Notícias

 

Divulgação
Professora Mariana Corbellini no seminário Migração: Estratégias de superação do racismo e violência", no Memorial do Legislativo do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre

 

No dia 15 de dezembro encerraram-se os encontros presenciais de 2017 do Grupo de Apoio a Refugiados e Imigrantes (GTari), que busca colaborar na recepção da população estrangeira que chega em Santa Cruz do Sul e na região. Vinculado ao Núcleo de Ação Comunitária (NAC) da Unisc, setor da Pró-Reitora de Extensão e Relações Comunitárias (Proext), o grupo é coordenado pela professora do Departamento de Ciências Econômicas, Mariana Dalalana Corbellini, sendo composto por docentes, técnicos administrativos e acadêmicos da Universidade, mantendo-se aberto à participação de qualquer pessoa da comunidade externa.

Durante os dois semestres, o GTari realizou encontros quinzenais, debatendo vários assuntos ligados à mobilidade humana, estando quase finalizada uma cartilha a ser distribuída a estrangeiros que chegam aos municípios do Vale do Rio Pardo. Também está em elaboração uma campanha, cujo objetivo é sensibilizar a população regional para a necessidade de solidariedade a imigrantes. “Afinal, somos uma região que também se construiu pelo trabalho de milhares de pessoas vindas de países europeus em crise econômica e social no século 19”, explica o sociólogo e coordenador do NAC, Iuri Azeredo.

Outro objetivo para 2018 é incorporar o GTari a um projeto de extensão universitária, agregando mais estudantes e ampliando as parcerias com setores, cursos e departamentos da Unisc, além de convênios com entidades locais, nacionais e internacionais.

Mais informações sobre o grupo podem ser obtidas junto ao NAC, na sala 510, bloco 5 do campus de Santa Cruz do Sul; pelo e-mail nac@unisc.br; ou pelo telefone (51) 3717-7344.

 

*Publicado por Felipe Nopes

MENU PRINCIPAL