC TG 02. FAS 52. Taxas e M√©todos de Convers√£o. Ganho e perda de convers√£o.

 

 

Nome: Luana Taís Gass

Título:  Comparação das práticas de governança corporativa da cooperativa Sicredi Centro Serra em relação ao guia das melhores práticas de governança para cooperativas do IBGC

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 85 p.

Resumo:

Fundamental em cooperativas, a governan√ßa corporativa avan√ßa em todo o mundo porque contribui para a longevidade e perenidade das mesmas, aumenta o seu valor, gera mais confian√ßa as partes relacionadas, estimulando o seu crescimento e sucesso. Nesse contexto, o objetivo do presente estudo foi o de realizar uma compara√ß√£o entre as pr√°ticas de governan√ßa corporativa da Cooperativa de Cr√©dito Sicredi Centro Serra e o Guia das Melhores Pr√°ticas de Governan√ßa para Cooperativas do IBGC, verificando ainda se o sistema adotado est√° de acordo. O levantamento de dados para an√°lise comparativa desenvolveu-se com uma pesquisa documental e bibliogr√°fica, com tipologia descritiva e com abordagem qualitativa. A partir de informa√ß√Ķes coletadas nos estatutos, pol√≠tica de governan√ßa, site institucional, entrevistas informais e question√°rios, obtiveram-se resultados apontando que a estrutura, a gest√£o e as a√ß√Ķes da Sicredi Centro Serra, cooperativa foco da pesquisa, est√£o em conformidade com as principais e mais importantes recomenda√ß√Ķes do IBGC, de forma eficaz e fidedigna. Tal conformidade deve-se principalmente ao fato de ser um √≥rg√£o cooperativista, onde a governan√ßa torna-se pe√ßa imprescind√≠vel para demonstrar com mais clareza todos os resultados e informa√ß√Ķes necess√°rias para que os associados participem ativamente do processo de gest√£o. A verifica√ß√£o comparativa evidenciou alguns requisitos que poderiam ser refor√ßados e apresentados √† gest√£o como sugest√£o de melhoria e aprimoramento na cooperativa como a pol√≠tica de sustentabilidade, cria√ß√£o de manual para participa√ß√£o nas assembleias e uma pol√≠tica de porta-vozes para refor√ßar ainda mais os princ√≠pios da governan√ßa corporativa.

Palavras-chave: Governança corporativa. Guia de governança. Cooperativas. IBGC.

 

Nome: Natalia Kreibich W√ľnsch

Título:  Custos do beneficiamento de vidros e espelhos. O caso da VHM Vidros LTDA

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Laércio Rogério Friedrich

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 61 p.

Resumo:

Com o crescimento constante da organiza√ß√£o, √© de extrema import√Ęncia que os gestores mantenham embasamento em informa√ß√Ķes precisas para tomar decis√Ķes, garantindo que o pre√ßo praticado seja capaz de gerar receita suficiente para cobrir todos os custos e despesas e ainda gerar lucro. O presente trabalho foi desenvolvido na empresa VHM Vidros Ltda. A metodologia ao que se refere ao objetivo √© descritiva, caracterizando-se um estudo de caso com abordagem abrangendo uma pesquisa qualitativa. Desenvolveu-se uma pesquisa em material bibliogr√°fico com o intuito de fundamentar um referencial te√≥rico para apoio com os principais m√©todos de custeio e a familiariza√ß√£o dos termos mais utilizados na contabilidade de custos. Para desenvolvimento do estudo optou-se pela aplica√ß√£o do m√©todo de Custeio por Absor√ß√£o, pois atrav√©s de rateios, aloca aos produtos todos os custos incorridos na produ√ß√£o. Para aplica√ß√£o do m√©todo foi analisado o per√≠odo de seis meses. Primeiramente foi feita a identifica√ß√£o dos custos, j√° a aloca√ß√£o destes ocorreu por setores da organiza√ß√£o para ent√£o obter-se uma m√©dia semestral dos custos do per√≠odo. A apura√ß√£o e an√°lise dos resultados se deu atrav√©s da aplica√ß√£o da margem de contribui√ß√£o, ponto de equil√≠brio cont√°bil, econ√īmico e financeiro. A concretiza√ß√£o deste estudo proporcionou aos gestores uma vis√£o mais ampla da empresa, permitindo assim uma tomada de decis√Ķes embasada no resultado dos estudos, englobando desde a compra do material, contrata√ß√£o de m√£o de obra e venda do produto.

Palavras-chave: Custos, Absorção, Vidros.

 

Nome: Bruna Lisane Claas

T√≠tulo: ¬†An√°lise do processo de controles internos na ind√ļstria da √°rea tecnol√≥gica

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Renê Luiz Seibert

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 66 p.

Resumo:

A fim de garantir a seguridade do patrim√īnio, a precis√£o e a confiabilidade dos relat√≥rios cont√°beis e gerenciais as organiza√ß√Ķes precisam providenciar medidas efetivas dentro do contexto de controles internos. Nesse cen√°rio, o presente estudo objetivou a identificar e analisar as principais fragilidades nos procedimentos de controles internos da √°rea administrativa de uma empresa industrial do ramo tecnol√≥gico de Santa Cruz do Sul, RS, atrav√©s de di√°logos e questionamentos realizados, junto aos colaboradores. Para tanto, utilizou-se a pesquisa explorat√≥ria quanto aos objetivos e levantamento documental quanto aos procedimentos. A coleta destas informa√ß√Ķes buscou identificar os procedimentos de controles internos existentes na organiza√ß√£o e suas fragilidades para assim sugerir melhorias. Elaborou-se um parecer onde est√£o evidenciados os resultados obtidos por meio da an√°lise. Identificaram-se algumas dificuldades quanto aos atuais controles existentes na organiza√ß√£o e ressaltou-se a import√Ęncia dos controles a serem aplicados efetivamente.

Palavras-chave: Controles Internos; Import√Ęncia; Fragilidades.

 

 

Nome: Elis√Ęngela Carina da Silveira

T√≠tulo: ¬†Responsabilidade Social: A Cooperativa de Cr√©dito Sicredi Centro Serra no conceito das ‚ÄėEMPRESAS B‚Äô

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 143 p.

Resumo:

A atual preocupa√ß√£o da sociedade por uma maior responsabilidade social e ambiental, ganha espa√ßo nas empresas que tenham uma consci√™ncia madura e capaz de dar significado √†s mudan√ßas necess√°rias e que possibilitem a continuidade saud√°vel dos seres que habitam o planeta. Neste sentido, as ‚ÄėEmpresas B‚Äô trazem ao meio empresarial, um novo modelo de organiza√ß√£o, capaz de incluir os interesses coletivos em seu modelo de neg√≥cio e de redefinir o seu conceito de sucesso. Pela sua natureza jur√≠dica e pelos seus princ√≠pios, a responsabilidade social e a busca pela sustentabilidade fazem com que as Cooperativas se incluam nesse processo de cuidado e amadurecimento das pr√°ticas socioambientais. Nesse contexto, o presente estudo teve como objetivo identificar e analisar quais s√£o os requisitos que precisam ser atendidos pelo Sicredi, para que a Cooperativa Centro Serra fa√ßa parte do rol das ‚ÄėEmpresas B‚Äô. Para responder ao problema de pesquisa, aplicou-se¬†¬† na Sicredi Centro Serra, o ‚ÄėQuestion√°rio de Avalia√ß√£o de Impacto‚Äô desenvolvido pela ‚ÄėB Lab‚Äô e realizou-se uma pesquisa documental na qual foram analisados os indicadores sociais e ambientais publicados no Relat√≥rio de Sustentabilidade do Sicredi de 2015, que auxiliaram na an√°lise dos resultados obtidos pela Cooperativa. Em termos de resultado, a an√°lise evidenciou que a Cooperativa de Cr√©dito Sicredi Centro Serra chegou pr√≥ximo da pontua√ß√£o m√≠nima necess√°ria na ‚ÄėAvalia√ß√£o de Impacto‚Äô, ou ‚ÄėAvalia√ß√£o B‚Äô. O diagn√≥stico possibilitou identificar diversas pr√°ticas a serem aprimoradas e outras a serem implementadas para que a Cooperativa possa fazer parte do rol das ‚ÄėEmpresas B‚Äô.

Palavras-chave: Responsabilidade Social. ‚ÄėEmpresa B‚Äô. Cooperativismo. Institui√ß√£o Financeira.

 

Nome: Claiton da Silveira Silveira

T√≠tulo: ¬†Viabilidade econ√īmica e financeira para implanta√ß√£o de uma agropecu√°ria no interior da cidade rio PARDO- RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Jaqueline Silveira

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 74 p.

Resumo:

O presente trabalho tem objetivo de identificar, mediante pesquisa de mercado, a possibilidade de implanta√ß√£o de uma agropecu√°ria no interior de Rio Pardo, identificando qual o valor monet√°rio para a viabiliza√ß√£o do empreendimento. Este trabalho tratou-se de uma pesquisa descritiva, j√° quanto aos procedimentos foi classificada como levantamento e bibliogr√°fica, e quanto abordagem do problema como qualitativa. Para realiza√ß√£o deste estudo, foi realizada pesquisa com moradores da localidade do Passo da Areia para saber a opini√£o dos mesmos a respeito de um com√©rcio agropecu√°rio local, e outra pesquisa com gestores das principais agropecu√°rias de Rio Pardo. Os dados obtidos foram analisados, buscando assim projetar receitas e despesas do futuro neg√≥cio. Ap√≥s, foram elaboradas proje√ß√Ķes para 3 anos do fluxo de caixa e DRE, possibilitando analisar os resultados obtidos. Logo, foram calculados os √≠ndices de viabilidade econ√īmica e financeira para verificar se o investimento seria rent√°vel. Calculou-se o VPL, TIR, payback, margem de contribui√ß√£o e pontos de equil√≠brio para o per√≠odo de 3 anos. Dessa forma, a partir dos resultados encontrados, concluiu-se que o projeto se torna vi√°vel de acordo com os tr√™s primeiros anos projetados, apresentando resultados financeiros e econ√īmicos satisfat√≥rios, al√©m de um prazo de retorno dentro do projetado. Sendo assim, os objetivos deste trabalho foram atingidos, precisando apenas de alguns aprimoramentos devido a limita√ß√£o de informa√ß√Ķes fornecidas pelas empresas pesquisadas. Como sugest√£o de aprofundamento deste estudo, sugere-se que futuros gestores do empreendimento tenham ao alcance demonstrativos cont√°beis de empresas do ramo agropecu√°rio, para que tenham proje√ß√Ķes mais exatas.

Palavras-chave: Viabilidade econ√īmica e Financeira, Agropecu√°ria, Proje√ß√£o

 

 

Nome: Jeferson Kasburg Emmel

Título:  Planejamento tributário em uma empresa do segmento de materiais para construção

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Daniel Wartchow

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 72 p.

Resumo:

No atual mercado em que as empresas est√£o inseridas, diante da grande carga tribut√°ria existente no Brasil, √© de suma import√Ęncia o planejamento tribut√°rio visando a economia tribut√°ria. Com base nisto, √© objetivo do presente trabalho realizar um planejamento tribut√°rio na empresa Valmir Emmel e Cia Ltda, que tem como nome fantasia JJ Materiais de Constru√ß√£o. Trata-se de um estudo de caso, sendo uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa. Assim, foram realizados os c√°lculos pelos m√©todos de tributa√ß√£o aceitos pela legisla√ß√£o do Brasil, para verificar qual seria o menos oneroso, com base nos dados de 2015. Os resultados apontaram que o enquadramento tribut√°rio menos oneroso para a empresa √© o Simples Nacional, sistema j√° adotado pela empresa na √©poca do estudo.

Palavras-chave: Planejamento Tributário, Tributos, Métodos de Tributação.

 

Nome: Anelise Josimara Waclawovsky

Título:  Identificar os custos dos veículos próprios de uma Empresa do Setor de Transporte Rodoviário de Cargas

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Fernando B. B. Fontoura

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 51 p.

Resumo:

Este trabalho buscou apresentar os custos dos ve√≠culos pr√≥prios de uma empresa do setor de transporte rodovi√°rio de cargas. O objetivo principal √© demonstrar a import√Ęncia da identifica√ß√£o dos custos e despesas de uma empresa. As informa√ß√Ķes para constru√ß√£o deste trabalho foram coletadas junto √† Modal Transportes Ltda., dados estes que refletem a realidade da empresa. Para o alcance de tal objetivo, este trabalho caracterizou-se como um estudo de natureza descritiva, onde a investiga√ß√£o sobre determinado assunto, teve como objetivo coletar e organizar os dados abordados, a fim de identificar os custos da frota da empresa. O embasamento te√≥rico abordou assuntos relativos aos temas sobre a Contabilidade de Custos. A partir de uma planilha eletr√īnica, troca de informa√ß√Ķes com os s√≥cios/administradores e colaboradores da empresa, e informa√ß√Ķes obtidas a partir de pesquisas no sistema de informa√ß√Ķes da empresa, foi a base de dados para o estudo. Dessa forma, foi poss√≠vel visualizar os custos de cada grupo de ve√≠culo e obter informa√ß√Ķes sobre a frota e assim apoiar na tomada de decis√£o. E por fim, conclui-se que mesmo n√£o analisando diretamente Receita X Custos dos ve√≠culos, os ve√≠culos da empresa apresentaram resultados positivos, onde todos os grupos de ve√≠culos conseguiram gerar receita suficiente para suprir seus custos e despesas, e cabe a empresa decidir a real necessidade de renova√ß√£o dos ve√≠culos que apresentaram menor representatividade na margem de contribui√ß√£o.

Palavras-chave: An√°lise de custos, Transporte Rodovi√°rio de Cargas, Tomada de decis√£o.

 

 

Nome: Branda Rafaela Rodrigues

Título:  Impactos tributários na contratação de transportador pessoa jurídica ou pessoa física no setor fumageiro

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Láercio Rogério Friedrich

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 60 p.

Resumo:

O presente trabalho apresenta uma an√°lise comparativa na contrata√ß√£o de transportador em empresa fumageira, entre o transportador pessoa f√≠sica e transportador pessoa jur√≠dica, evidenciando qual o tipo de transportador de carga, torna-se menos oneroso. Neste trabalho aborda-se o planejamento tribut√°rio como ferramenta de trabalho para evidenciar as vantagens e desvantagens tribut√°rias, objetivando demonstrar qual personalidade de transportador obt√™m menos impacto tribut√°rio sob os resultados da ind√ļstria fumageira. Este discute, por meio de tabelas, gr√°ficos, anexos e ap√™ndices, formulados com base legal vigente, atrav√©s de um estudo descritivo e qualitativo, para demostrar valores apurados para cada regime tribut√°rio, proporcionando o entendimento sobre o transporte de cargas e o seu impacto no desenvolvimento regional e econ√īmico. Demonstrando que a presta√ß√£o de servi√ßo de transporte de cargas faz-se essencial para o setor fumageiro. O transporte de cargas, possibilita que as opera√ß√Ķes de log√≠stica entre a ind√ļstria e os mercados nacionais e internacionais, viabilizem a comercializa√ß√£o do tabaco. Com vistas para o planejamento tribut√°rio, este trabalho traz uma an√°lise comparativa entre o transportador pessoa f√≠sica e o transportador pessoa jur√≠dica, explanando os resultados tribut√°rios, em seus diferentes regimes tribut√°rios, com o objetivo de evidenciar a op√ß√£o mais vantajosa para a ind√ļstria contratante do servi√ßo de transporte. Comprovando que para a empresa contratante do servi√ßo de transporte a vantagem est√° em contratar o fretamento de um transportador pessoa jur√≠dica.

Palavras-chave: Contabilidade tribut√°ria. Transporte de cargas. Pessoa Jur√≠dica, Pessoa F√≠sica, Ind√ļstria fumageira

 

Nome: Leonardo Vandré Nicolini Festinalli

Título:  Relação das jornadas de trabalho extraordinárias com o índice de benefícios da Previdência Social

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Ana Cristine Heinen

Professor Convidado: M√°rcia Rosane Frey

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 31 p.

Resumo:

O objetivo deste artigo √© verificar se as jornadas de trabalho extras t√™m rela√ß√£o com os aux√≠lios doen√ßas acident√°rias, relacionando as horas com os acidentes de todas as cidades do Brasil. Como alguns outros artigos publicados que se direcionam para este assunto, buscando entender se a jornada em excesso tende a prejudicar a sa√ļde de um empregado. Este estudo trouxe de forma explorat√≥ria, de abordagem qualitativa, que foi buscado em artigos que trazem este assunto at√© mesmo em √Ęmbito internacional, com dados num√©ricos usados atrav√©s do banco de dados da OIT. Este artigo pode trazer uma vis√£o mais ampla da situa√ß√£o das jornadas que os empregados t√™m em seus empregos, podendo tirar por conclus√£o que n√£o √© s√≥ uma jornada maior que interfere no aumento acidentes de trabalho, isso ser√° visto ao longo do artigo, que seus √≠ndices de acidentes por hora extra se dividem por todo o pa√≠s.

Palavras-chave: Jornada de trabalho. Auxilio doença - acidentário. Horas extras.

 

Nome: C√°ssio Thiesen

Título:  Planejamento de Auditoria Contábil Trabalhista para Empresas da Construção Civil

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Ana Cristine Heinen

Professor Convidado: M√°rcia Rosane Frey

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 19 p.

Resumo:

O objetivo do estudo √© a realiza√ß√£o do planejamento da auditoria cont√°bil trabalhista para empresas da constru√ß√£o civil. Mudan√ßas recentes como as altera√ß√Ķes nas legisla√ß√Ķes, o eSocial, explicam a necessidade de t√©cnicas de verifica√ß√£o dos procedimentos internos. A folha de pagamento e seus encargos, quando mensurados com inconformidades, podem gerar passivos contingentes. A pesquisa, de car√°ter descritiva e qualitativa, foi desenvolvida a partir da t√©cnica documental. O estudo tem a participa√ß√£o de duas empresas do Rio Grande do Sul, cuja coleta de dados foi processada mediante a realiza√ß√£o de verifica√ß√£o documental em informativos cont√°beis e nos pr√≥prios recibos de pagamento. Os principais achados da pesquisa indicam pouca preocupa√ß√£o e ado√ß√£o de procedimentos relacionados √†s rotinas de forma correta. A execu√ß√£o da pr√°tica trabalhista tem forte rela√ß√£o com quest√Ķes societ√°rias, sendo que a forma de constitui√ß√£o da empresa √© determinante e deve ser avaliado no planejamento da auditoria trabalhista. A partir das verifica√ß√Ķes foram detectados erros t√©cnicos por falta de conhecimento nos proventos da folha, bem como na forma de tributa√ß√£o das empresas. A partir da an√°lise foi poss√≠vel identificar aus√™ncia de procedimentos corretos e um distanciamento daquilo que preceitua a literatura com a pr√°tica.

Palavras-chave: Auditoria contábil. Prática trabalhista. Construção civil.

 

Nome: Isa Caterine dos Santos Pinheiro

Título:  Projeção orçamentária em uma empresa do setor fumageiro de Santa Cruz do Sul

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Vilmar Thomé

Professor Convidado: Jaqueline Silveira

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 56 p.

Resumo:

Diante da atual instabilidade da economia do nosso pa√≠s √© muito importante que as empresas tenham a sua disposi√ß√£o ferramentas que possam auxiliar no controle e planejamento de suas atividades. Assim, o presente trabalho √© dedicado ao estudo do or√ßamento empresarial, e dessa forma demonstrar suas vantagens e limita√ß√Ķes na tomada de decis√£o, utilizando-se uma pesquisa descritiva documental. Os dados coletados para a realiza√ß√£o do trabalho foram disponibilizados por uma empresa do setor fumageiro, localizada em Santa Cruz do Sul. Foram coletadas as informa√ß√Ķes a fim de se cumprir todas as etapas necess√°rias para estrutura√ß√£o do or√ßamento, identificando as premissas necess√°rias para que o mesmo seja elaborado, tornando poss√≠vel a realiza√ß√£o da an√°lise das diferen√ßas entre valores or√ßados e realizados de julho a setembro de 2016. No parecer elaborado est√£o evidenciados os resultados obtidos atrav√©s dessas an√°lises, e os motivos que causaram as varia√ß√Ķes nas proje√ß√Ķes. Dessa forma buscou-se demonstrar a import√Ęncia do or√ßamento para a gest√£o das empresas.¬†¬†¬†¬†¬†

Palavras-chave: Orçamento Empresarial. Controle. Tomada de decisão

 

Nome: Greice Tatiane Jantsch

Título:  Planejamento tributário com ênfase em tributos federais para uma empresa do ramo da mineração

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Jaqueline Silveira

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 89 p.

Resumo:

No cen√°rio atual, uma das maiores preocupa√ß√Ķes dos empres√°rios √© a elevada carga tribut√°ria do pa√≠s, para obter o lucro desejado na venda das mercadorias ou na presta√ß√£o de servi√ßo √© necess√°rio embutir este valor no pre√ßo da mercadoria e no da presta√ß√£o de servi√ßo. Caso a empresa n√£o tenha um estudo detalhado sobre a melhor forma de tributa√ß√£o poder√° estar em desvantagem com o mercado. Para ent√£o diminuir o √īnus tribut√°rio √© preciso realizar um planejamento, onde sendo observado as atividades permitidas e vedadas, o empres√°rio poder√° optar pelo Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real. No primeiro momento ser√° abordado e conceituado os tipos de tributa√ß√£o e os tributos abrangidos neste trabalho. Para a elabora√ß√£o do referencial te√≥rico utilizou-se a metodologia descritivo-explicativo, com a abordagem bibliogr√°fica.¬† Como objetivo, este trabalho visou-se apurar os impostos de √Ęmbito federal em uma empresa do ramo da minera√ß√£o e verificar se a atual forma de tributa√ß√£o, o Simples Nacional, √© a mais vantajosa para a empresa. Ap√≥s conceituados as formas de tributa√ß√£o, realizou-se os c√°lculos para assim verificar qual a forma de tributa√ß√£o que melhor se aplica para a empresa. Ao concluir este trabalho, verificou-se que a atual forma de tributa√ß√£o √© a mais vantajosa para a empresa.

Palavras-chave: Planejamento tribut√°rio, Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real

 

 

Nome: Letícia Milena Etges

Título:  Controles internos: um estudo de caso em organização contábil do município de Santa Cruz do Sul/RS

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Clari Schuh

Professor Convidado: Renê Luiz Seibert

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 73 p.

Resumo:

A presente pesquisa teve como objetivo verificar a exist√™ncia de controles internos e a partir dos dados levantados propor e implantar controles internos na organiza√ß√£o cont√°bil objeto de estudo. Neste sentido, a discuss√£o te√≥rica proporcionou o conhecimento de conceitos fundamentais como contabilidade, auditoria, controles internos e contabilidade gerencial e seus objetivos. Em rela√ß√£o a metodologia, trata-se de uma pesquisa descritiva com a abordagem do problema qualitativa e em rela√ß√£o aos procedimentos um estudo de caso e levantamento ou survey. Inicialmente investigou-se as rotinas da organiza√ß√£o nos setores da contabilidade, pessoal e fiscal atrav√©s de controles internos e entrevista e aplica√ß√£o de question√°rio com o gestor. Ap√≥s obtido os dados, os mesmos foram analisados e confrontados com o que a teoria retrata ser necess√°rio para um eficaz controle interno em organiza√ß√Ķes. A literatura baliza que as normas por si s√≥ n√£o validam um resultado positivo. Precisa ter um esfor√ßo com uma cultura organizacional voltada para a execu√ß√£o das normas, como um meio para alcan√ßar seus objetivos, os quais todos os membros compartilham na organiza√ß√£o. Os resultados encontrados indicam controles internos fr√°geis, o que pode ter influ√™ncia da cultura organizacional. Sugere-se a ado√ß√£o dos controles internos para mais seguran√ßa nas informa√ß√Ķes geradas pela organiza√ß√£o.

Palavras-chave: Controles Internos. Auditoria. Cultura Organizacional. Organiza√ß√Ķes Cont√°beis.

 

Nome: Karin Cristini Kist Baierle

T√≠tulo: ¬†An√°lise de viabilidade econ√īmica e financeira de um mercado em Passo do Sobrado

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Renê Luiz Seibert

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 53 p.

Resumo:

O presente trabalho aborda a an√°lise econ√īmica e financeira de um mercado e a√ßougue localizado em Rinc√£o de Nossa Senhora, interior da cidade de Passo do Sobrado. O objeto geral do estudo √© apresentar gastos iniciais, concorrentes diretos e indiretos e analisar a principal cesta de neg√≥cios que comp√Ķe a maior parte de receita bruta do estabelecimento.¬† A pesquisa trata-se de um estudo de caso, com abordagem qualitativa realizada por meio de pesquisa descritiva explorat√≥ria. Foram coletados dados referente ao investimento inicial, per√≠odo de opera√ß√£o Janeiro/2016 a agosto/2016 e feita a proje√ß√£o para dois pr√≥ximos per√≠odos. Por fim, ap√≥s os dados coletados e analisados, se constatou que o projeto apresentado √© vi√°vel, seu retorno se apresenta no quinto ano, o estudo contemplou uma an√°lise de tr√™s per√≠odos, os mesmos apresentaram resultados favor√°veis.

Palavras-chave: Viabilidade Econ√īmica e Financeira, Mercado e A√ßougue

 

 

Nome: Bruna Fagundes Leal

Título:  Práticas de governança corporativa com ênfase em controles internos na área do backoffice em uma cooperativa de crédito

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Laércio Rogério Friedrich

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 59 p.

Resumo:

O termo Governan√ßa Corporativa vem sendo muito discutido e inserido no contexto das organiza√ß√Ķes, sejam elas com ou sem fins lucrativos, movimento presente tamb√©m nas Sociedades Cooperativas de Cr√©dito, que buscam maneiras de se adaptarem ao mundo dos neg√≥cios. Desta forma o IBGC em 2015 criou o guia das melhores pr√°ticas de governan√ßa espec√≠ficas para cooperativas. Assim, o presente trabalho apresenta a estrutura de Governan√ßa aplicada na Cooperativa de Cr√©dito Sicredi Centro Leste RS e sua Pol√≠tica de controles internos em concord√Ęncia com o Compliance. Trata-se de um estudo de caso, de natureza descritiva e abordagem qualitativa, atrav√©s de entrevista e question√°rio junto √† sociedade cooperativa com an√°lise dos materiais disponibilizados pela mesma, e descreve e explica os dados coletados no per√≠odo de 01/03/2016 a 30/09/2016. Como resultado do estudo, constatou-se que a ferramenta criada para o controle internos dos processos no Backoffice de contas ajuda a medir a seguran√ßa na padroniza√ß√£o dos processos e assim mitigar os erros que acontecem.

Palavras-chave: Governança. Controles internos. Cooperativa de crédito. Backoffice.

 

Nome: Daiane Cristina Mora

T√≠tulo: ¬†An√°lise comparativa das demonstra√ß√Ķes cont√°beis da Metal√ļrgica Mor atrav√©s de indicadores

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Eduardo Fernando Watte

Data da banca: novembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 89 p.

Resumo:

A an√°lise da composi√ß√£o e evolu√ß√£o econ√īmico-financeira de uma empresa √© extremamente importante, tanto para o conhecimento de sua atua√ß√£o quanto para planejamentos futuros de gest√£o. O presente trabalho teve como objetivo analisar os demonstrativos e indicadores cont√°beis da empresa Metal√ļrgica Mor nos exerc√≠cios de 2013, 2014 e 2015, trazidos monetariamente ao ano de 2015 por meio do √≠ndice IGPM, al√©m da an√°lise comparativa nos anos 2014 e 2015 com uma empresa do mesmo ramo. O estudo se desenvolve a partir do Referencial Te√≥rico dos assuntos a serem abordados, seguido, posteriormente, pelas an√°lises e constru√ß√£o de gr√°ficos e tabelas da empresa alvo de estudo e a de compara√ß√£o. A pesquisa como sendo de car√°ter descritiva, documental e qualitativa, o presente estudo concluiu que a empresa Metal√ļrgica Mor apresentou v√°rios pontos merecedores de aten√ß√£o nos exerc√≠cios em estudo, principalmente em 2015, onde acabou retornando preju√≠zo l√≠quido em seu demonstrativo de resultado, sendo este oriundo de diversos fatores como alta nas varia√ß√Ķes cambiais, diminui√ß√£o nas vendas e ac√ļmulo de estoque, acreditando-se isto ser reflexo da crise econ√īmica que se instalava no Brasil neste per√≠odo.

Palavras-chave: An√°lise de demonstrativos. Indicadores. √ćndices cont√°beis.

 

 

Nome: Stéfani Tais Ody

T√≠tulo: ¬†An√°lise econ√īmico-financeira de empresas de cinco setores da economia brasileira

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Daniel Wartchow

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 125 p.

Resumo:

O presente trabalho realizou uma an√°lise de empresas inseridas em cinco setores da economia brasileira e que vendem suas a√ß√Ķes na BM&FBOVESPA. As empresas foram escolhidas baseando-se em uma reportagem da Revista Exame que mencionava sobre investir na Bolsa de Valores, que juntamente com o site Tororadar, sugeria algumas empresas dos diversos setores da economia brasileira como melhores investimentos. Com o intuito de verificar as informa√ß√Ķes contidas tanto no site quanto na Revista, al√©m de analisar as empresas escolhidas e caracteriz√°-las, justificando a escolha e assinalando as vantagens de investir nas a√ß√Ķes das empresas escolhidas, deu-se o presente trabalho. Foi feita inicialmente a an√°lise horizontal e vertical, com intuito de verificar as oscila√ß√Ķes e representatividade das contas nos per√≠odos analisados. Al√©m disso, foram utilizados √≠ndices econ√īmico-financeiros de liquidez, estrutura de capital, rentabilidade, prazos m√©dios, necessidade de capital de giro e saldo de tesouraria, e ainda, as empresas foram medidas no Term√īmetro de Kanitz. O diagn√≥stico dos √≠ndices encontrados foi satisfat√≥rio para todas as empresas, entretanto se sobressa√≠ram alguns setores, como o de consumo, financeiro e de energia, principalmente em bons √≠ndices de liquidez e rentabilidade. No desenvolvimento do trabalho, foi utilizada a pesquisa qualitativa, uma vez que se baseou em referencial te√≥rico e coleta e dados, al√©m da pesquisa bibliogr√°fica e documental, j√° que trata de assuntos j√° discutidos em livros e artigos cient√≠ficos, e utilizou-se de documentos de segunda m√£o, ou ent√£o, documentos j√° elaborados pelas empresas. E por estar delimitadas √† algumas empresas inseridas em setores da economia do pa√≠s e que vendem seu capital na Bolsa de Valores, √© tamb√©m uma pesquisa descritiva.

Palavras-chave: setores da economia; √≠ndices econ√īmico-financeiros; Term√īmetro de Kanitz.

 

Nome: Ricardo Daniel Angnes

Título:  Proposta de Gestão Financeira com ênfase no fluxo de caixa para uma empresa de Pequeno Porte

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Laércio Rogério Friedrich

Professor Convidado: Eduardo Fernando Watte

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 60 p.

Resumo:

A gest√£o financeira √© uma pe√ßa chave para as empresas que buscam continuidade no mercado brasileiro. Podemos definir a gest√£o e os controles financeiros como uma importante ferramenta para tomar decis√Ķes corretas e trazer benef√≠cios √†s empresas. Muitas organiza√ß√Ķes de pequeno e m√©dio porte ainda n√£o fazem um controle eficaz de suas finan√ßas. Com um enfoque especial no fluxo de caixa, buscou-se verificar como desenvolver e demonstr√°-lo de forma a ser √ļtil na gest√£o e planejamento da empresa. Atrav√©s da realiza√ß√£o de um estudo de caso e de uma pesquisa qualitativa em uma empresa de pequeno porte que presta servi√ßos de corretagem de seguros foram coletados os dados necess√°rios para a realiza√ß√£o deste estudo. Quanto aos objetivos, fez-se uma pesquisa descritiva para coleta dos dados a serem analisados. Fez-se uma proje√ß√£o do fluxo de caixa e consequente compara√ß√£o com o fluxo real, visando fazer uma an√°lise mais profunda do desempenho da empresa. Com base nisto, verificou-se que a empresa ainda n√£o possui um controle seguro de seu fluxo de caixa, o que pode comprometer a gest√£o dos seus recursos financeiros. Constatou-se que seus controles quanto aos ingressos e desembolsos de recursos s√£o realizados, por√©m n√£o existe um controle efetivo dos fechamentos mensais de caixa. Al√©m disso, foi proposto um novo plano de contas para o seu fluxo de caixa, visto que a utiliza√ß√£o de um modelo muito complexo pode dificultar an√°lises mais simplificadas.

Palavras-chave: Gest√£o financeira ‚Äď Controles financeiros - Fluxo de caixa.

 

Nome: Jordana Carissimi

Título:  Perícia Contábil: quais os resultados da elaboração de um parecer técnico pericial.

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Ana Paula Batista da Silva

Professor Convidado: José Rocha Saldanha

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 48 p.

Resumo:

A Per√≠cia Cont√°bil √© uma √°rea no qual se aplica todos os conhecimentos cient√≠ficos da Contabilidade, pois visa diretamente o patrim√īnio. Sendo prerrogativa do profissional da contabilidade, com registro ativo no Conselho Regional de Contabilidade. O perito e o assistente t√©cnico s√£o detentores dos conhecimentos que ir√£o evidenciar a veracidade dos fatos, transcrevendo sua opini√£o t√©cnica sempre que a lide necessitar, na forma de laudo e parecer t√©cnico cont√°bil. Tamb√©m s√£o orientados atrav√©s de Normas e Legisla√ß√Ķes a sua profiss√£o. A Per√≠cia Cont√°bil pode ser aplicada na esfera judicial, extrajudicial, semijudicial e arbitral. No primeiro momento ser√£o conceituados os aspectos, caracter√≠sticas e evolu√ß√£o da per√≠cia cont√°bil, entrela√ßando a teoria com a pr√°tica para assim poder atingir os objetivos propostos e com isso emitir o Parecer T√©cnico Cont√°bil. O processo em estudo apresentou a seguinte situa√ß√£o como parte autora uma senhora portadora da doen√ßa Carcinoma de Mama em Met√°stase Hep√°tica sem condi√ß√Ķes de manter seu tratamento em uma cl√≠nica particular, sendo o r√©u da quest√£o o Estado do Rio Grande do Sul com objetivo de Antecipa√ß√£o de Tutela. Ap√≥s a an√°lise do processo, foi elaborado o planejamento do trabalho, e realizado o levantamento dos c√°lculos com os gastos do tratamento da parte autora. Sendo levantado o valor de R$ 75.356,32 como gastos em seu tratamento. Assim o valor bloqueado das contas do Estado realmente foi utilizado. E atrav√©s do parecer t√©cnico cont√°bil contribuiu - se com a verdade dos fatos em quest√£o.

Palavras-chave: Perito Assistente, Parecer Técnico Contábil, Perícia Contábil, Contabilidade.

 

 

Nome: Bruna Mueller

Título:  Análise gerencial em uma microempresa familiar

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Laércio Rogério Friedrich

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 53 p.

Resumo:

A falta de gest√£o das micros e pequenas empresas, dificulta a sobreviv√™ncia dessas organiza√ß√Ķes que muitas vezes o empres√°rio se torna o respons√°vel por atividades operacionais e gerenciais. O presente estudo, teve como objetivo, analisar as informa√ß√Ķes econ√īmicas e financeiras de um mercado de pequeno porte familiar, localizada no munic√≠pio de Vale do Sol ‚Äď RS, com base em dados nos meses de agosto, setembro e outubro de 2016. O alcance do objetivo se deu por meio de uma pesquisa bibliogr√°fica, um estudo de caso e uma pesquisa documental com uma abordagem qualitativa e descritiva quanto ao objetivo do estudo. Por tratar-se de uma pequena empresa os controles eram inseguros, sendo necess√°rio um acompanhamento di√°rio para obter os dados utilizados no estudo. Ap√≥s elabora√ß√£o e an√°lise da margem de contribui√ß√£o, ponto de equil√≠brio, fluxo de caixa e DRE pode-se concluir que a empresa apresenta faturamento superior ao ponto de equil√≠brio. No per√≠odo analisado do fluxo de caixa teve-se mais sa√≠das do que entradas, utilizando a empresa de suas reservas de caixa. Na elabora√ß√£o da DRE teve-se resultados positivos que confirma a viabilidade econ√īmica da empresa, que necessita manter os controles para a tomada de decis√£o e para atingir os resultados desejados.

Palavras-chave: Análise gerencial; Microempresa; Margem de contribuição; Ponto de equilíbrio; Fluxo de caixa.

 

Nome: Taismara Andréa Mattheis

Título:  Ferramentas do planejamento estratégico e proposta de gestão financeira através de fluxos de caixa para uma empresa de pequeno porte do seguimento familiar

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Elói Almiro Brandt

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 60 p.

Resumo:

Existem in√ļmeras ferramentas de gest√£o e m√©todos que d√£o suporte para tomada de decis√Ķes, melhorando a atua√ß√£o da empresa no mercado e tornando-a mais competitiva. Para utilizar as ferramentas mais apropriadas para cada empresa e para aplicar da melhor forma os m√©todos dispon√≠veis nas organiza√ß√Ķes, se faz necess√°ria a elabora√ß√£o de um planejamento estrat√©gico englobando as √°reas da empresa. O objetivo principal deste estudo √© elaborar ferramentas do planejamento estrat√©gico e apresentar uma proposta de gest√£o financeira atrav√©s de fluxos de caixa em uma empresa comercial de pequeno porte familiar, considerando o desenvolvimento dos fluxos de caixa para elaborar controles gerenciais e projetar resultados. Em termos metodol√≥gicos, o estudo quanto aos objetivos contempla uma pesquisa descritiva, aos procedimentos caracteriza-se por uma pesquisa documental, quanto a abordagem do problema o presente trabalho abrange uma pesquisa qualitativa. A coleta de dados foi realizada atrav√©s da observa√ß√£o de campo, entrevistas e elaboradas planilhas no Microsoft Excel. O resultado apontou que a defini√ß√£o das diretrizes organizacionais fornece elementos essenciais para que o gestor determine o rumo a ser seguido pela empresa, utilizando a matriz SWOT, para an√°lise do ambiente, foi poss√≠vel elaborar um plano de a√ß√£o, a fim de equilibrar e melhorar o desempenho da organiza√ß√£o, as elabora√ß√Ķes, proje√ß√Ķes e comparativos dos fluxos de caixa permite que a empresa se antecipe as dificuldades futuras, encontrando assim as solu√ß√Ķes mais adequadas e a sua utiliza√ß√£o possibilita que a empresa tenha o acompanhamento das suas atividades financeiras.

Palavras-chave: Planejamento estratégico e financeiro, fluxo de caixa, gestão financeira, diretrizes organizacionais, análise do ambiente, controles gerenciais.

 

Nome: Cristiane Santelmo Mota

Título:  Desempenho do executivo no município de Santa Cruz do Sul no período de 2011 a 2015 sob as métricas da Lei de Responsabilidade Fiscal

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: V√Ęnia Stiebbe Peiter

Professor Orientador: Patricia Sostmeier

Professor Convidado: M√°rcia Rosane Frey

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 56 p.

Resumo:

O estudo teve por objetivo identificar o desempenho do poder executivo no munic√≠pio de Santa Cruz do Sul sob as m√©tricas da Lei de Responsabilidade Fiscal. Em decorr√™ncia do desregramento da gest√£o dos recursos p√ļblico, a institui√ß√£o da LRF teve o intuito de disciplinar as finan√ßas p√ļblicas e garantir o equil√≠brio fiscal. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, realizada no per√≠odo de 2011 a 2015. Para a obten√ß√£o dos dados, foi utilizada a t√©cnica de levantamento de dados documental, por meio de relat√≥rios FINBRA publicados no site da Secretaria do Tesouro Nacional. Buscou-se nesses documentos dados referentes √†s m√©tricas estabelecidas pela LRF: despesa com pessoal, d√≠vida consolidada l√≠quida, garantias e opera√ß√Ķes de cr√©dito. Com base na an√°lise pode-se constatar que relativo ao cumprimento dos limites legais fixados pela legisla√ß√£o, o desempenho foi positivo nas m√©tricas despesa com pessoal, d√≠vida consolidada l√≠quida e opera√ß√Ķes de cr√©dito, enquanto que a concess√£o de garantias apresentou desempenho nulo, visto que n√£o houve valores registrados em nenhum dos anos no per√≠odo analisado. Os resultados permitem concluir que o poder executivo no munic√≠pio estudado est√° em acordo com os par√Ęmetros estabelecidos pela lei.

Palavras-chave: Gest√£o Fiscal. LRF. Desempenho. Poder Executivo

 

 

Nome: Luana Gouvêa

Título: Simples Nacional ou Lucro Presumido: Qual é a melhor opção para o representante comercial?

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: M√°rcia Rosane Frey

Professor Orientador: Laércio Rogério Friedrich

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 46 p.

Resumo:

O planejamento tribut√°rio √© considerado uma importante ferramenta para redu√ß√£o de custos, pois visa a diminui√ß√£o dos gastos tribut√°rios atrav√©s da escolha certa do regime de tributa√ß√£o a ser adotado. Diante disso, o presente trabalho elaborou um planejamento tribut√°rio para a empresa Gilberto da Silva Portella ME, que atua no ramo de servi√ßos, especificamente representa√ß√£o comercial de materiais el√©tricos. Tendo em vista que a empresa adota atualmente o Sistema Lucro Presumido e que a empresa poderia adotar o Sistema Simples Nacional, visto que este abrange a atividade exercida desde o ano de 2015, foram calculados os impostos devidos para o ano de 2015 pelos dois regimes. Inicialmente foi realizada uma pesquisa bibliogr√°fica, e documental referente ao ano de 2015, caracterizada como descritiva e qualitativa. Ap√≥s foi feita a apura√ß√£o pelo regime Lucro Presumido, seguido da apura√ß√£o pelo regime Simples Nacional. Conclu√≠dos os c√°lculos, √© apresentado uma an√°lise comparativa, demonstrando qual dos dois regimes √©, de fato, o menos oneroso para a empresa, e verifica-se que o Simples Nacional √© a forma de tributa√ß√£o mais econ√īmica. Por fim √© feita uma proje√ß√£o dos ganhos futuros, e conclui-se que, caso a empresa aderir ao regime proposto economizar√° cerca de 8% em rela√ß√£o ao atual regime.

Palavras-chave: Planejamento Tribut√°rio, Lucro Presumido, Simples Nacional.

 

 

Nome: Paloma Vania Wendel

Título:  Análise e controle do fluxo de caixa como ferramenta gerencial em uma microempresa no ramo de engenharia ambiental

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Eduardo Fernando Watte

Professor Convidado: Fernando B. B. Fontoura

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 69 p.

Resumo:

O controle e o acompanhamento das atividades financeiras tornam-se cada vez mais necess√°rios para uma gest√£o de excel√™ncia nas empresas. Neste contexto, a gest√£o financeira exerce um papel de extrema import√Ęncia dentro das organiza√ß√Ķes. O objetivo deste trabalho √© analisar o faturamento, o ciclo de contas a pagar e a receber do primeiro semestre de 2016 da microempresa Straatmann & Wendel Ltda., que atualmente n√£o possui estas an√°lises e sugerir a implanta√ß√£o de controles e ferramentas para uma melhor organiza√ß√£o financeira. Quanto a tipologia de pesquisa quanto aos objetivos aplicou-se a pesquisa descritiva, quanto aos procedimentos aplicou-se a pesquisa documental e quanto a abordagem do problema aplicou-se a pesquisa qualitativa. Os resultados apurados indicam que a microempresa n√£o possui controles financeiros, o que a deixa com uma margem grande para erros no momento da tomada de decis√Ķes. Desta forma, percebe-se que o controle de fluxo de caixa implantado ir√° auxiliar a microempresa a obter melhores resultados e reduzir o risco de erros se for bem estruturado.

Palavras-chave: Gest√£o financeira, fluxo de caixa, controles internos

 

 

Nome: Claudia Daniele Schaefer

Título: Perícia Contábil Trabalhista

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Ana Cristine Heinen

Professor Convidado: Clari Schuh

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 95 p.

Resumo:

A per√≠cia cont√°bil √© de grande import√Ęncia na solu√ß√£o dos lit√≠gios trabalhistas, pois esta √© um meio de prova eficaz para auxiliar no esclarecimento dos fatos. Assim, o objetivo principal desse estudo foi realizar per√≠cia cont√°bil com enfoque na √°rea trabalhista e realizar a an√°lise, e os c√°lculos e procedimentos pr√°ticos necess√°rios para a comprova√ß√£o dos resultados indicados pela senten√ßa do juiz. Para o desenvolvimento deste trabalho foi realizada uma pesquisa descritiva e documental, analisando e coletando os documentos necess√°rios para a realiza√ß√£o dos c√°lculos pertinentes ao processo, a fim de identificar se os lit√≠gios trabalhistas est√£o sendo interpretados da maneira correta pelo perito contador. Os resultados apontaram que o processo em an√°lise apresenta v√°rias diverg√™ncias entre os c√°lculos efetuados por uma das partes integrantes do lit√≠gio, e os c√°lculos realizados no desenvolvimento deste trabalho, al√©m de ter abordado outro problema enfrentado nesse meio, a inobserv√Ęncia da obrigatoriedade que esses c√°lculos t√™m, de serem realizados por profissionais da √°rea cont√°bil. A proposta inicial sugeriu avaliar os processos trabalhistas quanto a an√°lise do perito contador, deixando assim a sugest√£o para que outros trabalhos abordem quais os poss√≠veis problemas que podem ser enfrentados ao deixar que outros profissionais que n√£o sejam da √°rea cont√°bil realizem esse trabalho de prerrogativa do perito contador.

Palavras-chave: Perícia Contábil Trabalhista, Perito Contador, Processo Trabalhista.

 

 

Nome: Bruna Dionele Severo de Oliveira

Título:  Planejamento tributário com ênfase em tributos federais para uma empresa do ramo farmacêutico    

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: Jaqueline Silveira

Professor Convidado: Ricardo André Machado

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 68 p.

Resumo:

A realiza√ß√£o de um planejamento tribut√°rio em busca de redu√ß√£o de impostos √© uma ferramenta fundamental para a gest√£o organizacional. Ao efetuar este planejamento, cada regime tribut√°rio √© analisado atrav√©s de simula√ß√£o de apura√ß√£o, conforme os par√Ęmetros legais. Como objetivo, este trabalho visou apurar os tributos federais (PIS, COFINS, CSLL e IRPJ) para o regime tribut√°rio Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, com base nas informa√ß√Ķes do primeiro semestre de 2016 e analisar os resultados obtidos a fim de apresentar a op√ß√£o menos onerosa para uma empresa do ramo farmac√™utico. Iniciou-se com a coleta de dados e informa√ß√Ķes necess√°rias √† execu√ß√£o da pesquisa. Ap√≥s, esses dados foram analisados e relacionados com os objetivos propostos, ent√£o iniciou-se a apura√ß√£o do PIS e COFINS pela sistem√°tica cumulativa e n√£o-cumulativa, seguida da apura√ß√£o da CSLL e IRPJ pelo Lucro Presumido e Lucro Real. Diante do faturamento analisado do exerc√≠cio 2015, a empresa est√° impossibilitada de optar pelo regime do Simples Nacional por ultrapassar o limite de faturamento. Ap√≥s toda apura√ß√£o realizada, concluiu-se que o atual regime adotado pela empresa, o Lucro Presumido √© o menos oneroso. Isso foi explicado pelo baixo custo, altas aplica√ß√Ķes financeiras e poucas despesas apropriadas, gerando um lucro real muito maior do que o lucro definido pelos percentuais de presun√ß√£o.¬† Por fim, gerou-se v√°rias considera√ß√Ķes, uma delas foi bem evidenciada, relevante no contexto atual: a falta de informa√ß√£o disponibilizada ao profissional da contabilidade prejudica a pr√≥pria empresa.

Palavras-chave: Planejamento Tribut√°rio, Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

 

 

Nome: Caroline Facco Klafke

Título:  Análise do alcance das metas dos objetivos de desenvolvimento do milênio (ODM) na Região do Vale do Rio Pardo e Centro Serra do Estado do Rio Grande Do Sul

Membros da Banca Examinadora:

Coordenador da banca: Elói Almiro Brandt

Professor Orientador: M√°rcia Rosane Frey

Professor Convidado: Ana Cristine Heinen

Data da banca: dezembro de 2016

N√ļmero de p√°ginas: 76 p.

Resumo:

No ano de 2000, representantes de 191 pa√≠ses membros das Na√ß√Ķes Unidas, estabeleceram os Objetivos de Desenvolvimento do Mil√™nio (ODM), tendo como objetivo reduzir as desigualdades mundiais. No entanto, como o desempenho dos pa√≠ses n√£o estava sendo satisfat√≥rio, foi criada em 2010 a Municipaliza√ß√£o dos ODM, que passou a verificar os indicadores sociais, ambientais e econ√īmicos dentro dos munic√≠pios. Assim foi poss√≠vel obter resultados mais satisfat√≥rios, pois passou-se a observar mais detalhadamente os locais onde n√£o h√° condi√ß√Ķes adequadas para viver. Neste contexto, o presente estudo teve como objetivo identificar em duas regi√Ķes do estado do Rio Grande do Sul, Vale do Rio Pardo e Centro-Serra, a ades√£o da municipaliza√ß√£o dos Objetivos de Desenvolvimento do Mil√™nio e o alcance das metas at√© o final de 2015. Este estudo √© uma pesquisa descritiva qualitativa-quantitativa e os dados para an√°lise foram levantados mediante pesquisa documental nos Relat√≥rios Nacionais de Acompanhamento e Portal ODM. Como resultado, verificou-se que poucos munic√≠pios das regi√Ķes Vale do Rio Pardo e Centro-Serra aderiram a Municipaliza√ß√£o. Em rela√ß√£o ao alcance das metas, verificou-se que a regi√£o Centro-Serra apresentou melhores resultados do que a regi√£o do Vale do Rio Pardo.

Palavras-chave: ODM, Municipalização dos ODM, Vale do Rio Pardo-RS, Região Centro-Serra-RS.

 

MENU PRINCIPAL